Edições Anteriores

Fique por dentro das edições anteriores da Dragon Slayer!!!

Pagina Inicial

Edições Anteriores

Forum da Jambô

Lista Tormenta

Fan Works

Outros Sistemas

Entrevistas  

E-zines

Wallpapers

Tieflings, os descedentes infernais, serão as estrelas da quarta edição de D&D, e nesta edição eles também roubam a cena.

 

Os perigosos Drow são o tema dessa edição, muito cuidado quando adentrar seus reinos subterranêos!

Editorial: Com um tom sincero e direto, a equipe editorial da DS discorre sobre as mudanças que a quarta edição de D&D vai provocar e qual as reações previstas para a revista para quando esse dia chegar.

Encontros Aleatórios: Ouch! Dano Miguchês! Em uma sacada genial (ou seria sacanagem genial), a DS lavou a alma de todos nós que odiamos miguxês! Para completar, temos a brava morte de um velho goblin e um esqueleto sacana chamado Bruno José.

Review: A trilogia de aventuras em Porto Livre chegou ao fim no Brasil com a publicação de Loucura em Porto Livre, pela Jambô. Com uma elevada nota 5, a última parte fecha com chave de ouro essa saga lendária. (E, cá entre nós, eu também prefiro piratas gostosas a zumbis sem graça).

Clássicos: O mundo está acabando. Pragas, mortes, caos. De quem é a culpa? Dos jogadores! A épica aventura que marcou o fim do AD&D rumo à 3ª Edição, The Apocalipsy Stone!

Sir Holland: O intrépido cavaleiro vai descobrir que torcida organizada dá muito mais que dor de cabeça... Com certeza, a melhor tira do personagem nas últimas edições.

Especial: Rafael Rocha escreve um especial com um apinhado geral das principais notícias da quarta edição do jogo mais querido do mundo, não muito útil para quem já está na velocidade da informação da nova era, mas um doce alento a todos os excluídos digitalmente.

XVEIRPG: Muitas fotos e uma descrição geral do que aconteceu na maior festa do RPG brasileiro. Honestamente. Sem sal. Vale pelas fotos legais e pelo cubo gelatinoso.

Entrevista: Monte Cook, o homem dos Cook's roxos do RPG, foi entrevistado pela equipe da Dragonslayer durante o EIRPG deste ano, o resultado você confere aqui.

Game Design: RPG se joga em grupo. Então, como jogar em cenários que dificultam a formação de grupos? Partindo desse princípio, Leonel Caldela consegue explicar por que certos jogos não fazem sucesso, mesmo com toda a sua qualidade.

Nova Raça: Com o anúncio do desenvolvimento de Galrasia: O Mundo Perdido, muitos se perguntaram o que poderia-mos esperar do trabalho d'O Círculo dentro de Arton. Agora, não resta dúvidas, será um grande trabalho. As dragoas-caçadoras, brilhantemente adaptadas e atualizadas aqui, são a prova mais concreta que se poderia dar disto.

Gazeta do Reinado: Crânio Negro. Não reconheçe o nome? Talvez se lembre dele como Black Skull, o nome original, com o qual surgiu na antiga revista Tormenta. Há também um outro nome, mas este nós só poderemos conhecer depois de ler o novo romance de Leonel Caldela, O Crânio e o Corvo. Para completar a excelente Gazeta dessa edição, uma revelação bombástica para Moreania, uma ninfa seqüestrada e um novo talento taúrico.

Cidades Fantásticas: Em uma excelente matéria, temos quatro cidades adaptáveis para qualquer cenário. Destaque para a primeira e a última, e o troféu-abacaxi para a segunda.

Reinos de Ferro: Alquimia de Combate! Uma penca de granadas e outros equipamentos para alquimistas explosivos dos Reinos de Ferro e além!

Classes Monstruosas: Ok, o conto introdutório é ótimo, a idéia é espetacular. Mas, sinceramente, essa foi a grande bola fora dessa edição. Não há, realmente, regras claras para criar as classes monstruosas, apenas dicas gerais e dois exemplos.

Reliquias de Brachian: Com certeza, um dos pontos altos dessa edição, a aventura introdutória aos Reinos de Moreania é divertida, bem fundamentada e com ótimas sacadas. Nota 10 para ela.

Dragon's Bride: Finalmente chegando ao topo. E finalmente alguém consegue descobrir o maior segredo de Aqvarium!
 Ok, chega, antes que eu dê mais spolier.

Editorial: O editorial dessa edição é dedicado ao primeiro ano de existência da DragonSlayer dentro da Editora Escala. Parabéns a todos nós por está conquista!

Encontros Aleatórios: A sessão de cartas dessa edição conta com uma repulsa ao preconceito, um saudosista e mais algumas dúvidas e erratas. Destaque para Falhas Críticas e para a falta de Grimório de Jade e Calabouço Tranqüilo (Leonel, seu puto!).

Reviews: Nesta edição, temos uma expedição aos dominios de Lolth, chumbo grosso nos Reinos de Ferro e uma era de Trevas em Midnight.

Clássicos: Um compêdio dos itens mais poderosos e interessantes do universo de D&D marca presença como o clássico dessa edição.

Game Design: Leonel Caldela, o mestre supremo da escatologia e do sadismo, fala sobre como acertar o braço ao mestrar sessões de jogo pesadas.

Preview: O novo romance de Tormenta já foi lançado, e aqui temos uma palhinha de toda a escatologia e sadismo de Leonel Caldela.

Gazeta do Reinado: A guerra total está para chegar a Arton, e Mestre Arsenal é a causa! Além disso, temos problemas com gnolls e Moreaus e armaduras novas para jogadores.

Mortos-Vivos: Quando o inferno estiver cheio, os mortos caminharão sobre a terra. Num dos melhores mini-cenários já vistos na Dragonslayer, o mundo de terror e sobrevivência dos filmes de George Romero é revivido com perfeição absoluta!

Psiquismo para Ação!!!: Agora você vai poder jogar com o Professor X, Jean Grey e outros carinhas estranhos...

Confronto: Você sempre achou que os feiticeiros não combinavam com o seu próprio background? Bem, o MEDC também acha, então preparem-se para jogar com o Feiticeiro Verdadeiro!

Adaptação, Disgaea: Demônios aboiolados, heróis do espaço acerebrados... é, o inferno é um lugar bem esquisito... e divertido!

Feras da Guerra: Os guerreiros de Escamas de Aço, os barbáros Soberanos da Acha, os futebolísticos Monges Gu-ON e os brutos Paladinos de Bullton marcam presença em Moreania. E nessa edição também, arrebataram a capa só pra eles, veja só.

Dragon's Bride: Janelas estranhas e dragões jurados de morte.


God of War
O deus da guerra e suas manobras destrutivas

Megalodon
Um navio de monstros grande como uma masmorra

Medusas da Chuva
Saiu na chuva é pra se queimar

Laboratório do Dr. Careca
Eis que a careca, agora rabiscada, volta à casa

Clássicos
Dungeon e Dragon, as revistas que levam o nome de nosso jogo

Review
As hordas do abismo e os tiranos dos nove infernos

Gazeta do Reinado
Uma morte, um culto maligno e livros à beça

Chefe de fase
Em terra de beholders que é cego também tem vez

Dragão de Tyr
Se transforme no dragão mais selvagem de D&D

Moreania
Reino das Torres, a terra mais perigosa e amaldiçoada de Moreania

Game Design
Antes de mais nada é melhor introduzir

Zillion: Super clássico! Os White Knights comemoram 20 anos em uma adaptação completa

Especial: Regras Avançadas
- Sucessos decisivos! Falhas críticas! Agora melhores (e piores)
- Invente sua própria arma
- Pontos de Ação: cedo ou tarde você vai precisar!

