Há Muita Àgua No Universo Infinito

 
 
 
 
 
 

 

** Cientistas Descobrem Àgua No Universo Infinito **
 
      A teoria diz que onde há água, há vida. Cientistas americanos descobriram
vestígio de água na atmosfera de um exoplaneta (termo usado para definir um
planeta fora do Sistema Solar) na constelação de Pégasus. A descoberta sugere
que a água pode ser mais comum do que se imagina no universo.
Cientistas americanos descobriram vestígios de água na atmosfera de um
exoplaneta, termo usado para definir um planeta situado fora do nosso Sistema
Solar, o que sugere que a água atmosférica pode ser relativamente comum no
universo.
Travis Barman, astrônomo do Lowell Observatory em Flagstaff, Arizona,
e Heather Knutson, estudante da Universidade Harvard, analisaram dados e
medições feitas com o Tescópio Espacial  Hubble e aplicaram novos modelos
teóricos para demonstrar a probabilidade de absorção de água na atmosfera do
planeta HD209458b.
O planeta está a 150 anos-luz da Terra, na constelação de Pégasus. Um ano-luz é
a distância que a luz percorre no vácuo em um ano e equivale a 9,454 trilhões de
quilômetros.
Os cientistas anteciparam durante anos que os chamados Esoplanetas
mostrariam indícios de água na atmosfera, inclusive aqueles que orbitam mais
perto de sua Estrela Central do que Mercúrio com relação ao Sol. Mas, segundo
os astrônomos, esta proximidade dificultou a detecção de água.
O HD209458b foi o primeiro exoplaneta em trânsito já descoberto, ou seja, o
primeiro a passar diante de um corpo muito maior, da posição vantajosa da Terra.
Também é o primeiro exoplaneta conhecido a ter atmosfera.
O pequeno planeta orbita sua estrela a cada três dias e meio e, a cada vez que
passa, os cientistas podem calcular o que há em sua atmosfera e como absorve a
luz da estrela.
Knutson se baseou na informação sobre o HD209458b tomada pelo
Telescópio Hubble e aplicou o novo modelo teórico de Barman, o que resultou na
identificação de absorção da água na atmosfera do planeta.
"É animador que as previsões teóricas de água em planetas fora do sistema solar
pareçam bater razoavelmente bem com as observações", disse Barman em um
comunicado divulgado no site do observatório.
"Sabemos agora que existe vapor d'água na atmosfera de um exoplaneta, o que
nos permite pensar que outros exoplanetas contêm igualmente vapor d'água em
sua atmosfera", acrescentou. 
A pesquisa teve o apoio do programa Origens do Sistema Solar, 
da agência espacial americana Nasa e espera-se que seja publicada no jornal 
"Astrophysical Journal".  (France Presse, em Washington - site UOL –FSP)
 
       Os astrônomos descobriram a maior e mais antiga massa de água já detectada no universo – uma nuvem gigantesca de 12 bilhões de anos, abrigando 140 trilhões de vezes mais água que todos os oceanos da Terra juntos. A nuvem de vapor de água circunda um buraco negro supermassivo, chamado de quasar, localizado a 12 Blhões de anos-luz da Terra. A descoberta mostra que a água tem sido predominante no universo durante toda a sua existência. De acordo com os pesquisadores, a luz vista foi emitida por este quasar há mais de 12 bilhões de anos. Isso significa que essa água existiu cerca de 1,6 bilhões de anos após o início do universo, empurrando a detecção da substância um bilhão de anos mais perto do Big Bang. Quasares são os objetos mais luminosos, poderosos e energéticos do universo. Eles são alimentados por enormes buracos negros que sugam o gás e poeira ao seu redor e expelem enormes quantidades de energia. O quasar estudado pela equipe abriga um buraco negro 20 bilhões de vezes mais massivo do que o sol, que produz tanta energia quanto um quatrilhão de sóis. O vapor de água no quasar é distribuído ao redor do buraco negro em uma região que abrange centenas de anos-luz. A nuvem tem uma temperatura de menos 53 graus Celsius e é 300 trilhões de vezes menos densa que a atmosfera da Terra. Isso parece frio e fino, mas significa que a nuvem é cinco vezes mais quente e de 10 a 100 vezes mais densa do que a maioria das encontradas em galáxias como a Via Láctea. Os astrônomos usaram dois telescópios diferentes, um no Havaí e um na Califórnia, para detectar e confirmar a existência do vapor de água em torno do quasar. Os cientistas acreditam que a água estava presente até mesmo no início do universo. Assim, encontrar uma nuvem com essa idade não é nenhuma surpresa. No entanto, o tamanho da nuvem deixou alguns em estado de choque. O quasar contém quatro mil vezes mais vapor d’água do que Via Láctea. Isso pode ser porque grande parte da água da nossa galáxia está em forma de gelo ao vez de vapor.  [LiveScience]
 Jesus É O Maior Mistério Do Universo!!!
Jesus É O Maior Mistério Da Existência!!!
Jesus É A Dádiva Maior Do "Altíssimo"!!!
Jesus É O Mensageiro da Luz De Yahweh!!!
Jesus É O Verbo O Supremo Poder Singular!!!
Jesus É A Palavra Bendita, A Ressurreição!!!
A Vida Eterna Bem Vinda O Amor!!!
Jesus É O Caminho, A Verdade E A Vida!!!
Por Ele E Para Ele Tudo Foi Criado!!!
E Foi Só Por Amor, Que "Ele" Nos Amou Primeiro!!!
Antes Mesmo de Tudo Vir A Existir!!!
E "Ele" Já Há Muito Nos Amava...
Éramos Seus Anjos  Nas Regiões Celestiais...
E Habitávamos Nas Moradas Do Altíssimo!!!
Nas Origens Da Luz E De Toda A Estrutura!!!
Onde Se Esconde "O Poder" "O Poder Triunfal"...
E Todos Os Mistérios Que Envolvem A Existência
 
 
 
@Copyright: mensageirosdoamormaioremCristoJesus@direitosautoraisreservados@
Comments