Tortura com voz intracraniana

O texto a seguir é um trecho do arquivo em anexo, e descreve a impressão de uma pessoa exposta a tecnologia de manipulação cerebral a distância. Maiores detalhes podem ser encontrado no arquivo em anexo.

O termo  utilizado é "Experiências Induzidas Remotamente que Imitam a Psicose".
(Alguém são sabe que não está maluco.)

"Essas Experiências Induzidas são utilizadas para separá-lo do mundo, inclusive mantê-lo contra a sua vontade em um
sanatório psiquiátrico ou forçar você a cometer suicídio. Esta forma muito comum de tortura (que aparentemente é utilizada entre 1 e 100 pessoas) é mascarada e acobertada como sendo "esquizofrenia" nos livros de ensino médicos atuais.
Os sintomas denominados são:  
  1. Molestamento pelos vizinhos.
  2. Um sentimento de se estar sendo controlado por forças externas (sensação de presença fantasma)  
  3. Vozes no cérebro que dizem ser ETs, Espíritos, Anjos, demônios, terroristas, etc.
 
 
 

A Equipe organiza uma caça às bruxas de seus inimigos inclusive através do molestamento burocrático e pela difamação da pessoa perseguida. Eles persuadem algum de seus vizinhos para o molestar, batendo no chão, pulando durante toda a madrugada, causando o stress na pessoa, preparando ciladas e sabotando a sua vida.

Infelizmente, há
muitos "difamadores" muito bem dispostos e que conspiram contra os assuntos ligados ao
efeito
Experiência Induzida.
 
A tecnologia é usada para aplicar a engenharia emocional (um método para induzir sentimentos envolve a utilização da assinatura das emoções previamente agrupadas e registradas e que são direcionadas contra a vitima escolhida por meio de um sistema de emissão de sons e ondas silenciosas conectadas com o cérebro da pessoa alvo
 da perseguição)
 
E é uma engenharia de blocos eletromagnéticos do cérebro, a excitação
elétrica do cérebro (ESB) e do corpo, "imitação de vozes dentro da cabeça", e ativação de áreas cerebrais criando tremulação, vertigens, mal estar.
 
A
Experiência Induzida é utilizada contra aqueles indivíduos que a equipe quer ver desacreditados, incapacitados (através do roubo da energia e das habilidades psíquicas da vitima) ou pela internação em sanatórios ou prisão.

Normalmente a vitima é levada a crer que enlouqueceu, mas freqüentemente as vitimas sabem muito bem o que está acontecendo mas parece agir de maneiras incomuns ou preocupantes diante das pessoas que por sua vez simulam ignorância a respeito da situação de perseguição sofrida e essas pessoas contribuem ainda mais para o estado de separação da vitima.

A equipe se utiliza desta tecnologia para torturar "aqueles que sabem das coisas

internas", e fazem chantagem para que eles se internem em sanatórios psiquiátricos. Eles o forçam a tomar os remédios prescritos para a doença que eles próprios estão fingindo ser uma doença psíquica (este tipo de tortura é diagnosticada como sendo uma psicose, e a telepatia sintética como sendo esquizofrenia, os roubos de dinheiro de sua conta bancaria ou de documentação de seguros ou de finanças etc. como paranóia, danos físicos, como sendo um episódio psicossomático.)


Este parágrafo se relaciona com aquelas pessoas que "caem vitimas disso" mas todas as técnicas mencionados podem ser usadas contras as pessoas mais informadas.
As manipulações psíquicas e tecnológicas são geralmente combinadas.

A maioria das
manipulações psíquicas são causadas por uma pessoa que direcionou o seu centro de consciência na sua direção.
 
As "clássicas vozes dentro da cabeça" são normalmente vozes sintéticas. Patentes dos E.U.A.
Patente número 3951134 de Malech, Robert G
Patente número 4,877,027 de Wayne Brunkan
Patente número 4,858,612 de Philip Stocktone.
Patente número 5,159,703 de Oliver Lowry
Patente número 2,995,633 de Joseph Lawrence
Patente número 3,170,993 de Henry Puharich
Colocá-lo num estado de transe altamente sugestivo aumentando a freqüência do aparelho causando assim o medo induzido, fazendo com que você tenha alucinações imaginativas, e aceleram o ritmo de seus batimentos cardíacos, enquanto ao mesmo tempo e tecnologicamente o induzem para a mania hiperativa, rompendo com a sua coordenação motora, enquanto ao mesmo tempo influenciam a sua mente de modo a alterar os seus pensamentos fazendo o
urinar e defecar. 
Deste modo imitam os ataques de pânico, ou então o influencia por um longo período de tempo para fazê-lo acreditar que você tem "esquizofrenia paranóica".
Às vezes,
o que se parece um episódio psicótico pode ser causado e fabricado por meio da engenharia emocional fazendo com que você se sinta frustrado ou perigosamente furioso a ponto de matar.