Golpe sujo
10 talentos para lutadores violentos

Feras à solta
6 novos licantropos

Companhia Rubra
Os maiores desafiadores de Tormenta

Gazeta do Reinado
Arsenal está chegando!

Chefe de fase
Um paladino diferente

Game Design
Pense mais em seu público

Review
Área de Tormenta, Terror em Porto Livre e Tome of Battle

Clássicos
O livro dos níveis épicos para Dark Sun

 

 

 

 

Editorial: Nesta edição, a equipe da Dragonslayer ressalta a importância da reinvenção periódica no RPG.

Encontros Aleatórios: A Paladina sem roupa. Realmente, nada podia ser melhor... (O Anti subiu no meu conceito depois dessa). Falhas Críticas marca presença com um elfo burro, um mago piromaníaco, um vilão de Scooby-Doo e um mestre enrolado com as palavras, no entanto, Grimório de Jade faz falta nessa edição.

Review: Pra começar, temos Red Hand of Doom, a aventura mais artoniana do D&D (heheh), depois, em seguida vem Morte em Porto Livre, primeira de uma nova série de aventuras para d20 lançada pela Jambô. E, então, em uma única resenha, temos três livros de Eberron, o outro cenário oficial de D&D, são eles: Player's Guide to Eberron, Races of Eberron e Sharn: City of Towers. O primeiro trata da ambientação de personagens para jogadores de Eberron, enquanto o segundo trata de raças tradicionais de D&D e suas mudanças em Eberron, além de aprofundar as novas raças do cenário. 

Sir Holland: Um certo Cavaleiro Negro descobre que pode ser muito mais difícil raptar uma princesa indefesa do que parece...

Clássicos: Queen of the Spiders é o clássico dessa edição, e por mérito próprio! Afinal, foi nesta aventura que os hoje tremendamente famosos Elfos Negros e o Underdark aparecem pela primeira vez.

Game Design: Primeiro, Leonel Caldela discorre sobre como fazer um sorvete com feijão gostoso (ou, em outras palavras, como bizarrices podem não ser tão bizarras assim). Depois, o Paladino atualiza um texto do livro Panteão d20 onde ele mostra como utilizar NPC's poderosos que não roubam a cena dos aventureiros.

Chefe de Fase: Se você achava que Mestre Arsenal já era apelão antes, nem olhe a nova ficha... De quebra ainda temos uma nova perícia (Estratégia) e um novo talento (Foco em Armadura).

Tormenta: Leonel Caldela, Paladino e Erica Horita atacam de novo! Para começar a matéria, uma estonteante ilustração de Horita (essa menina está com cada vez mais níveis de personagem...), e então Leonel e o Palada fazem jus à fama e trazem uma das melhores raças de Tormenta até hoje, com possibilidades narrativas e interpretativas ilimitadas.

Gazeta do Reinado: Do lendário reino oculto dos anões vem uma das melhores armas contra a Tormenta. Mas, afinal, do que é feito o Aço-Rubi? Além disso, o intercâmbio comercial entre Moreania e Arton traz seus primeiros conflitos, Hipposauros vendidos por mercadores de Sambúrdia causam críticas ferrenhas por parte de Namalkah. Para completar, as atividades intensas dos clérigos de Keen podem indicar problemas próximos, enquanto o reino de Trebuck oferece uma gorda recompensa pela captura de assaltantes de Desafiadores da Tormenta.

Adaptação: Alguns podem até chiar com as ilustrações retiradas diretamente do game em 8 bits, mas não há como negar que a adaptação de The Legend of Zelda mereceu a capa desta edição. Completa, a matéria traz a origem do jogo, sua história, seus itens mágicos e inimigos clássicos, além de uma aventura-solo e as fichas de Link no início e no final do jogo. 

Novos Talentos: Apesar dos ótimos talentos, essa matéria peca pela “enrolação” (o autor chega a usar quatro parágrafos para explicar o conceito de parceria, e isso logo de início) e repetição de termos ao longo do texto. Enfim, uma ótima idéia, mas que carece de maior desenvolvimento.

Exploração: Numa das melhores matérias dessa edição, as quatro melhores arenas de gladiadores  do cenário DarkSun aparecem em uma versão adaptada do antigo suplemento Complete Gladiator's Handbook. É um maravilhoso complemento à classe básica Gladiador, da DS 11, no entanto, a não-tradução das legendas nos mapas foi a bola fora da edição. 

Dragon's Bride: Ok, não vou estragar a surpresa de ninguém dessa vez, mas tenho duas observações que não posso segurar. Primeiro, que bela bunda tem aquela Astra, hein? Segundo, qual é a do Marlin?

Editorial: Se existe uma crise no RPG, porque ela não parece afetar a Dragonslayer e relacionadas? Descubra aqui.

Encontros Aleatórios: Por quê o Antinho foi escolher justo Coelho como talento Moreau? Para ganhar bônus em Esconder-se e ver a Paladina trocar de roupa!!! Pra completar temos as Falhas Críticas e o Grimório de Jade, ambos com o mesmo bom humor de sempre.

Reviews: Castle Ravenloft, Reinos de Ferro e O Inimigo do Mundo são as resenhas dessa edição. Um aventura importada de horror, um cenário d20 traduzido e um romance nacional de fantasia, respectivamente. Mesmo sendo títulos tão distintos, todos se assemelham em um ponto: a alta qualidade.

Sir Holland: Sair em campanha pode ser mais difícil do que parece, especialmente quando você tem uma princesa preocupada e um escudeiro tagarela...

Ecos do Além: Uma nova coluna com notícias d20! Nesta primeira aparição conhecemos Ptolus, o maior produto d20 já lançado (672 páginas!), descobrimos o próximo título da série Complete (Livro Completo do... em português) e temos o anúncio do novo licenciamento da Jambô, a aclamada Green Ronin!

Clássicos: Ravenloft, o mais clássico dos clássicos quando o assunto é RPG de horror.

Game Design: Poder não é a antítese da personalidade, e é sobre como dosa-lo e usa-lo em mesa que trata este artigo.

Adaptação: Novas magias inspiradas no game Dragon Quest VIII, a minha preferida foi a Nose for Treasure (“Mago, pra que lado está aquele maldito artefato!”).

Sonhos e Pesadelos: Dicas, regras e situações para se jogar nos mundos do sonhar. Ficou muito parecido com um Game Design, só que mais comprido que o normal.

Gazeta do Reinado: Precisando de buchas pra preencher o covil do mago maligno? Os grunts estão ai pra isso. Demônios da Tormenta ou Aberrações da Tormenta? Os Artonianos cada vez mais perto de descobrirem a verdade! E para terminar temos a volta do Camaleão e o incrível assalto perpetrado por uma ladra adolescente: Anne K., irmã de James K.!

Gigantes a Vapor: A melhor sacada dessa edição, além de servir como uma amostra do novo Guia de Personagens dos Reinos de Ferro, essa matéria também pode ser facilmente inserida em qualquer cenário. Inclusive Moreania, com seu robôs Darash.

Gênios: Detalhes sobre a história, fisiologia, sociedade, raças e muito mais sobre estes seres antiqüíssimos e poderosos. Quem gostou da classe de prestígio Shar'ir também vai gostar dessa, alias, quem não gostou dos Shar'ir também...

Classe de Prestígio: Apesar do nome da seção, dessa vez temos uma classe básica, o Gladiador é um combatente poderoso e versátil, não queira se meter com ele dentro de uma arena.

