Poemas

S NA TERRA (por Estela Gomes em26/07/12)
 

 

Pés descalços

Pés calçados

Pés no solo

Pés na terra que nos acolhe todos os dias

 

Pés que caminham

Pés que correm

Pés que saltam

Pés que dançam na terra que nos inspira todos os dias

 

Pé esquerdo

Pé direito

Um pé depois do outro

Um pé que complementa o outro nos passos que damos sobre a terra

 

Pés separados

Pés juntos

Um pé, o outro

Pés que transformam a terra que nos transforma

 

Pés que nos carregam

Pés que nos sustentam

Pés que nos conduzem

Pés que nos enraizam na terra que nos fornece tudo que precisamos para viver

 

A terra nos pés de cada ser

Os pés na terra de todos nós.
 
 

 

ALEGRIA NA DANÇA (por Estela Gomes em 01/08/12)

Vida, encontro e movimento

Mãos dadas no círculo da dança

Apoio no círculo da vida

Música contagiante

Saber os sentidos do mover-se

O sabor do corpo em movimento

Mover ao ritmo alegre e festivo

Festa dentro e fora de nós

Movimento de expansão e força

Vida, luz, olhares abertos e sorrisos

Contentamento que contagia cada ser no círculo

Tapete verde e marrom sobre os nossos pés

Abóbada azul acima do nosso olhar

Tecido colorido compondo o círculo que dança

Círculo de movimento, leveza e força

Pés que dançam, gestos que se expressam

Mãos que apoiam e fortalecem as relações

Alegria do encontro no encontro

Celebração de alegria e paz!

 
 
DANÇA (16/agosto/2012) Por Estela Gomes
Na dança me solto, na dança me movo

Sigo os ritmos das músicas que me encantam

Na dança me perco, na dança me encontro

Dependo de mim e do outro no encontro

Na dança abro meus braços e elevo meus pés

Alcançando voos altos no céu

Aprofundando no mais fundo da terra

Me deixo levar pelas ondas do mar

Me deixo levar pelos ventos suaves e agitados

Encontro o fogo que me anima e me aquece por dentro

Encontro o fluxo das águas nos gestos que expresso

Encontro a sustentação da terra que me alimenta

Encontro os bons ares que me permitem circular pelo tempo e espaços

Na dança encontro o centro sagrado da vida sagrada

Dentro e fora do círculo

Dentro e fora de mim

Nas mãos dadas no círculo eu te encontro e você me encontra

Mãos que apoiam e passos que desafiam

Na dança do encontro e na dança da vida

Eu encontro a dança que me encontra

Eu danço a dança da vida na vida que dança em mim.
 
 

APRECIAÇÃO (09/08/2012 por Estela Gomes)


Vejo em você a expressão em movimento

Quando entro no círculo sagrado das Danças Circulares

A suavidade do gesto que inspira meu caminhar

A força dos passos que energiza meu coração

A música que toca a imprimir o ritmo

A natureza ao meu redor que me envolve e determina o caminhar

Aprecio o solo mesmo com as pedras no caminho

O ar que faz circular o movimento e a gestualidade

O contato das mãos que me aquecem com o fogo interno

O mover das águas da emoção nos olhares que se encontram

Olhar para dentro e para fora de mim mesma

Expandir e recolher meu movimento

Aprecio as espirais que adentro e percorro

As linhas ondulantes pelas quais me movo

Os portais que se formam e pelos quais eu passo

O trançar das relações humanas

Circular no círculo da dança e das experiências da vida

A presença de cada ser que adentra o círculo

Aprecio enxergar as situações a partir de um novo lugar

Os sorrisos que se abrem e os olhares que se encontram

Eu, o grupo, o entorno

O centro das Danças Circulares Sagradas

A abertura do olhar

O silêncio e a quietude após a dança encerrar.

 
 
 
 

ESCUTA A DANÇA - (Por Estela Gomes em 04/09/12)


Escuta as mãos dadas no círculo

Os pés tocando o solo sagrado

A terra a responder e apoiar seus passos

A fluidez da água a te mover

O fogo da alegria da música a tocar

Escuta o ar a circular por você, pelo grupo e sua dança.

Escuta o ritmo a gerar os gestos

A cultura dos povos da tradição

As histórias que a dança te conta

O sabor das expressões em movimento

O giro a te levar

Escuta o balanço a te embalar.

Escuta a força e a intenção de seus passos e gestos

A voz do focalizador

O toque de seus vizinhos no círculo

O grupo a pulsar

O centro a vibrar e aquietar

Escuta o silêncio em seu ser a dançar.

 

 

CÉU E TERRA (por Estela Gomes em 16/09/12)


No céu encontra-se o sonho

No céu os astros celestes

O sol, a lua, as estrelas a bailar

Na terra encontra-se a realização

O homem a plantar as sementes

As árvores, as flores, os frutos a festejar

No céu a inspiração dos povos

Que dançam e cantam suas histórias

Nossos antepassados a nos ensinar

Na terra o impulso e a ação consciente

Passos e movimentos do grupo

Pés, mãos, corpo, gestos a dançar

Cabeça conectada ao céu

Pés conectados à terra

Corpo consciente do céu e da terra dentro de nós a integrar

Girar, pular, correr,

Caminhar, balançar, bailar

Com as Danças Circulares Sagradas a transformar.

Comments