PÁGINA INICIAL

Este site é um trabalho voluntário de Claudia Marcelino, mãe de Mauricio Marcelino, portador de autismo.

  
 
         Tudo o que você gostaria de saber e precisa saber sobre autismo.

 AUTISMO EM FOCO: "Informando, educando, conscientizando e divulgando o autismo".


 


 

Este quebra-cabeça representa o mistério e complexidade do autismo.

As diferentes cores e formas representam a diversidade das pessoas e das famílias convivendo com a desordem.

O brilho do símbolo é o sinal da ESPERANÇA através de novas pesquisas e conhecimento para pessoas como eu e você! 



Pesquisa divulgada nos EUA em 2010 pelo CDC aponta:

1 em cada 110 crianças é autista aos 8 anos de idade.



www.cdc.gov/features/coutingautism/



O que é o AUTISMO?

Autismo é uma complexa desordem neurobiológica que tipicamente dura a vida inteira ( tipicamente porque tem sido relatados casos com tratamentos intensivos em que algumas crianças conseguiram sair do espectro). É parte de um grupo de desordens conhecido como Desordens do Espectro Autista. As outras quatro desordens do espectro são: a Síndrome de Asperger, a Síndrome de Rett (conforme novas informações do VII Congresso Brasileiro de Autismo, esta síndrome já está sendo retirada do espectro por apresentar características muito próprias), a Desordem Invasiva do Desenvolvimento e a Disordem Desintegrativa da Infância. O Autismo acontece em todas as raças, etnias e grupos sociais e é quatro vezes mais comum em meninos do que meninas. Hoje, 1 em cada 166 indivíduos é diagnosticado com autismo nos EUA, tornando essa desordem mais comum do que o câncer infantil, a diabetes e a AIDS reunidos.

Embora não se conheça ao certo as origens, sabe-se que a predisposição genética aliada a fatores ambientais, é o gatilho para o aparecimento dos sintomas.

Os sintomas podem variar dos muito leves aos muito severos com comprometimentos na socialização, comunicação e imaginação (interesses), desde o retardo mental severo à inteligência normal com habilidades muito acima do normal em algumas áreas.

Os distúrbios na área da sociabilidade incluem prejuízos nos comportamentos não verbais, na interação social (ausência ou diminuição do contato ocular, gestos, expressões faciais e sinais convencionais expressivos de desejo ou emoções), impossibilidade de desenvolvimento de relações sociais apropriadas especialmente com indivíduos da mesma idade, inabilidade em compartilhar interesses e satisfação com os outros e falha na reciprocidade social emocional.

Na área da comunicação os prejuízos incluem atraso ou ausência da fala e inadequação da linguagem. Crianças autistas podem verbalizar, mas não utilizar a fala para se comunicar. A ecolalia, istoé, repetição imediata ou tardia de sons e discursos ouvidos, é uma manifestação muito comum, assim como a utilização de frases de músicas ou comerciais utilizadas no contexto exato para se comunicar. Nos indivíduos verbais falta a habilidade de iniciar ou manter uma conversa. Com frequência a linguagem apresenta-se repetitiva e esteriotipada. As brincadeiras imaginativas e atividades sociais são restritivas ou até mesmo ausentes.

Na categoria interesses e atividades, tem-se um comportamento esteriotipado, incluindo rituais, rotinas não funcionais, maneirismos motores (dedos/mãos, "flapping" ou movimentos com o corpo) e preocupações com partes dos objetos (rodinhas, mecanismos, olhos de boneca).

 
 
 
Comments