Moreania: As Montanhas de Marfim finalmente reveladas! A começar pela fantástica ilustração de André Vazzios (Que deve ter Foco em Perícia: Desenhar Bicho-Homem, desde a época de Lua dos Dragões...) e passando por toda a descrição das montanhas, essa é definitivamente a melhor matéria já escrita para o cenário da Dragonslayer.

Dragon's Bride: O retorno de Al'Hanna e Melokk. História divertida e leve, e o Cassaro zuando os animes da moda foi supremo, eu contei Full Metal Alchemist (DS 4 e 5) e Naruto (DS 8), alguém conseguiu achar mais homenagens/tiradas de sarro?

 

Editorial: Nada é perfeito, nem precisa ser. Basta ser suficiente. E, segundo este editorial, o sistema d20 é suficiente. 

Encontros Aleatórios: Histórica. Finalmente, depois de mais de 100 tiras (contando a participação na outra revista), conseguimos ver a calcinha da Paladina! É branca. E por falar nessa cor, o Antipaladino está de volta, agora com orelhas de coelho (HAHAHA!!!). Falhas Críticas e Grimório de Jade também marcam presença. 

Review: Frostburn, Sandstorm e Stormwrack são títulos oficiais de D&D com a mesma proposta, preço e numero de páginas, portanto, nada mais justo do que uma única resenha para os três, certo? Estes livros tratam, respectivamente, sobre as condições ambientais, monstros e raças, novas ou variantes, de lugares gelados, desertos e mares bravios (todos com a nota máxima, uau!). 

Sir Holland: Após dias sem comer ou dormir em busca do mago Dwann, Sir Holland e seu fiel escudeiro decidem perguntar a um sábio animal da floresta sobre o paradeiro do mesmo, e depois a outro, e mais outro, e mais outro... 

Clássicos: O hoje lendário mini-cenário de Al-Qadim é o clássico desta edição. Obviamente, não podia ter levado menos que a nota máxima. 

Classe de Prestígio: Aproveitando o gancho de Al-Qadim, os também clássicos Shar'ir, os contadores de histórias e domadores de gênios (sim, aqueles das lampâdas!). 

Game Design: Nesta edição temos duas colunas aqui, a primeira é de Marcelo Cassaro, e explica porque, mesmo com as classes básicas de D&D sendo suficientes, novas classes básicas são feitas. A segunda é de Leonel Caldela (Sim, o mesmo d'O Inimigo do Mundo) e defende uma maior integração entre as regras e a interpretação, para que jogadores menos teatrais não fiquem em desvantagem. 

Bleach: Os deuses da morte mais estilosos do mundo finalmente adaptados para d20. Tá, não é AQUELA adaptação, erraram nomes de personagens e a classe básica é exatamente isto, básica, não captura toda a essência única que cada shinigami e sua zampakutou podem ter. Apesar disto, é um ótimo ponto de partida para que algo mais completo possa ser construído pelos mestres de jogo. Para os amantes de BESM d20, uma boa notícia. Um box lateral traz as alterações mecânicas necessárias para o RPG de anime da Devir. 

Soul Calibur: A adaptação deste famoso game de luta traz as duas espadas místicas mais poderosas do mundo, a maligna Soul Edge e a sagrada Soul Calibur. Apenas duas palavras para descrever essa matéria: Artefatos Maiores (Oh, yeah, baby!). 

Heróis de Arton: Oito páginas do mais puro background! Usando o mundo de Arton como base temos onze arquétipos de personagem. Não, não são aqueles arquétipos chatos que dão uma listinha de perícias e talentos a adquirir e colocam um nome estiloso para te atrair. Basicamente a matéria traz idéias de background para personagem do mundo de Arton (embora facilmente desprendidas deste), com considerações acerca de suas aventuras, personalidade, maneirismos e considerações mecânicas (só umas dicas, nada de listas). 

Gazeta do Reinado: Em Vectora, um leilão de estátuas da deusa Tenebra cria polêmica e requer proteção. Em Valkaria, surge o primeiro campeão Moreau da Arena Imperial, e ainda com um exótico estilo de combate! Já em Hongari, um halfling ranger faz demonstrações das novas técnicas para domar animais que aprendeu em Galrasia. Por último, a Rainha das Fadas procura por sua criada desaparecida, e a recompensa é bem generosa! 

Chuck Norris: Ok, esqueça o maldito Frenzied Berserker, encontramos uma classe com mais prestígio que aquela. Só recomendo cuidado na hora de rir, antes peça permissão ao Norris, afinal, é obvio que ele está de olho em você (e em todo mundo). 

Magia Talentosa (e defeituosa): Magos de anime quase sempre são pessoas estranhas, e muitos dos talentos e defeitos dessa matéria refletem isto. Mas, mesmo assim, eu só tenho duas palavras (“de novo...?”) para descrever o meu próximo personagem mago: Magia Hentai! 

Talentos Ambientais: “Mestre, se eu não sou do Reinado e/ou não quero nenhum daqueles Talentos Regionais, o que eu faço?”, admita, mestre de Arton (e de Forgotten Realms, também), você não cansou de ouvir isto? Pois chega de Foco em Perícia! Mande o danado do jogador pegar uns talentos ambientais! (Até porque eles deixam qualquer Foco em Perícia no chinelo em termos de apelação...). 

Os Famosos Também Jogam: Uma penca de celebridades mundiais (e uma bandinha emocore...) que jogam RPG. É interessante notar que esqueceram de incluir o Cauã Sei-lá-o-que, da Globo, será que é porque ele só declarou jogar, e ter como sonho de adolescência abrir uma loja de RPG, no programa da Xuxa? (Não, eu NÃO assisto Xuxa, só me contaram isso, eu juro!). 

Herança de Família: Uma aventura para personagens de 2º nível, os heróis devem recuperar uma espada mágica de família para que o fantasma de seu antigo dono possa descansar em paz. É, definitivamente, a melhor aventura da revista desde “A Ilha sem Norte”, na DS 3. 

Ethora, Prato Feito: Nesta edição os quadrinhos ficam por conta de Ethora, com a arte sensacional de Erica Horita e roteiro (divertidamente nonsense) de Beth Kodama. Uma curiosidade é que, pela primeira vez, temos uma HQ totalmente em cores na DS! Como comentário final fica a dica: Nunca chame uma mulher de gorda. MUITO menos de gorda E porca. Acredite, é para sua própria integridade física.

Encontros Aleatórios: Os queridos paladinos estão aqui novamente, pena que só responderam três leitores (também pudera, tirando a o último, os dois primeiros foram gigantes), mas o paladino foi tirar férias em Moreania, enquanto a paladina espera pelo próximo companheiro... Também há duas falhas críticas e o Grimório de Jade voltou (Hum.. Quando ele aparece, Sir Holland some... Estranho...).

