FONTE DE CONSULTA

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Mestre Jou, 1970.

AGOSTINHO, Santo. Sobre a Potencialidade da Alma (De Quantitate Animae). Tradução de Aloysio Jansen de Faria. 2.ed., Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2005.

ÁVILA, F. B. de S.J. Pequena Enciclopédia de Moral e Civismo. Rio de Janeiro: M.E.C., 1967.

ÁVILA, Fernando Bastos de, SJ. Pequena Enciclopédia de Doutrina Social da Igreja. São Paulo: Loyola, 1993.

AZEVEDO, A. C. Dicionário de Nomes, Termos e Conceitos Históricos. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1990.

AZEVEDO, Antonio Carlos do Amaral. Dicionário Histórico de Religiões. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

BIRCHAL, Telma de Souza. Pascal e a Condição Humana. In: FIGUEIREDO, Vinicius (org.). Filósofos na Sala de Aula. São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2007, vol. 2, pág. 80.

BIROU, A. Dicionário de Ciências Sociais. 5. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1982.

BLACKBURN, Simon. Dicionário Oxford de Filosofia. Consultoria da edição brasileira, Danilo Marcondes. Tradução de Desidério Murcho ... et al. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

BLANCHÉ, R. História da Lógica de Aristóteles a Bertrand Russel. Lisboa: Edições 70, 1985)

BOBBIO, N. et al. Dicionário de Política. 2. ed. Brasília: UNB, 1986.

BORN, A. Van Den (Organizador). Dicionário Enciclopédico da Bíblia. Rio de Janeiro: Vozes, 1970.

BRAGA, M. (e outros). Breve História da Ciência Moderna. 3. ed., Rio de Janeiro: Zahar, 2008. (Volume 1 Convergência de Saberes)

BRETON, Philippe. Elogio da Palavra. Tradução de Nicolas Nyimi Campanário. São Paulo: Loyola, 2006.

BRUGGER, W. Dicionário de Filosofia. 3. ed. São Paulo: EPU, 1977.

BRUNEL, Pierre (Org.). Dicionário de Mitos Literários. Tradução de Carlos Sussekind e al. 2. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1998.

BUNGE, M. Dicionário de Filosofia. Tradução de Gita K. Guinsburg. São Paulo: Perspectivas, 2002. (Coleção Big Bang)

CASTANHO, C. A. Dicionário Universal das Idéias. São Paulo, Meca, s. d. p.

CHAPLIN, J. P. Dicionário de Psicologia. Lisboa, Dom Quixote, 1981.

CHÂTELET, F. et al. Doutrina de Obras Políticas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1993.

CHEVALIER, J., GHEERBRANT, A. Dicionário de Símbolos (mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números). 12. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1998.

CIRNE-LIMA, C. Dialética para Principiantes. 2.ed., Porto Alegre: Edipucrs, 1979

COMTE-SPONVILLE, André. Dicionário Filosófico. Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

CUNHA, Antônio Geraldo. Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.

CURSIO, Michele. A Parapsicologia de A a Z: Os Poderes Inacreditáveis da Ciência Secreta. Tradução de Luiz Roberto Seabra Malta e Margareth Fiorini. São Paulo: Rideel, 1993. (Coleção Novo Milênio)

CUVILLIER, A. Pequeno Vocabulário da Língua Filosófica. São Paulo: Nacional, 1961.

Dicionário de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, FGV, 1986.

DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO ILUSTRADO LAROUSSE. São Paulo: Larousse, 2007.

DIETRICH, Georg e WALTER, Hellmuth. Vocabulário Fundamental de Psicologia. São Paulo; Edições 70, 1978.

DODSON, Samuel. O Universo do Poder Mental. Tradução de Luzia Machado da Costa. Rio de Janeiro: Record, s.d.p.

DRURY, Nevil. Dicionário de Magia e Esoterismo. Mais de 3 000 Verbetes sobre Tradições Místicas e Ocultas. Tradução Denise de C. Rocha Delela. São Paulo: Pensamento-Cultrix, 2002.

DUROZOI, G. e ROUSSEL, A. Dicionário de Filosofia. Tradução de Marina Appenzeller. Campinas, SP: Papirus, 1993.

EDIPE - ENCICLOPÉDIA DIDÁTICA DE INFORMAÇÃO E PESQUISA EDUCACIONAL. 3. ed. São Paulo: Iracema, 1987.

ENCICLOPÉDIA BARSA. Rio de Janeiro/São Paulo: Encyclopaedia Britannica, 1993.

ENCICLOPÉDIA BRASILEIRA MÉRITO.

ENCICLOPÉDIA BRITÂNICA BRASILEIRA. Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa.

ENCICLOPÉDIA COMBI VISUAL. Barcelona: Ediciones Danae, 1974.

ENCICLOPÉDIA LUSO-BRASILEIRA DE CULTURA. Lisboa: Verbo, [s. d. p.]

ENCICLOPÉDIA MIRADOR INTERNACIONAL. São Paulo: Encyclopaedia Britannica, 1987.

EQUIPE DA FEB. O Espiritismo de A a Z. Rio de Janeiro: FEB, 1995.

FERREIRA, A. B. de H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, [s. d. p.].

