Módulo 5
Página Principal

 

Módulo 6

Módulo 7

Módulo 8

Módulo 9

Respostas

Textos dos  média:

Actividade 1

COMPREENSÃO DA MENSAGEM

1. O texto fala-nos do aparecimento do homem e da comunicação.

1.1. Indica alguns elementos que permitam imaginar a história da comunicação.

 

R:Alguns elementos que podem estar na origem dos actos de comunicar são os gestos e os sons cujos métodos foram talvez utilizados pelo homem há muitos anos atrás.

 

1.2. Identifica as razões que levaram o homem a comunicar:

R:  A organização de famílias, a convivência, a identidade individual e na vida comunitária, bem como a inteligência social levaram o homem a tornar­-se um ser comunicante, capaz de pôr em comum informações, pensamentos, ideias e sentimentos.

 

2. Há no texto uma definição de comunicação.

2.1. Escolhe a expressão que considere mais apropriada.

 R:"...capaz de pôr em comum informações, pensamentos, ideias e sentimentos."

 

 

 

 

 

3. O homem e a comunicação evoluíram. A linguagem sofreu, obrigatoriamente, transformações.

3.1. Explica essas modificações.

A origem do acto de comunicar também carece de explicação, e ape­nas se pode imaginar relacionada com o surgimento do Universo. Se olharmos para os animais, que comunicam por sons e por gestos, e para várias plantas, que parecem indiciar atitudes de defesa ou de agrado, tal­vez consigamos imaginar a história da língua. Certamente, o homem, com a capacidade de raciocínio, desenvolveu essas manifestações comu­nicativas e associou-as a outras para exprimir factos e interpretar o mundo e os fenómenos que não tinham uma explicação imediata.

 

4. A comunicação é fundamental para o homem.

 4.1. Justifica esta afirmação.

 

Imaginemos que eu estou no Brasil e um outro colega meu está no Brasil. Se eu quiser dizer-lhe algo tenho de comunicar com ele através de cartas, mensagens quer por computador quer por internet... Por isso é fundamental ao homem comunicar pois não conseguimos viver sem os outros . Quer não queiramos estamos sempre a comunicar até pela roupa que nos usamos e utilizamos.

 

Estrutura da Língua

1. Atenta nas seguintes palavras:

- mutações;

- comunicação;

- enriquecer,

- sociedade.

1.1. Justifica o aparecimento do "ç" nas duas primeiras e de "c" nas outras.

 

As vogais A, O e U precisam de cedilha para tomar o c valor ss, enquanto as outras vogais não, pois já têm esse valor.

 

 

 

   1. 2. Completa (com "ç" ou com "c") as palavras que abaixo se apresentam:

    - evolução;   pois está antes de um a;

- arrefecer;   pois está antes de um e;

- mutações;   pois está antes de um o;

- social.    pois está antes de um i;

 

 

Actividade 2

  

 A TORRE DE BABEL¹

 

Em toda a Terra, havia somente uma língua, e empregavam-se as mesmas palavras. Emigrando do Oriente, os homens encontraram uma planície na terra de Sennaar e nela se fixaram. Disseram uns para os outros: "Vamos fazer tijolos, e cozamo-los ao fogo". Utilizaram o tijolo em vez de pedra, e o betume serviu-lhes de argamassa. Depois disseram: "Vamos construir uma cidade e uma torre cuja extremidade atinja os céus. Assim, tornar-nos-emos famosos para evitar que nos dispersemos por toda a face da Terra." O Senhor, porém, desceu, a fim de ver a cidade e a torre que os filhos dos homens estavam a edificar. E o Senhor disse:

1 "Eles constituem apenas um povo e falam uma única língua. Se principia­ram desta maneira, coisa nenhuma os impedirá, de futuro, de realizarem todos os seus projectos. Vamos, pois, descer e confundir de tal modo a linguagem deles que não se compreendam uns aos outros."

    E o Senhor dispersou-os dali para toda a face da Terra, e suspenderam a construção da cidade. Por isso lhe foi dado o nome de Babei, visto ter sido lá que o Senhor confundiu a linguagem de todos os habitantes Terra, e foi também dali que o Senhor os dispersou por toda a Terra.

Génesis, 11, 1-9

 

   1. O "Génesis" é o primeiro livro da Bíblia. Neste capítulo 11, o narrador coloca-se numa época longínqua e tenta explicar a diversidade das línguas e os problemas de comunicação.

 

1.1. Identifique os motivos para a construção da Torre de BabeI.

R: Os homens tinham como objectivo construir uma cidade e uma torre cuja extremidade atingisse os céus. Pensavam eles que assim, tornar-se-iam famosos para evitar que se dispersassem por toda a face da Terra.

 

1.2. Justifique a posição de Deus perante a atitude dos homens.

R: Deus, não gostou da atitude dos homens pois estes queriam ser deuses e ter o poder.Tal como disse anteriormente, Deus não gostou e portanto este decidiu descer e confundir de tal modo a linguagem deles que não se compreendessem uns aos outros.

 

 

 2. "Confundir de tal modo a linguagem deles que não se compreendam uns aos outros. " (linhas 12-13)

2.1. Diga o que entende por" confundir a linguagem ".

R:É por os homens a falar em linguas diferentes, de modo que não se percebam ins aos outros.

 

2.2. Indique em que consiste a falta de comunicação.

R:Neste caso concreto a falta de comunicação deve-se às diferentes línguas através das quais os homens se expressavam sem se entenderem uns aos outros.Por isso, por vezes, a falta de comunicação deve-se ao não entendimento do código linguístico das outras pessoas.

 

 

 

 

 A Torre de Babel de Peter Brueghel A Torre de Babel, numa versão do séc. XV

 

3. Estas Pinturas procuram exprimir as ideias que dois pintores tiveram da Torre de BabeI.

3.1. Diz se elas continuam a comunicar a ideia que encontraste no texto da Bíblia.Justifica a sua opinião.

 

R:Penso que sim.Nas imagens vejo as dimensões pitorescas da torre e consigo imaginar a obessessão e o desespero com que os homens c ontruiam a torre com o objectivo de atingirem os céus. 

 

¹ Texto A

 

MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL "MASS MEDIA"

 Lê este texto

 

   "Mass media" é uma palavra inglesa que significa intermediário ou suporte de massas.

   "Os "mass media" são ao mesmo tempo canais de difusão e meios de  expressão que se dirigem não a um indivíduo personalizado mas a um "público-alvo" definido por características sócio-económicas e culturais, em que todos os receptores são anónimos." (A. Moles, La Communication et les mass media, Gérard-Marabout, 1971.)

  O telefone não entra na categoria dos "mass media", o cinema, a rádio, a televisão, a imprensa, o livro (com algumas reservas), a publicidade mural são "mass media". O teatro, na sua forma social corrente, é-o sob fortes reservas: não existe nele um carácter de amplificação devido ao medium em si, nem ao anonimato do público-alvo.

 

Marc Angenot, Glossário da crítica contemporânea

 Actividade 3

 

PARA UMA LEITURA DO TEXTO

 

COMPREENSÃO DA MENSAGEM

 

1. Por palavras tuas, define mass media.