Reviews: Só duas reviews dessa vez e não há nenhum clássico, provavelmente foi para dar espaço a outras matérias. Mas bem, J.M. Trevisan fala sobre D&D Miniatures, dos wargames (ancestrais do RPG), um pouco sobre as regras básicas desse jogo e também sobre a alegria dos que as colecionam tais miniaturas só por prazer (Trevisan é um desses), ele afirma que é possível adquirir as miniaturas em certas lojas de brinquedos, elas são importadas mas com os manuais traduzidos, a desvantagem pode ser no preço, mas com certeza vale a pena!
A segunda review é sobre True20 por Salomão “Tek” que lhe deu uma elevadíssima nota 6 (o máximo possível), True20 é mais um OGL, com algumas semelhanças com 4D&T, Ação!!! e outros. Mas uma leitura mais atenta permite observar certas diferenças, por exemplo, True20 pode ser ambientado em qualquer época, portanto possui uma extensa lista de equipamentos. O livro também traz quatro cenários e Salomão aponta um fórum para os fãs, que estão sempre atualizando o sistema. O fórum é www.true20.com/

Game Design: Bom, desta vez Marcelo Cassaro não escreve dicas sobre como desenvolver cenários de RPG, mas ele fala sobre o IRPJI (Primeira Reunião Piauiense de Jogos de Interpretação), um evento organizado pela ARTE (Associação de RPG de Teresina) e cuja entrada foi gratuita e conseguiu chamar a atenção de TODA a imprensa do estado. Ele também demonstra, apontando fatos do evento, o tipo de sistema que o Brasil precisa para nosso querido hobby se espalhar.

Laboratório do Dr. Careca: Finalmente o laboratório está de volta e dessa vez o Dr. Careca fala sobre uma técnica muito útil para os mestres manter o interesse de seus jogadores, os finais estilo Cliffhanger (ou “gancho”), sabem aqueles finais que acontecem na parte mais legal do filme? Então... Logo depois ele fala o motivo de demorar tanto a reabrir o laboratório.

Primeira Aventura: Essa é para os iniciantes, ensinando sobre como gerar as habilidades no sistema d20 e várias formas diferentes para fazer isso (caso algum mestre queira fazer algo diferente ele também pode fazer bom proveito da matéria). E caso você achava apelão o Método dos Defensores utilizado no 4D&T (2d6 + 6), então nem vai querer ver o importado Conan RPG (rolar 1d8 + 10), é isso aí, o Conan e seus amigos arrebentam qualquer equipe de Super Sentai (bom... pelo menos enquanto estão no 1º nível, depois disso vai saber...).

Minicenário: Templos e Tumbas é um dos sete cenários (isso mesmo, são sete) que estarão presentes na nova versão do livro básico Ação!!! e aqui podemos ler um pouco sobre o cenário, dicas para mestres e jogadores e também há idéias para aventuras, sem falar que no finalzinho há talentos e é avisado de antemão, eles são apropriados para os vilões da estória e não para os heróis! Boa exploração o/

Classe de Prestígio: O Tomb Raider (ou Invasor de Tumbas)! Pronto, você viu o cenário há algum tempo atrás, agora já possui a classe para poder viver aventuras memoráveis... E você não precisa ser uma arqueóloga inglesa de shortinho para isso (nada contra, é claro!). Os especialistas conseguem atingir os pré-requisitos mais rápido.

Adaptação: Caverna do Dragão! Esse desenho marcou a vida da maior parte dos RPGistas e até dos não-RPGistas. Ela completa 20 anos desde sua primeira exibição no Brasil, em 1986. Esta matéria contém desenhos bem diferentes dos originais (mas nem por isso são piores, pelo contrário, ficaram muito bons!). Ela inicia com um guia dos episódios da primeira a terceira temporada (muitos fãs vão ficar nostálgicos após lerem isso, eu pelo menos fiquei), uma lista com várias curiosidades (que é ótima para esfregar na cara dos céticos que insistem que os garotos foram para o inferno e mestre dos magos e vingador são a mesma pessoa...), a ficha dos personagens no 1º nível (ótimo, você pode começar sua campanha agora), mas com regras opcionais para deixar bem semelhante ao desenho. No final da matéria, mais uma regra chamada Portadores do Artefato, algo parecido como níveis substitutos, eles fazem com que um personagem substitua suas habilidades de classe normais por habilidades ligadas a um item mágico escolhido.

Chefe de Fase: Adivinhem? É o Vingador! Ele também está com um desenho novo bem legal e além da ficha nada ignorante dele, há as fichas de Pesadelo (o cavalo demoníaco do Vingador) e o Demônio das Sombras (um dos lacaios do vilão). Só faltou as ilustrações para esses dois últimos.

Tormenta: Samurai vs. Swashbuckler, qual o melhor? A honra ou a bravata? Katana ou sabre? Disciplina ou Emoção? Hambúrguer ou pizza (Opa! foi mal. Não comi nada e to escrevendo...)? No começo um pouso sobre a história de cada um e também as diferenças artonianas, logo após os equipamentos para tentar ver qual leva vantagem... (mesmo assim ainda não dá para dizer), então as habilidades de cada um... (Poxa, a maldita dúvida ainda existe). Então temos dicas de qual escolher, escolhendo os talentos certos (É, pelo visto vai depender do que você vai querer interpretar). E no final de tudo, se você ainda não decidiu o que raios vai ser (ou se não tem o suplemento certo), a dica é escolher um guerreiro e customizar (O que?! Eu li tudo isso só para escolher jogar de guerreiro?! Claro que não, pode ficar calmo, a matéria é boa e vale a pena, ela tem muito mais coisas que aqui).

Gazeta do Reinado: Onde apareceram os rubis da virtude? Com quem eles estão? Quantos foram descobertos? Quantos pedidos o dragão realiza (Opa, desenho errado. É a fome gente, me perdoem) ? Se você fez essas perguntas, sinto informar que nenhuma delas é respondida... Para começar a matéria começa com um erro, ela vem falando sobre o reino de Hershey exatamente como nas DS’s anteriores, então começa a matéria correta, infelizmente só conta a estória dos rubis da virtude (que muitos jogadores já conhecem), as regras num quadro de como eles funcionam e no finalzinho algo como “Já se fala de patronos poderosos que planejam sua nova reunião”.
Esquecendo os rubis, as outras notícias da Gazeta estão mais interessantes, houve um atentado contra a estátua de Sckhar, o aparecimento de um misterioso elixir druida e uma estátua de um anão que apareceu no reino de Portsmouth, o reino onde a magia é proibida, há suspeita de que poderia ter sido uma medusa, mas ninguém lançou Pedra em Carne para solucionar o mistério por motivos óbvios.

Nova Raça: Os trogloditas disponíveis para os personagens jogadores, com direito a talentos para eles e também algumas outras raças no final da matéria, pena que eles não são muito sociáveis... Ah, eu recomendo o grupo ficar bem longe quando ele usar sua “arma secreta”.

Power Cars: Para quem ainda não conhece, Power Cars é o RPG idealizado pela Fundação Volkswagem, coordenado pela PMKT e criado pela Mantícora. Ele usa elementos de fantasia junto a carros da Volkswagen e foi usado para divertir as crianças no Salão do Automóvel 2006. Essa matéria apresenta somente três raças, três planetas e três Power Cars como amostra. Logo no início há uma rápida estória do cenário que é bem divertida, uma grande ameaça a nosso planeta e o objetivos dos Power Pilotos para evitar isso. Então há algumas regrinhas básicas, é um sistema d20, porém é muito simples de entender o que é apresentado aqui (e ainda mais se você já conhecer algo sobre d20). Ótimo para trazer iniciantes ao nosso querido hobby.

Dragon’s Bride: A HQ oficial da revista retorna. O bom humor está presente como sempre, mas no finalzinho há uma cena em que Koi pega o desenho que Tuna havia feito (quem não lembrar melhor pegar as edições anteriores) e ele o olha frente e verso, na primeira vez que está olhando não há nada atrás do papel (pelo que o leitor percebe), logo depois Koi olha o verso e vários ideogramas estão lá! Eu pelo menos não saquei... Fora isso, a HQ está boa com certeza.


