Objetivo editorial

              Publicada exclusivamente online no molde Open Access Journal, a Revista eletrônica da Medicina UEM é produzida bimestralmente em Língua Portuguesa. Formatada pelo Departamento de Medicina da UEM,  a Revista eletrônica da Medicina UEM destina-se à veiculação de Artigos Originais (experimental clássico), Revisões Literárias, Relatos de Caso Clínico, além de anais de evento, Trabalhos de Conclusão de Curso dos alunos de Medicina da UEM e outros gêneros textuais especialmente escritos para o veículo.  

 

            PÚBLICO ALVO: discentes da graduação em cursos relacionados à área da Saúde e Biológicas e/ou campos afins, com enfoque naqueles estudantes do curso de Medicina, residentes e médicos em geral, além de pesquisadores e docentes da esfera citada.

 

        FORMAS DE PUBLICAÇÃO: as instruções para os autores interessados em publicar na Revista seguem o estilo Vancouver, em consonância com o International Committee of Medical Journal Editors. As tipologias textuais a serem veiculadas na Revista são:

 

Artigos Originais (Experimental Clássico): incluem estudos observacionais, trabalhos controlados e randomizados, como também pesquisa básica. Os Artigos Originais deverão conter, obrigatoriamente: título, identificação do(s) autor(es) e autor de correspondência, resumo, palavras-chave, abstract, keywords, introdução, material e métodos, resultado e discussão, conclusão, agradecimentos (se houver), financiamento (se houver) e referências bibliográficas (estilo Vancouver);

 

Artigos de Revisão Literária: apanhado ordenado da literatura em relação a um certo tema de importância clínica, escrito de forma crítica e sistemática. Nos Artigos de Revisão, necessariamente, precisarão constar: título, identificação do(s) autor(es) e autor de correspondência, resumo, palavras-chave, abstract, keywords, introdução, material e métodos (em que deve-se expor, principalmente, os critérios utilizados para a seleção da literatura utilizada), discussão (sob a forma textual ou ilustrada com gráficos, figuras ou tabelas), conclusão, agradecimentos (se houver), financiamento (se houver) e referências bibliográficas;

 

Relatos de Casos Clínicos: apesar de não serem considerados uma fonte científica de alto nível de evidência, são uma importante fonte de informação, os quais podem fornecer subsídios para o melhor tratamento dos pacientes em determinadas situações, como para a elucidação de patologias encontradas na clínica através da divulgação destas. A publicação de um caso é pertinente quando se referir a uma doença rara, tratamento pioneiro, questionamento bioético ou possuir um resultado inusitado. O Relato de Caso Clínico deverá conter: título, identificação do(s) autor(es) e autor de correspondência, resumo, palavras-chave, abstract, keywords, introdução, relato do caso, discussão, conclusão, agradecimentos (se houver), financiamento (se houver) e referências bibliográficas;

 

Anais de Eventos: síntese da literatura científica produzida e apresentada exclusivamente para um determinado evento. Serão veiculados sob a forma de resumo (até 300 palavras ou expandido, dependendo da disponibilidade de espaço da Revista na época da publicação), segundo as especificações de tópicos determinadas pelo evento em que os mesmos participaram;

 

Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs): utilizados na avaliação final do discente, são focados em determinada área de interesse do aluno. Serão publicados integralmente ou sob a forma de resumos (expandidos ou não), submetendo-se às condições de espaço vigentes na época de sua publicação no veículo.

         Quaisquer objeções não especificadas aqui serão decididas pela equipe de editoração da Revista eletrônica da Medicina  UEM, sendo sua decisão final e irrevogável.

Em caso de dúvidas, críticas ou sugestões, entre em contato pelo e-mail: revistameduem@gmail.com
A/C. Prof. Me. Edson Roberto Miguel Arpini - Editor-Chefe do periódico Revista Eletrônica da Medicina UEM.