Espírito de Porco ganha Mostra de Cinema pelos Direitos dos Animais

 
Espírito de Porco, documentário dirigido por Chico Faganello e Dauro Veras, foi eleito pelo júri popular o melhor filme da 1a. Mostra Internacional de Cinema pelos Direitos dos Animais, realizada nos dias 29 e 30 de agosto em Curitiba. 
 
O média-metragem de 52 minutos aborda o impacto da suinocultura industrial no meio ambiente e no bem-estar animal a partir de um ponto de vista inusitado: a história é narrada por um porco. “Ficamos honrados com a preferência do público e satisfeitos de contribuir para o debate de questões tão importantes”, diz Dauro Veras. Ele compartilha o prêmio – a estatueta Oscow, criada pelo artista plástico Carlos Tullio – com a equipe de 20 pessoas que produziu o filme ao longo de três anos, do início das pesquisas até sua finalização em 2009. “Constatamos que o porco dialoga com todo tipo de público através da ironia e da analogia com o ser humano”, comenta o cineasta Chico Faganello.

Menções honrosas

Entre os participantes nacionais, recebeu menção honrosa na Mostra Animal o documentário cearense Atave – Avicultura Escancarada, dirigido por Guilherme Carvalho, que mostra a crueldade na indústria da carne. Também ganhou menção honrosa o documentário holandês Uma verdade mais que inconveniente (Meat the Truth), apresentado pela líder do Partido pelos Animais, Marianne Thieme, e produzido pela Nicolaas G. Pierson Foundation. O média-metragem demonstra que a pecuária gera mais emissões de gases do efeito estufa do que todos os meios de transporte.

A Mostra Animal surgiu por iniciativa da Sociedade Vegetariana Brasileira em Curitiba e deve se tornar parte do calendário cultural da capital paranaense. “Nossa intenção vai muito além de falar sobre vegetarianismo”, diz Bianca Dantas, empreendedora do projeto. “A proposta é debater os impactos da intervenção humana sobre o meio ambiente, possíveis soluções para a sustentabilidade e respeito aos seres vivos. O vegetarianismo é uma consequência dessa reflexão”.

Próximas mostras

Espírito de Porco foi produzido com um prêmio de R$ 60 mil do edital de apoio à produção da Cinemateca Catarinense / Fundação Catarinense de Cultura. Em junho foi selecionado entre 556 obras de 51 países para exibição no XI Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, realizado na cidade de Goiás (GO). Renato Turnes, que faz a voz do porco-protagonista, recentemente ganhou o prêmio de melhor ator na edição 2009 do FAM – Florianópolis Audiovisual Mercosul (com o filme Ângelo, o coveiro).

O filme estreou em julho em Seara (Oeste de SC), onde foi filmado em sua maior parte. No dia 26 de setembro, participa da 1ª. Mostra de Documentários de Chapecó e região (SC). Já tem participação confirmada na 7ª edição do Fest Cineamazônia, de 9 a 14 de novembro em Porto Velho, Rondônia. Os diretores estão trabalhando para exibi-lo em breve em Florianópolis e distribuí-lo em DVD até o fim do ano.

Mais informações (projeto, fotos, trailer etc.): www.faganello.com