Mensagem Editorial: A Equipe nos conta que o fator sorte conta muito, seja em jogos ou na vida, mas que habilidade e experiência não podem ser substituídos por sorte. Isso é bom, pois a Dragon Slayer é a única revista com autores que têm mais de uma década de experiência.

Encontros Aléatorios: Como sempre, o Paladino e a Paladina respondendo cartas e e-mails dos leitores com o bom humor de sempre, o Grimório de Jade não voltou, mas pelo menos ainda temos as Falhas Críticas.

Reviews: Resenhas sobre diversos livros e desta vez, nenhum deles é dos autores, os livros são: Heroes os Battle, um suplemento d20 para campanhas onde os personagens estão no meio de uma guerra (não, nada de combates em massa como se espera incialmente), após temos Arcádia NeoKosmos da Editora Daemon para d20 e Daemon, um cenário para uma mitologia greco-romana repleto de licença poética. A última resenha é do Feiticeiro da Montanha de Fogo, só que adaptado para o D&D 3.5, quem sentia falta desse livro-jogo agora pode matá-la, o livro apresenta até fichas prontas e até regras para usar a Sorte (alguém lembra deste atributo da série Aventuras Fantásticas?) entre muitas outras coisas, antigas e novas adaptadas adequadamente.

Clássico: First Quest, um antigo suplemento para AD&D, foi criado para iniciantes, era simples e tinha idéias interessantes, mas acabou não dando muito certo, pois sua simplicidade excessiva acabou sendo irritante, principalmente na parte em não haver regras para criar personagens. Mas ainda é raridade a versão dublada do CD de áudio que acompanhava a caixa, então pense duas vezes antes de vendê-la por qualquer coisinha.

Sir Holland: O bravo herói está de volta, porém está fugindo de um adversário terrível desta vez...

Game Design: Marcelo Cassaro analisa se realmente, outros cenários podem sobreviver no Brasil e também dá dicas de como fazer um cenário que possua chances de sobrevivência no mercado atual.

Adaptação: Naruto, nesta adaptação temos um pouco da história deste anime, apresenta regras de pontos de Chakra, estes pontos serão usados para realizar os jutsu, que são as técnicas que aparecem no anime, logo após há os incríveis talentos do Chakra. A matéria é concluída com a nova classe básica, o Ninja das Vilas Ocultas, diferente de qualquer classe de mesmo nome.

Regras Avançadas: Magia Elemental! Jogadores de 3D&T conhecem esse tipo de magia a muito tempo, mas agora ela vem adaptada para o sistema d20. Essa é principalmente para aqueles jogadores que adoram personalizar suas magias ao invés de ter listas colossais de magias que são sempre da mesma forma.

Classe de Prestígio: O Matador de Colossos! Esse tipo de herói está habituado a surrar apenas criaturas do tamanho de um ogre para cima! Esta classe possui seus poderes baseados nas técnicas do personagem do jogo Shadow of Colossus.

Rolando Humor: 50 frases que o mestre odeia escutar, 50 frases sádicas do mestre que amedontram qualquer jogador, 1001 utilidades para Bola de Fogo (ta bom, são só 20, mas depois de ver algumas você já consegue imaginar as outras) e as clássicas Últimas Palavras fazem parte desta matéria do mais puro humor RPGístico.

DeepGate: A Associação Cartográfica, afinal um mapa sempre ajuda na hora de explorar uma masmorra e você também pode se tornar um cartógrafo. Boa sorte para tentar mapear a masmorra de DeepGate.

Chefe de Fase: Penabundearam o background e construíram uma criatura realmente overpower! Glosto Bossálio, a modelo dos combos! Jogadores que se preparem caso o mestre goste da “criaturazinha”.

Golens: Essas criaturas são o terror de muitos aventureiros e agora vêm mais perigosas que o normal, pois com o Knechterschaffer, uma obra escrita por Rochuskliees (ô mania de nomezinhos complicados), um lich que estuda golens incansavelmente e agora desenvolveu formas de torná-los mais poderosos, no final da matéria há talentos para jogadores de 4D&T, mas o Mestre já fica de sobreaviso que tais talentos podem deixar personagens imunes a muitas coisas.

Gazeta do Reinado: Os minotauros não estavam conseguindo encontrar os responsáveis pelas revoltas de escravos e o motivo talvez seja Izzy Tarante, uma pirata sanguinária, porém justa em diversos pontos. Também há boatos sobre o Culto Vermelho não ter sido realmente destruído e no final da Gazeta um bardo que matou uma platéia de medo com suas histórias. Ah sim, procura-se uma goblin ladrão, seu nome é Thallas Hoardstealer.

Moreania: Laughton: O Novo Mundo é povoado de pessoas muito corajosas... E muito loucas! É um reino onde aventura não falta, na verdade, viver num lugar como este já é uma aventura! Política duvidosa, engenhos mecânicos estranhos e agora a descoberta dessa tal Arton pra complicar ainda mais.

Mercenário$: Nesta edição Dragon’s Bride não apareceu, mas parece que é a última vez, então ela será sempre apresentada na revista até acabar. Por enquanto podemos nos divertir muito com os Mercenário$ nesta história super engraçada.



Mensagem Editorial: A equipe da Dragon Slayer deixa claro o porquê de não apresentar regras para outros sistemas que não sejam D20 e também mostra que é proibido apresentar material para sistemas sem a devida permissão de seus autores.

Encontros Aleatórios: A capa já diz muita coisa, o Paladino (conhecido como um dos heróis mais fracos existentes no multiverso) matou um dragão! Como? Ah... Acho melhor vocês mesmo lerem, pois será mais divertido. Bem, a tirinha do Grimório de Jade não apareceu novamente, mas as Falhas Críticas estão lá para a diversão dos fãs. Para os mais observadores, é possível notar muitas piadinhas sobre a concorrência, sem falar numa indireta muito direta de um leitor nas coluna das Falhas Críticas... Ah sim, parece que logo teremos uma parte da revista reservada para a Arte dos Leitores, mas a pergunta que permanece é “Quem será o primeiro”?

Reviews: Temos o Manual 4D&T (sistema d20 OGL; Editora JBC; 96 págs. P&B, Capa mole, Português-R$19,90; nota 5) e Varna: Chamado de Guerra (Sistema d20 e Daemon; Editora Daemon; 32 págs. P&B, capa mole, Português-R$12,00; nota 4), ambas feitas por Marcelo Cassaro “Paladino”. Como todos devem saber, o manual 4D&T é o mais novo jogo OGL do mercado e esta edição da DS apresenta muitas coisas para ele (como você vai notar mais adiante), falando nisso, mesmo sendo autor, o Cassaro apontou erros do manual 4D&T (poucos, mas apontou!).
Já Varna é um mini-cenário que conta a estória de um antigo vale, cujo centro existe o Nexo, um foco de energias místicas. O Nexo já corrompeu e destruiu uma antiga raça e agora restaram três raças que disputam o controle deste misterioso vale.
Ah sim, uma triste notícia, a Devir anunciou que não vai publicar a linha Eberron no Brasil, preferindo priorizar Forgotten Realms. O motivo? De acordo com a editora, o espaço no mercado brasileiro de cenários de fantasia é muito pequeno. Então uma saída para quem não quer jogar nestes grandes mundos de fantasia é recorrer a mini-cenários, como Varna, por exemplo.