FIGUEIREDO. Vinicius de (Org.). Filósofos na Sala de Aula. São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 2007. (Vol. II)

GAUQUELIN, M., GAUQUELIN, F. Dicionário de Psicologia. Lisboa/São Paulo: Verbo, 1987.

GIL, F. (Editor). Enciclopedia Einaudi. Lisboa: Imprensa Nacional, 1985-1991.

Grande Dicionário Larousse Cultural da Língua Portuguesa. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

GRANDE ENCICLOPÉDIA PORTUGUESA E BRASILEIRA. Lisboa/Rio de Janeiro: Editorial Enciclopédia, [s.d. p.].

HINNELLS, John R. (Org.). Dicionário das Religiões. Tradução de Octavio Mendes Cajado. São Paulo: Cultrix, 1995.

IDÍGORAS, J. L. Vocabulário Teológico para a América Latina. São Paulo: Paulinas, 1983.

JAPIASSU, Hilton e MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. 3.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1996.

JERPHAGNON, L. Dicionário das Grandes Filosofias. Lisboa: Edições 70, 1982.

KANT, Emanuel. Respuesta a la Pregunta: Qué es la Ilustración?. In: AA. VV. Qué es Ilustración?. Madrid; Tecnos, 1988, p. 9.

LALANDE, A. Vocabulário Técnico e Crítico de Filosofia. Tradução por Fátima Sá Correia et al. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

LEBRET, L.J. Manifesto por uma Civilização Solidária. 4.ed., São Paulo: Duas Cidades, 1963.

LEGRAND, G. Dicionário de Filosofia. Tradução por Armindo José Rodrigues e João Gama. Lisboa: Edições 70, 1986.

LEON-DUFOUR, X. et al. Vocabulário de Teologia Bíblica. Rio de Janeiro: Vozes, 1972.

LOGOS – ENCICLOPÉDIA LUSO-BRASILEIRA DE FILOSOFIA. Rio de Janeiro: Verbo, 1990.

LORENZ, Francisco Valdomiro. Lições Práticas de Ocultismo Utilitário. São Paulo: Editora Professor Francisco Valdomiro Lorenz, 1991.

LURKER, Manfred. Dicionário de Simbologia. Tradução Mário Krauss e Vera Barkow. 2. ed., São Paulo: Martins Fontes, 2003.

MACKENZIE, J. L. (S. J.). Dicionário Bíblico. São Paulo: Paulinas, 1984.

MOISÉS, Massaud. Dicionário de Termos Literários. 5. ed. São Paulo: Cultrix, 1979.

NOVA ENCICLOPÉDIA ILUSTRADA FOLHA. São Paulo: Folha, 1996.

OLIVEIRA, Ana Tereza Pinto de. Minimanual Compacto de Redação e Estilo: Teoria e prática. São Paulo: Rideel, 1999.

OUTHWAITE. W. e BOTTOMORE, T. Dicionário do Pensamento Social do Século XX. Rio de Janeiro, Zahar, 1996.

PIRES, J. H. Mediunidade (Vida e Comunicação) - Conceituação, da Mediunidade e Análise Geral dos seus Problemas Atuais . 5. ed., São Paulo, Edicel, 1984.

POLIS - ENCICLOPÉDIA VERBO DA SOCIEDADE E DO ESTADO. São Paulo: Verbo, 1986.

RAEPER, W. e SMITH, L. Introdução ao Estudo das Idéias: Religião e Filosofia no Presente e no Passado. Tradução de Adail Ubirajara Sobral. São Paulo: Loyola, 1997.

REZENDE, A. (Org.). Curso de Filosofia: para Professores e Alunos dos Cursos de Segundo Grau e de Graduação. 6. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1996. 

ROSENTHAL, M. e IUDIN, P. Pequeno Dicionário Filosófico. São Paulo: Exposição do Livro, s.d.p.

SANTOS, M. F. dos. Dicionário de Filosofia e Ciências Culturais. 3. ed. São Paulo: Matese, 1965.

SANTOS, M. F. dos. Filosofia e Cosmovisão (Introdução à Filosofia e Visão Geral de Mundo). 2. ed., São Paulo, Logos, 1955.

SANTOS, T. M. Manual de Filosofia - Introdução à Filosofia Geral - História da Filosofia - Dicionário de Filosofia. 10. ed. São Paulo: Nacional, 1958.

SCHLESINGER, Dr. Hugo e PORTO, Humberto (Pe). As Religiões Ontem e Hoje. São Paulo: Paulinas, 1982.

SILVA, B. (Org.) Dicionário de Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1986.

TEMÁTICA BARSA. Rio de Janeiro, Barsa Planeta, 2005.

THAN, Malba. Numerologia. 2. ed., Rio de Janeiro: CEA, 1971.

THINES, G., LEMPEREUR, A. Dicionário Geral das Ciências Humanas. Lisboa: Edições 70, 1984.

www.tiosam.com/enciclopedia

XAVIER, F. C. No Mundo Maior, pelo Espírito André Luiz. 7. ed., Rio de Janeiro, FEB, 1977.

Visite o site do Clube de Autores
e folheie o livro Leis Divinas ou Naturais,
por Sérgio Biagi Gregório

Aprenda Online: Relação de Cursos 24 Horas



Comments