Também, suas ações serão dirigidas por produção de imagens mentais e por
"vozes" de modo a fazer-lhe destruir janelas ou fazer outras coisas do tipo "furiosas."

As tentativas de suicídio induzido (se você sobreviver a ele você poderá ser classificado como sendo um perigo para você mesmo e pode ser "separado", ou seja internado) e envolvem a engenharia emocional para causar a depressão etc., a excitação das glândulas lacrimais, a tortura psicológica e as manipulações psíquicas. Os Indivíduos experimento geralmente serão "separados".
 
 Você poderá sofrer sérios danos no
corpo ainda assim ser diagnosticado como sendo uma pessoa que sofre de alucinações enganosas se você falar a respeito disto. Se você tentar conseguir evidências médicas de seus danos, a enfermeira que faz o escaneamento cerebral se adiantará e irá mentir para você e provavelmente irá por registros médicos falsos no lugar.

Uma vez que decidem que você deve ser "separado" eles irão puxar os fios dentro da área médica. Os doutores de repente virão até a sua casa e você será manipulado diante desses médicos. Notificações legais para que você seja detido em um sanatório por até 6 meses (e isto pode ser repetido infinitamente) surgirão de repente em sua caixa de correios.

Se por um tempo eles tiverem de olho em você, eles se utilizarão da tecnologia para enviar um evento, que na realidade se manifestará em você, e cujo resultado eles esperam irá conduzi-lo ao seu encarceramento. Por exemplo se você é um individuo experimentado nessas Experiências Induzidas, aquelas pessoas que desconhecem a respeito dessas experiências acreditam que você é psicótico, ou que você esteja oficialmente classificado como
 psicótico.
 
Uma vez em que você seja posto num sanatório você terá a sua mente bloqueada, será torturado pelo regime de prisão e irá se degenerar por ser tratado como se houvesse algo de errado com você.
 
Você terá os seus direitos removidos porque você será
classificado como sendo incapaz de tomar decisões racionais.
Como resultado você irá experimentar problemas burocráticos e financeiros, e será provavelmente molestado pelos serviços psiquiátricos pelo resto de sua vida.

Você será forçado a consumir medicamentos antipsicóticos como parte do "tratamento" oficial de "esquizofrenia" e que legalmente incluem Olanzepine, Depixal, Risperidon e Closapine.

Estas pílulas, e injeções causam efeitos colaterais terríveis e
seriamente perigosos e roubam de você a inteligência, a sua consciência, a motivação, a sua imaginação, evitam um corpo saudável, roubam suas habilidades psíquicas, seus sentimentos, sua sensibilidade, seu senso de responsabilidade e sua personalidade."

Devido a proliferação no uso da tecnologia de voz intracraniana, a esquizofrenia está sendo revista, pois atualmente, nem todo mundo que ouve vozes é esquizofrênico.

Alguns médicos e psiquiatras ainda tendem a classificar  o indivíduo com algum tipo de
sindrome paranóica, ou de esquizofrenia paranoide, quando o que acontece é a exposição do indivíduo a tortura eletrônica e vozes intracraniana, com utilização da tecnologia de manipulação cerebral remota.

O desenvolvimento de tecnologias de identificação de V2K permite diferenciar esquizofrenia de voz intracraniana (V2K). Permite inclusive gravar as vozes enviadas ao cérebro do indiviuo alvo, e mapear sua origem.
Já existem exames de RMf que identificam a configuração cerebral que produz esquizofrenia. Se um sujeito ouve vozes mas seu diagnóstico para esquizofrenia é negativo, provavelmente são vozes intracranianas produzidas remotamente. De qualquer forma, nada impede que um indivíduo esquizofrenico seja também vítima de V2K.

Veja o texto de tortura com voz intracraniana
Comments