Clássicos: D&D é marcado pelo seu maniqueísmo extremo (a clássica batalha do bem contra o mal) e muitos jogadores veteranos o tratam como um jogo para crianças. É aí que surge Jankador, um mini-cenário onde não há um verdadeiro lado certo e sim lados opostos.
Uma civilização de magos vivendo de um lado, e uma de bárbaros vivendo de outro. Jankador é uma ilha onde estes dois povos se confrontam, mas não por um ser bom e outro mau, mas sim por seus pontos de vista diferentes! (Jankador, Land of Legend- Jankador, Island of War-Jankador, Isle of Destiny-todos para o antigo AD&D 2ª Edição da TSR (atual Wizards of the Coast-os 3 volumes com 144 págs. P&B, capa mole e acessórios – Inglês – U$21,95 cada - nota 6)

EIRPG: Fotos do evento do XIV EIRPG, todo tipo de fantasia e até um mapa no centro.

Ragnarok: Cada uma das 6 classes básicas do game Ragnarok (Arqueiro, Espadachim, Gatuno, Noviço, Mago e Mercador) adaptadas para o sistema d20, elas são mais poderosas que suas equivalentes clássicas no D&D, mas podem ser usadas (de preferência em campanhas mais cinematográficas) e também são muito úteis para quem joga 4D&T e/ou 1ª Aventura e não curte muito ficar usando as mesmas classes básicas. No final da matéria, algo sobre apresentar futuramente as classes avançadas do jogo.

Gazeta do Reinado: O Barão Fheller do reino de Hershey está indignado com a escravidão e quer por um fim nisto, o que pode levar a um grande problema com Tapista, o reino dos minotauros. Há também boatos que o Barão Fheller está reunindo um exército, pois se ausentou de suas terras levando seus dois filhos quase todos os seu guardas, o mesmo fizeram outros senhores de terras da região de Hershey e outros de Petrynia, mais precisamente os que vivem mais próximos da fronteira com o reino das guloseimas. Para completar estão acontecendo muitas revoltas de escravos acontecendo.
As boas notícias desta edição dizem a respeito da magia Proteção Contra a Tormenta ter sido aperfeiçoada.
E finalizando notícias sobre um estranho fenômeno que anda deixando cada vez mais aventureiros com deformidades estranhas por curtos períodos de tempo (leia-se Super Deformed) após alguma coisa vergonhosa que tenham feito.

Primeira Aventura: Você é daquele tipo de Mestre que adora colocar seus jogadores num desafio contra Dragões? Só que infelizmente, detesta ter que ficar montando a gigantesca ficha para os bichões? Bem, aqui há regras variantes para dragões e até mesmo talentos para dragões! Ai vocês perguntam (enquanto seus olhos brilham de felicidade) “Talentos para dragões? Quer dizer que agora posso ser um dragão?!”, bem... Não. O que acontece aqui é uma sacada que existe no sistema 4D&T, que permite que um jogador possa pertencer a uma classe sem precisar se preocupar com o maldito Ajuste de Nível, é a escolha de talentos. Na mesma matéria existe o talento (que só pode ser adquirido no 1º nível) Meio-Dragão, com ele você está liberado para selecionar talentos normalmente permitidos apenas para dragões! Legal, não?
E no final da matéria, três fichas de dragões (um jovem, um experiente e até um grande ancião!), provavelmente os menores blocos de estatísticas para qualquer jogo d20!

Deep Gate: A Companhia dos Mercenários Silenciosos, mesmo sendo todos mudos eles podem ser muito úteis se você pagar ao chefe da Companhia o preço pedido, mas há um grande mistério por detrás destes aventureiros peculiares...

Chefe de Fase: Para 4D&T (mas facilmente adaptável), Roriark Coldchain, um rei cujo reinado foi devastado por uma horda de youkais malignos que o acorrentaram em uma torre e abandonaram para morrer, algo que realmente aconteceu, porém a sede de vingança foi mais forte... Então se ouvir o som de correntes, corra!

4D&T: O Morto-vivo, uma nova raça para assombrar as campanhas dos Defensores de Tóquio e também talentos próprios para membros desta raça (a mesma sacada que aconteceu com o meio-dragão há aqui, podendo tornar seu personagem um morto-vivo único através da escolha dos talentos).

Questão de Classe: Regras opcionais para heróis que escolhem seguir somente uma carreira, acreditem! Os benefícios são ótimos! Principalmente a parte de receber terras e um presente único.

Tamagrah: A Ilha viva é um lugar perigoso de ser explorado, seja pelas raças que nela habitam, seja pela dificuldade de se chegar à ilha, pois como apresentado na DS 3, Tamagrah é uma divindade menor! Um ser colossal muito misterioso, seu humor varia como as marés, mas mesmo assim este ser de origem incerta pode dar poderes aqueles que o cultuam, que em sua maioria são os habitantes que vivem em suas costas como os monge Quellons, os membros da tribo Holok e os da tribo Aruhana.

Nova Raça: Quellons, não são tartarugas ninja (a maioria é monge mesmo), são a nova raça apresentada na revista, nos reinos de Moreania são mais facilmente encontrados na ilha viva Tamagrah, embora estes seres não estejam muito interessados em relações com outras raças...

Moreania: O país dos campeões, o reino mais passional da Ilha Nobre, onde espada e magia andam junto como homem e mulher. Na DS anterior nos foi apresentado o reino de Lancaster e nesta edição nos é apresentado Brando, com sua história, terrenos, fronteiras, população, regentes, cidades de destaque, guildas e organizações.
Para os fãs que viram a possível capa que ficaria a DS deste mês, fiquem tranqüilos, pois ela aparece nesta matéria. Ah, no final uma errata com as distâncias corretas nas cidades de Lancaster.

Dragon’s Bride: Como foi possível ver, a HQ da revista voltou nesta edição, na última vez que vimos Koi estava trabalhando no lugar de Tuna, irmã de Dafnia, que muito grata sai saltitante de encontro a irmã, quando de repente testemunha uma cena terrível...
Certo! Qualquer um que acompanha a revista sabe disso! Mas o que eu iria dizer? Não vou contar o que acontece se não perde a graça, leiam vocês mesmos. Ah sim, só faltam 13 dias para o Festival dos Noivos.

 

Encontros Aleatórios: O Fullmetal Paladino e a Paladina + gata dos reinos respondendo cartas, infelizmente o Grimório de Jade não está presente, para compensar temos as Falhas Críticas!!!

Reviews: Resenhas de BESM D20 (que pela resenha não será concorrente de 4D&T) e Races of Dragon.

Clássicos: Spelljammer, chega de usar portais! Use uma nave que se alimenta de magia!

Sir Holland: Nosso "grande" herói presenteia sua princesa com um lindo "bichinho" de estimação.

Prewien: Um ótimo trecho do fantástico Tormenta O Inimigo do Mundo.

4D&T: Defeitos para defensores! Afinal, ninguém é perfeito, muito menos personagens de animê e mangá!

Gazeta do Reinado: Nos revela o paradeiro da maior máquina de guerra de Arton, informações sobre o festival dos noivos e noticías sobre os pequenos alpinistas.

DeepGate: A Taverna do Gato, o Bar do Rato. Precisa de informações? Dois grandes amigos as têm, senão eles conseguem!

Exploração: Conta com um observatório antigo e bem vigiado.

Classe de Prestígio: O Guerreiro Mágico! Nada como combinar os principais elementos da fantasia medieval, espada e magia!

Chefe de Fase: Gregor Vahn, um paladino que não teme a morte... pois está acostumado com ela!

Adaptação: As poderosas (e apelonas!) técnicas de Dragon Quest VIII.

Reinos de Moreania: Explore Lancaster, a terra mais antiga da Ilha Nobre.

Táticas de Guerra: Nada como combater milhares de inimigos com seu próprio exécito!

