HOMENAGEM A MARIA AMÉLIA FONSECA


Curso de Estudos Artísticos e Culturais

Faculdade de Filosofia

Universidade Católica Portuguesa

Braga

No vinte anos de vida literária da poetisa de Arosa

FacFil, Aula Magna, 18 de Maio de 2005 

 

  • Texto da notícia do Diário do Minho de 18/05/05

O Curso de Estudos Artísticos e Culturais da Faculdade de Filosofia de Braga, em colaboração com o Centro Cristão de Cultura da mesma Faculdade, promove hoje dia 18, uma homenagem à sua aluna e poetisa Maria Amélia Fonseca, que comemora vinte anos de vida literária. Na ocasião será apresentado o último livro de poemas, da que é conhecida como "Poetisa de Arosa" (Póvoa de Lanhoso), intitulado "Sinfonia de Saudade".

Maria Amélia Fonseca tinha até há pouco mais de meia dúzia de anos apenas a instrução primária, tendo uma vida ocupada em grande parte pelo trabalho como operária fabril. No entanto, persistiu nela a ânsia de saber e depois de concluídos os estudos secundários, Maria Amélia candidatou-se à licenciatura de Estudos Artísticos e Culturais, que hoje frequenta.

A homenagem conta com a participação de várias personalidades da vida académica, cultural e autárquica, sendo promovida por um grupo de estudantes, no âmbito das actividades da disciplina de Atelier de Intervenção Cultural, que enquanto amigos e colegas, pretendem fazer uma singela evocação e demonstrar a sua "admiração pelo itinerário existencial e académico da autora", cujo percurso constitui "um autêntico exemplo de vida".

 

Aliando a sensibilidade artística a uma prática de escrita, a autora tem toda a sua vida marcada pela poesia, tendo publicado o seu primeiro livro "Ondas de Palavras", em 1985 e a partir de aí somou mais onze obras editadas, a última das quais em 2004, intitulada " Ser eu e Sonhar".

O evento está marcado para as 15 horas na Aula Magna da Faculdade de Filosofia de Braga, com a intervenção das personalidades convidadas e que encerrará uma sessão de autógrafos. Na abertura actuará a Tuna da Faculdade de Filosofia de Braga, a que se seguirão as intervenções do Director da Faculdade de Filosofia, Nuno Gonçalves, e Isacc Alonso de Estraviz, docente de Língua e Literatura da Universidade de Vigo, fará a apresentação da obra " Sinfonia de Saudade".

Seguem-se os testemunhos da Vereadora da Cultura da Póvoa de Lanhoso, Rita Araújo, do Presidente da Secundária da Póvoa de Lanhoso, Mário Moura, de Barroso da Fonte, Presidente da Assembleia Geral da Associação dos Antigos Alunos da Facfil, de Artur Coimbra, Presidente do Núcleo Artes e Letras da Casa da Cultura de Fafe, de Alice Freitas, Presidente da Associação para o Desenvolvimento das Comunidades locais de São Torcato, de Casimiro Silva, jornalista, escritor e historiador, e de Brian Franklin Head, catedrático da Universidade do Minho.

Na parte final da sessão, o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, fará ainda "Uma perspectiva sobre a obra de Amélia", seguindo-se a intervenção da própria Maria Amélia Fonseca.

O encerramento está a cargo de Carlos Morais, docente da disciplina de Atelier de Intervenção Cultural, do Curso de Estudos Artísticos e Culturais.

  • Este evento foi objecto de referência nos seguintes órgãos da imprensa:

Rádio Castelo de Lanhoso - Póvoa de Lanhoso, 14, 16, 17, 18 e 21 de Maio

Rádio Renascença - Braga , 23 de Maio

Rádio Fundação - Guimarães, 20 de Maio

Jornal “O Vianense” - Viana do Castelo, 30 de Abril de 2005, p. 9

Jornal “Correio do Minho” - Braga, 1 de Maio de 2005, p. 7

Jornal “Povo de Fafe” - Fafe, 6 de Maio de 2005, p. 10

Jornal “Expresso do Ave” - Guimarães, 18 de Maio de 2005, p. 3

Jornal “Diário do Minho” - Braga, 18 de Maio de 2005, p. 10

Jornal “Castelo de Lanhoso” - Póvoa de Lanhoso, 20 de Maio de 2005, p. 4

Jornal “Terras de Lanhoso” - Póvoa de Lanhoso, 25 de Maio de 2005, p. 8

Jornal  “Maria da Fonte” - Póvoa de Lanhoso, 27 de Maio de 2005, p. 6

Jornal “Notícias de Guimarães” - Guimarães, 3 de junho de 2005, p. 11

Jornal “Poetas & Trovadores - Guimarães, Lisboa e Porto, 1 de Junho de 2005, pp. 1 e 10

Jornal “Castelo de Lanhoso” - Póvoa de Lanhoso, 3 de junho de 2005, p. 15 

início