CIE-01

CIE-01: A evolução é apenas uma teoria

Alegação:
A teoria da evolução NUNCA poderá passar de uma mera teoria.
Resposta:

Esta alegação é fruto do desconhecimento do público leigo do uso que os cientistas fazem da palavra "teoria". O uso do dia-a-dia desta palavra pode ser definido em termos científicos como uma hipótese - "Eu tenho uma teoria sobre o porquê de o meu chefe não gostar de mim..." Em termos científicos, isto seria uma hipótese, passível de teste ou não. Uma teoria científica é o grau máximo de comprovação de uma hipótese. É o ponto culminante do metódo científico. Ela reúne e agrega uma série de observações, testes, previsões, predições, inferências que descrevem, explicam e levantam novos questionamentos a respeito do assunto da própria teoria.

Da mesma forma que a Teoria da Relatividade, a Teoria da Gravitação Universal, a Teoria Celular e a Teoria Atômica, a Teoria da Evolução das Espécies é cientificamente aceita por apresentar um forte corpo de evidências científicas.

 E a Teoria da Evolução já foi comprovada e o é diariamente, tanto em campo quanto em laboratório. É de grande utilidade em áreas como epidemiologia, controle de pragas, pesquisas medicinais, entre outros (Bull and Wichman 2001; Eisen and Wu 2002; Searls 2003).

Outra confusão é entre teoria e fato. Teoria não é fato, mas sim composta por fatos. Dizemos que a evolução é um fato, e que a teoria da evolução explica o fato.

Se "apenas uma teoria" fosse objeção a alguma coisa, criacionistas também deveriam ser "antigravitacionistas", "antiatomistas" e "antirelativistas", além de ignorar os avanços científicos que usamos todos os dias, que se apóiam em teorias científicas, como a Teoria da Cinética dos Gases, que descreve, por exemplo, porque é possível voar de avião.

 Todas as teorias são passíveis de adaptação e, inerente a elas, repousam fatos e fenômenos ainda não totalmente compreendidos. Até a teoria gravitacional apresenta grandes desafios (Milgrom 2002), mas mesmo assim o fenômeno da gravidade, assim como a evolução, continua sendo um fato, corroborado por um grande corpo de evidências e verificado constantemente através de testes e estudos.

Comments