Primeira Aventura: Os Sahuagin, eles são cruéis, eles são espertos, eles são perigosos... E agora você pode ser um deles! (Desde que o seu mestre deixe, é claro)

Tormenta: A Queda do Feiticeiro Vermelho, uma aventura para o seu grupo estinguir de uma vez o Culto Vermelho que tem como arma principal a Praga Coral de Lomatubar!

Encontros Aleatórios: Os paladinos favoritos do Brasil continuam respondendo cartas com muito bom humor, a paladina descolou um novelo de lã e um dicionário de japonês. Nunca esquecendo do divertido Grimório de Jade no finalzinho, com um jeito peculiar de distrair cães-de-guarda.

Reviews: Ótimas resenhas do interessante mundo de Eberron e também de O Panteão, ambas feitas por Marcelo Cassaro “Paladino” e portadoras de uma elevadíssima nota 6 (para quem não conhece, as notas dadas vão de 1 a 6, como em 1d6), bem então pode ler a resenha de O Panteão com o desconfiômetro ligado.

Sir Holland: O bravo cavaleiro encontra com seu inimigo Cavaleiro Negro! Detalhe que ambos estão numa ponte nada segura que está acima de um penhasco com uma queda de 30m...

Classicos: O impressionante cenário de Planescape.

D&D Online: Um novo e diferente MMORPG para os fãs de D&D e/ou fanáticos por jogos de computador.

Game Design: O Dr. Careca teve que ir ao cabeleireiro, deixando Cassaro explicar que “Colchas de Retalhos” funcionam. E mostrando que existe um estilo brasileiro que muita gente não enxerga.

Hipossauros: Uma montaria realmente exótica e a favorita nos Reinos de Moreania. Torça para que um goste de você a primeira vista!

Minicenário: Traz o cenário Invasão e também avisa do relançamento do livro básico Ação!!! e suas novidades.

Exploração: Sua grana andava um tanto curta e você estava a procura de uma taverna com preço acessível? Então seja bem-vindo ao O Bastardo, uma taverna com preço baixo e uma grande estória.

Nova Raça: O youkai, uma das raças que constará no manual 4D&T para você poder introduzir em suas campanhas. E com talentos próprios para essa raça.

Gazeta do Reinado: Perigo! Uma área de Tormenta acaba de surgir nas fronteiras entre Zakharov e as Montanhas Uivantes! Também notícias sobre lenhadores de Tollon sendo atacados por... árvores! E o estudo do comportamento de piratas e pistoleiros.

Ilha do Leitor: Agora você poderá aportar no Porto Modugno, é só seguir o farol e você poderá entrar no portão de entrada de DeepGate.

Primeira Aventura: Apresenta armas exóticas e raciais para Primeira Aventura!

Chefe de Fase: Alexia, a estilosa vilã d’A Trilogia Fogo das Bruxas. Quem não gostaria de percorrer os Reinos de Ferro atrás dela?

Classe de Prestígio: O Campeão do Vácuo, o defensor do equilíbrio entre o bem e o mal, um raro tipo de herói, mas que causa um baita estrago quando conquista o equilíbrio total.

Adaptação: A segunda e última parte de Fullmetal Alchemist, apresentando com regras de jogo os Automails, as Armaduras Vivas, Quimeras, os Homúnculos e a cobiçada Pedra Filosofal!

Discword: Um disco imenso, sustentado por quatro elefantes gigantescos, que por sua vez ficam sobre uma tartaruga colossal que viaja pelo Universo. Seus jogadores gostam de explorar lugares exóticos? Agora têm uma boa oportunidade, mas será que terão coragem?

Dragon's Bride: E continua a briga com o Golem! Infelizmente a espada do nosso herói vai demorar para ser restaurada. A boa notícia é que apareceu uma alquimista jeitosinha...

Encontros Aleatórios: Temos o Paladino e a Paladina, como sempre respondendo as cartas e e-mails dos leitores com muito bom humor junto com o Grimório de Jade.

Laboratório do Dr. Careca: J.M Trevisan dá dicas de como se tornar autor de RPG e publicar seu primeiro livro. Ou não.

Sir Holland, O Bravo: O cavaleiro mais complicado das HQ’s adentra uma catacumba.

Reviews: Manual dos Planos, Lords of Madness: The Book of Aberrations e Academia Arcana juntamente com Vectora: Cidade nas Nuvens (Talude e Vec talvez não tenham gostado disso). 

Clássicos: Temos um pouco sobre Tales of the Lance.

Prewien 4D&T: Então algo que alguns esperam com ansiedade e que outros sentem um enorme vontade de vomitar, uma preview sobre 4D&T, a evolução do sistema mais jogado do Brasil que trás informações sobre o futuro Manual que terá 80 páginas e será o menor, mais simples e mais barato módulo básico OGL no Brasil e mais acessível que 1º Aventura, com regras até o 10º nível e raças não-humanas. Nesta preview, também uma “palhinha” com alguns dos talentos que irão constar no manual.

Ilha do Leitor: Um assustador navio assombrado para os aventureiros que tentam se arriscar em alto-mar.

Classe de Prestígio: A Amazona, a guerreira que sabe acertar bem aonde dói...

Primeira Aventura
: Uma matéria de como usar Familiares não somente para magos e feiticeiros, mas para todos os personagens de outras classes.

Especial
: O Estilo Musashi, um “momento de cultura” contando a história e técnica do mais famoso samurai do Japão.

Adaptação
: Arthur, Rei dos Celtas é uma adaptação da HQ Arthur: Uma Epopéia Celta. Um cenário diferente para que seus jogadores cansados de pulverizar orcs possam explorar.

Chefe de Fase
:  Uma harpia demoníaca cantora do mal que está a procura de um halfling.

Novas Raças: Apresenta um preview de O Panteão D20 e 2 raças para personagens jogadores, os Aggelus (filhos dos anjos) e os Sulfure (crias do Inferno).

Gazeta do Reinado: Um jornal com notícias sobre Moreania e Arton. Na minha opinião foi uma grande sacada, pois equilibrou a dosagem matérias para os dois cenários e com muitas brechas para aventuras. Em sua 1º edição a Gazeta mostra notícias sobre a recém-descoberta dos reinos de Moreania, uma recompensa pela cabeça de Savanna, os horrores da Tormenta, armas atrozes, Centauros de duas pernas... E muito mais!

Adaptação: Mostra os irmãos Elric (de Full Metal Alchemist) e tem uma adaptação que apresenta uma nova classe básica: O Alquimista juntamente com novas magias.

Dragon's Bride:  Koi, nosso herói de poucas palavras (na verdade, nenhuma palavra) sempre auxiliado de sua grande amiga Coridora (certooo, não tão amiga assim). Ele procura um meio de consertar sua espada e acaba por enfrentar um enorme golem

Encontros Aleatórios: Na seção de cartas, relações entre Moreania e A Ilha do Doutor Moreau, jogador "experiente" de D&D, sugestões para adicionar à revista "Barraquinha do Orc" e RPG Eletrônico e o Grimório de Jade mostrando como um Mago Meio Orc é bom para realizar mágicas.

Laboratório do Dr. Careca: Discussão sobre dois temas: Preconceito contra a fusão Animes e RPG e o Encontro (inter)Nacional de RPG.

Review: Nas Resenhas, o Livro dos Níveis Épicos e RPGQuest.

Clássicos: O clássico dessa edição é a aventura Die Vecna Die! que passa em três mundos de D&D: Greyhawk, Ravenloft e Planescape, cujo grande objetivo é derrotar o vilão Vecna.

