Blogalquímic(ou elucubrações sobre trans-realidade)


 

 

"Nem sequer mera aproximação ao conceito. Antes pelo contrário, deixar que ele se construa por si, como o eco dos textos, reflexões ou pequenos ensaios que deverão compor este blog.

Não é, contudo, tarefa completamente ociosa: ver crescer um conceito a partir de uma palavra afigura-se interessante. Pretende-se, sempre, ver as palavras (e a linguagem) como decorrendo das ideias: nomear o que já existe; mas será sempre assim? Será forçoso que os conceitos precedam o seu nome? E, o quê nas palavras condiciona o seu sentido?

Aliás, estas nem sequer são reflexões benjaminianas. Apenas surgiram os nomes.

E constituindo estes o mote iremos, agora, passar às glosas.

Afinal, não há nada de novo..."