Segundo Ciclo

Mestrado em Estudos Clássicos


Objectivos

As humanidades greco-latinas são a área científica mais antiga leccionada na Universidade portuguesa. A língua latina, em especial, como veículo de transmissão de saber e de cultura, terá tido um papel preponderante logo em 1290, quando o rei D. Dinis criou, em Lisboa, a primeira universidade em Portugal. Hoje, novos desafios e novas percepções na compreensão moderna da Antiguidade Clássica e um novo conceito do que representou (e representa) na história da cultura portuguesa a influência da Grécia e de Roma levaram o Departamento de Estudos Clássicos da FLUL a conceber uma sequência coerente de estudo e aprendizagem na área dos Estudos Clássicos, com três ciclos (licenciatura, mestrado e doutoramento) adaptados ao modelo de Bolonha.


Condições de acesso

Poderá candidatar-se a este programa de estudos quem possuir uma licenciatura de 180ECTS (3 anos lectivos). Em conformidade com o disposto na alínea d do artigo 17º do DL 74/2006, poderão candidatar-se também os: “d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos”.

Plano de Estudos

O Mestrado tem duas áreas de especialização:

1. A área de especialização Tradição Clássica e Cultura Europeia complementa e alarga todo um leque de conhecimentos sobre as humanidades greco-latinas, obedecendo a um conceito orgânico de amplitude temática e cronológica, graças à qual os discentes contactam ao longo de dois semestres com o horizonte rasgado da tradição clássica, desde a Grécia Antiga até ao Iluminismo europeu de Setecentos, passando por conteúdos tão importantes como as narrativas grega e latina (designação sob a qual se entende modelos de narração de concepção e época distintas, como sejam a epopeia, a historiografia e o romance) e as culturas helenística, bizantina e medieval (entendendo-se por esta designação um conceito da matéria que inclui, entre outras, uma componente tardo-antiga e visigótica). Esta área de especialização pressupõe a elaboração de uma dissertação de carácter científico.

2. A área de especialização Edição e Tradução de Textos Clássicos visa oferecer uma formação mais profissionalizante, com conteúdos de aperfeiçoamento nas línguas grega e latina, com seminários de história da transmissão dos textos clássicos (Cultura Bizantina, para os textos gregos; e História dos Textos Clássicos, para os latinos) e com seminários de orientação específicos, voltados para a problemática da edição e tradução de textos clássicos. Havendo nas bibliotecas e arquivos de Portugal um acervo tão significativo de textos documentais e literários (sobretudo em latim), desde períodos anteriores à Nacionalidade até ao século XVIII - textos esses cujo acesso por parte de historiadores e outros estudiosos está condicionado pelo facto de não haver edições e traduções para língua portuguesa -, este perfil profissionalizante avulta especialmente válido e de clara proficuidade no conspecto mais amplo da cultura e sociedade portuguesas. Esta área de especialização pressupõe a elaboração de um relatório final, que consistirá na apresentação em formato bilingue de uma tradução elaborada pelo candidato ao grau, com parte introdutória sobre a problemática suscitada por essa mesma tradução.


ANO

(10 SEMINÁRIOS DE ESPECIALIZAÇÃO60 CRÉDITOS)


Narrativa Grega

Cultura Helenística

Cultura Bizantina

Literatura Clássica e Cultura Europeia

Narrativa Latina

Cultura Latina Medieval

Textos Latinos do Renascimento ao Iluminismo

História dos Textos Clássicos

Grego Avançado (área de especialização Edição e Tradução)

Latim Avançado (área de especialização Edição e Tradução)

Opções livres em qualquer programa da FLUL


ANO

(60 CRÉDITOS)


Seminários de Orientação

Opções livres em qualquer programa da FLUL


ObservaçõesOBSERVAÇÕES

Professores: Marília Futre Pinheiro, Arnaldo Espírito Santo, Maria Cristina Pimentel, Paulo Farmhouse Alberto, José Pedro Serra, Manuel Barbosa, Abel Pena, Cristina Guerreiro, Ana Maria Tarrío, Rodrigo Furtado.

Para mais informações, contactar José Pedro Serra: jpedroserra@netcabo.pt

Os programas serão colocados aqui.

Comments