Intérfase e Mitose

Intérfase

  

Uma célula não está permanentemente em mitose, isto é, não está sempre se dividindo. A maior parte da vida da célula é representada pelo período entre divisão celular e outra, conhecido por intérfase.

O ciclo celular se divide em: intérfase e mitose. Uma célula eucariótica em intérfase deixa ver claramente o citoplasma e o núcleo. Durante a intérfase, a célula encontra-se em seu momento de maior atividade metabólica, podendo ser divido em três fases, sendo elas:

  • G1 ou Gap 1 – onde não há atividade relacionada com o processo de divisão;
  • S ou Síntese – período no qual ocorre a duplicação ou replicação do material genético (DNA), onde este faz uma cópia idêntica de si mesmo, sendo fundamental para a divisão celular;
  • G2 ou Gap 2 – nesta fase, a síntese de DNA já finalizou, sendo a fase que antecede a mitose
        Desta forma, quando a célula inicia a divisão mitótica, já ocorreu à duplicação dos cromossomos durante a intérfase
 
 Representação da duração do processo de divisão celular, onde se observa que a intérfase é período mais longo deste processo, pois corresponde ao tempo de síntese de DNA
 
Fonte: http://bgesf0910.blogspot.com
 
 

Intérfase

 
 

Mitose

 

Processo pelo qual as células se dividem, produzindo, cada uma, duas células idênticas à original. A reprodução de células-filhas iguais à original tem como finalidade repor as células mortas no organismo, ou possibilitar o aumento do número delas nos processos de crescimento.

 

A mitose é dividida em:

       
    1- Profase

       No núcleo da célula, os cromossomos condensam-se e passam a ser cada vez mais curtos e grossos. No citoplasma, massa fluida dentro da célula na qual o núcleo está mergulhado, os dois centríolos (organóides que se localizam junto ao núcleo e respondem pelo movimento dentro das células) se duplicam e começam a migrar em direções opostas.
            A membrana nuclear rompe-se e os cromossomos espalham-se pela célula. Estes irão se prender no conjunto de fibras, cujas extremidades terminam próximas aos centríolos, agora já localizados em pólos opostos na célula.

 

Fonte: www.moblog.whmsoft.net  

  
2- Metáfase
 
      O conjunto de fibras, denominado fuso acromático, forma uma "ponte" entre os dois centríolos, que estão localizados nas extremidades da célula. As cromátides permanecem no meio da célula.
 

Fonte: www.moblog.whmsoft.net

 
3- Anáfase
 
        Os centrômeros rompem-se, os pares de cromossomos separam-se em lotes idênticos e são puxados para os pólos opostos da célula na direção dos centríolos, indo constituir o núcleo das células-filhas.
 

 Fonte: www.moblog.whmsoft.net

 

4- Telófase
 
        Os cromossomos de cada pólo entrelaçam-se, de modo que não se pode mais distingui-los separadamente, até ficarem invisíveis e serem envolvidos dentro de um novo núcleo. As fibras do fuso desaparecem e a célula começa então a se dividir, dando origem a duas células independentes.

 

Fonte: www.moblog.whmsoft.net

 

 

Mitose

 

Para entender melhor:

 

 

http://www.johnkyrk.com/mitosis.html

 

Subpáginas (1): Material de apoio
Comments