Sir Holland: A grande dificuldade de dar um presente à namorada, quem mandou não ter colaboração de um grupo?

Exploração - O Teatro de Dante: Um teatro abandonado com uma enorme cratera no meio do palco para aventuras de terror.

Deepgate - Legião Escarlate: Uma espécie de guia para a ilha que pode voar.

Adaptação - Onimusha: Adaptação das armas do game Onimusha, com destaque maior a ser dado a Oni Gauntlet e os benefícios da cor do traje do corvo.

Moreania - Deuses: Apesar de ter sido anunciada como uma matéria sobre Deuses Menores, há também os Deuses Maiores, ampliando o que foi publicado na DS#01. Os Deuses Maiores são A Dama Altiva (Deusa da Natureza) e O Indomável (Deus dos Monstros). Os menores são Barão Samoieda (Deus da Morte), Tamagrah (A Ilha Viva), Champarr (Deus dos Jogos), Sorinda (Deusa dos Piratas), Lamsthu (Rainha dos Massacres), Gojan (Deus dos Bardos e Viajantes) e Holleen (Príncipe da Mentira). Em D&D eles possuem Domínios e em Primeira Aventura eles possuem Poder Concedido.

Aventura - A Ilha Sem Norte: O tema dessa aventura para Ação!!! ou D20 Modern (Para 4 a 6 personagens de 1o. a 3o. nível) é a formação de uma nova ilha ao norte da Austrália. Na verdade, as únicas fichas que possuem é do capitão do navio e dos seres que afetam a ilha.

Chobits - Persocon: Aqui Persocons e NotePersocons é apresentado como Raça para Ação!!! ou D20 Modern. Há também os Talentos Aparência Humana Aprimorada e Firewall.

Chefe de Fase - Vassaghus - O Errante: O grande rival da deusa Tenebra (Tormenta) é um lich que está a procura de um meio de derrotá-la.

Primeira Aventura - Raças: 9 Raças (Até que enfim!) para personagens de Primeira Aventura, 7 vindas de Dungeons & Dragons (Humanos, Anões, Elfos, Gnomos, Halflings, Meio-Elfos e Meio-Orcs) e 3 vindas de Tormenta D20 (Goblins, Minotauros e Sprites).

Observadores: Regras para a criação de personagens Observadores (também conhecidos como Beholders na versão oficial, como não é um monstro licença aberta, teve de usar outro). Há regras para criação de Observadores mais ou menos como um Modelo, seguindo passos, podendo ser somado a algumas variações e mutações. Há também o Modelos Criatura Ocular, para encher de olhos uma criatura e a Classe de Prestígio Servo do Grande Olho, uma sociedade secreta governada por um enorme Observador. Como destaque essa matéria (e a capa) possui uma ilustração que seria usada na versão nacional d'O Guia Completo dos Beholders que seria lançado pela Mantícora, que agora não mais sairá, ao menos não por essa editora. 

Dragon's Bride - Lugar na Matilha: Na terceira parte temos o Koi conhecendo a irmã de Dafnia, Tuna e o amor entre Dafnia e Lorde Betta.

Encontros Aleatórios: Nesta edição, perguntas e explicações sobre as linhas Ação!!! e Primeira Avenrura, sobre a Arena Central e sobre Moreania e Tormenta, além dos votos de suscesso de leitores e de um famoso ilustrador de RPG brasileiro.

Laboratório do Dr. Careca: JM Trevisan fala de seu odio por montros burros e sobre como um RPGista deve se preparar para um encontro...

Review: Nesta edição temos as Resenhas de: The Word's Largest Dungeon, The Complete Book of Eldritch Might, Warcraft RPG.

Sir Holland, o Bravo: Na estréia dessa tira cômica, um menestrel causa problemas com suas rimas...

Clássicos: Dark Sun e seu mundo desertico e selvagem é o tema desse mês da seção clássicos.

Regras Opcionais: Tradução das Regras de Sanidade para campanhas de horror ao estilo Call of Cthulhu. E também uma materia sobre Maestria em Armas, trazendo novas maneiras de se usar uma arma.

Exploração: O Grande Carvalho, um refúgio de Driades.

 Ilha do Leitor: Santira, a ex-ladra aventureira que fundou DeepGate, e seus segredos a muito guardados...

Artes Marciais: Novos talentos para monges e artistas marciais em Moreania (mas que podem ser usados sem maiores adaptações em qualquer mundo).

Arena Central: A segunda e ultima parte do modulo básico do sistema Daemon.

Chefe de Fase: O Exercito do Brilho Divino, um fogo fátuo mostra como nem tudo que brilha é bom...

Nova Raça: Minauros, os meio-minotauros de Arton, e um novo talento para pessoas de ossos grandes...

Primeira Aventura: Uma introdução para a campanha Reliquias de Brachian: O Forte do Leão.

Dragon's Bride: Koi tenta evitar, mas acontece o primeiro confronto com o temivel Lorde Betta, assim como o primeiro encontro entre Koi e Dafnia.

 

Encontros Aleatórios:  Na primeira edição da revista, temos votos de boa sorte, e também um esclarecimento sobre o foco da revista em d20. Além da estreia da tira Grimório de Jade, com um mercenário bem mercenário...

Laboratório do Dr. Careca:  JM Trevisan fala sobre como começou a jogar RPG e faz um pedido para que jogadores antigos voltem as mesas de jogo.

Review: Nas Resenhas temos o Complete Adventurer, um suplemente para as classes menos combativas de D&D, o The Book of Iron Might, com regras não-oficiais sobre manobras de combate escritas por Monte Cook, e o Libris Mortis, suplemento de D&D para mortos-vivos.

Clássicos:  Traz o review da aventura Dead Gods, onde os jogadores tem de deter um lorde abissal com o poder de matar deuses!

Exploração:  Traz a Prisão  de Shaklechain, uma prisão que funciona como mina de metais preciosos, com mão-de-obra 100% de escravos.

Ilha do Leitor:  DeepGate, uma ilha para ser desenvolvida pelos leitores!!!

Classe de Prestígio:  O Matador de Dragões, um heroi que com a simples presença pode encher de medo criaturas ancestrais e poderosas!

Reinos de Moreania: Apresentação do cenario oficial da Dragon Slayer, o continente/ilha de Moreania é habitada por humanos descendentes dos doze animais misticos, alguns ainda com caracteristicas desses animais. Moreania fica no mesmo mundo de Arton, sendo que começou a travar contato com o "Novo Mundo" a apenas dois anos.

Nova Raça:  Apresenta as medusas de Arton, com detalhes de sua personalidade e até reprodução. Está coluna também apresenta novos Talentos envolvendo as medusas.

Chefe de Fase: Traz um limo especialmente mais perigoso que o normal...

Arena Central: Um encarte traz a primeira parte do modulo basico do sistema Daemon.

Adaptação: A Camera Obscura, um artefato  que pode destruir seres sobrenaturais, indicado para campanhas de horror.

Primeira Aventura: Um artigo fala sobre o novo livro, Primeira Aventura, e depois uma materia traz regras para druidas e rangers no jogo, com novas magias, criaturas, talentos e pericias. (Nota: novos para os jogadores de 1ª Aventura, jogadores de D&D vão reconhece-los de longe)

Envagelion d20: Uma adaptação do anime Neon Genesis Evangelion para Ação!!!

Dragon's Bride:  Koi salva dois irmãos, clerigos da Dama Altiva e do Indomável, ganhando (ou melhor dizendo, tomando) algumas boas (ou nem tanto) recompensas por isso. Também temos o aparecimento de Coradora e de um estranho humano que flutua sobre as aguas do rio...