A Objetividade da Existência 


O caminho dado pela criação, para todas as humanidades com seus Corpos Planetários.

O Universo todo tem um objetivo muito nobre a se cumprir desde a menor de suas partículas até a maior.

Se trata de uma escala que chamaremos de escala revolucionária, originada na revolução voluntária individual, que cada célula é parte integrante da evolução unitotal de seu conjunto, dentro de uma ordem planetária, ou sistema Solar, também chamamos das Sete Ordens Cósmicas que são os planos paralelos, desde o microscópico até a imensidão cósmica infinita. É regido por uma única lei.

Citaremos exemplos claros da evolução planetária e de seu conjunto, nos 3 reinos, com mais a sua humanidade, que são os habitantes, partes integrantes, ou chamemos de células deste Corpo Planetário.

É preciso enfatizar que não falaremos em evidências subjetivas, ou probabilidades, possibilidades, ou na imprecisão dos dados científicos rudimentares, mas usaremos termos exatos, simples e perfeitos da dialética da consciência que existe muito antes dos habitantes da Terra existirem, comprovadas através de investigação consciente da inteligência humana, quando livre de agregados psíquicos (livre de ego) podendo assim comprovar por si mesma sem sombra de dúvidas nos planos superiores ou universos paralelos da natureza a veracidade das informações contidas neste documentário cientifico, que por este motivo se torna hiper avançado para o nível de desenvolvimento consciente desta humanidade da Terra; devido a capacidade intelectual estar tão degenerada, a assimilação dessas informações serão muito raras, quase nulas, ainda foi criado um contra-senso, ou tabu, de alguns equivocados, apoiados no ceticismo do ego ignorante, afirmando a improvabilidade das supra-dimensões da natureza, ou planos paralelos superiores e invisíveis, ou do mundo espiritual popularmente chamado; tratando-o como mera superstição, fanatismo de obcecadas crenças caóticas, religionísmos, seitas e etc., querendo separá-lo da ciência cósmica, colocando em segundo plano, perante a densidade deste aspecto meramente físico e grotesco, em outras palavras,o que é invisível passa a ser improvável no ceticismo desta ciência atual arcaica, rudimentar; que engatinha e já vai para a morte pré-matura por incapacidade consciente.

Ou seja, por ser uma ciência manipulada por seres de capacidade consciente abaixo dos 3% de consciência.

Seriam esses macacos uma analogia exata deste resultado da incapacidade preguiçosa de se desenvolver a própria consciência. Um retrato fiel dessa humanidade atual; por isso usamos essa ilustração dos chimpanzés, para mostrar claramente qual será o futuro de uma humanidade que rechaça o desenvolvimento psíquico nos Três Fatores de Revolução da Consciência.

Os Macacos descendem dos homens e não ao contrário; claramente demonstrado, justamente pelo fracasso como homem; por ter tido o livre arbitrio, mas rechaçar a liberdade, que está intimamente ligada ao esforço consciente na eliminação do seu lado animal, também chamado de ego.

Lamentavelmente o homem, ou melhor chamar de homúnculo? Optou pela degeneração no reino animal involutivo, perdendo a chance de auto realização, para mais tarde embarcar nos horrores da involução submersa, na morte segunda que diz a Bíblia verdadeira, àquelas que ainda não foram adulteradas pelo homem macaco atual.

1 - Todo planeta segue uma escala, “mas não automática” de evolução, onde esta evolução propriamente dita é dependente de sua humanidade. Ou sobe na escada revolucionária de Revolução da Consciência (Caminho Direto) ou irá baixar por essa escada para vergonha perpétua, descendo ao averno, ou conhecido de infernos atômicos do homem, para que a natureza se encarregue de eliminar o ego, que não foi capaz de fazer quando teve a chance.

2 - Nesta escala, quando um planeta, possua uma humanidade de pessoas "valentes contra si mesmos", que se superam seguidamente, irão escalar as revoluções nos planos: Do físico tridimensional denso evolucionará ao tetradimensional, ou plano etérico, do tetradimensional ao plano pentadimensional, aonde existem dois planos: Astral e Mental, do pentadimensional ao hexadimensional, ou plano causal, do causal ao heptadimensional se fundirão os corpos e os planos budhico ao Atmico, na auto realização.

Vemos abaixo um diagrama relacionando estes planos com a Ordem dos Sete Cosmos: 1º Protocosmos, 2º Ayocosmos, 3º Macrocosmos, 4º Deuterocosmos, 5º Mesocosmos, 6º Microcosmos (corpo Físico), e o 7º Tritocosmos (Infradimensões no interior planetário) é aonde involuirá o ego para liberação da essência; ou para retornarem fracassadas ao espírito universal de vida, ou para recomeçar outro ciclo evolutivo, partindo desde do reino mineral, ao vegetal, depois ao animal e por último retornará ao aspecto humanóide aonde terá novas chances de encontrar a senda da auto realização.

Os 7 cosmos

Número de Leis

Nome dado (região)

Corpo Correspondente

1º - Protocosmos

1 - Uma única Lei (AMOR)

Absoluto – Plano Atmico

Corpos de Luz– Atmico - Mônadas – Real Ser

2º - Ayocosmos

3 - leis

Plano Budhico

Budhico

3º - Macrocosmos

6 - leis

Plano ou Mundo Causal

Causal

4º - Deuterocosmos

12 - leis

Plano Mental

Mental

5º - Mesocosmos

24 - leis

Plano Astral

Astral

6º - Microcosmos

48 - leis

Plano Físico – Quarta Coordenada - mundo Etérico

Duplos Corpos: Físico e Vital

7º - Tritocosmos

De 96 à 864 leis

Infradimensões Planetárias – Abismo

Involução do ego em nove círculos infernais – Morte Segunda.

3 - Para que um planeta evolua nesta escala revolucionária, é necessário que sua humanidade também se revolucionem na mesma escala revolucionária do desenvolvimento da consciência.

4 - Quando um planeta vai subindo essas escalas vão acontecendo fusões atômicas e transformações na ordem molecular, ou seja, a matéria transcende a densidade, a matéria orgânica passa a se acentuar, ou a se desenvolver agora no plano tetradimensional, depois sofrerá outra fusão no Pentadimensional etc., etc., etc. E assim sucessivamente até atingir o heptadimensional onde o planeta entra em fusão total, ascende, se tornará juntamente com sua humanidade em um Sol Espiritual infinitamente sábio e divino.

5 - Como foi dito em nossa dissertação que a evolução planetária é dependente da revolução da consciência de sua humanidade, nos referimos aí que o homem terá o mesmo caminho em seus veículos, ou seja, o corpo humano não é apenas um corpo, é na verdade um conjunto de corpos que precisam também serem revolucionados, ou evoluírem; é de acordo com a evolução da maioria dos tripulantes de um corpo planetário que se vai ascendendo na escala evolutiva que é 100% revolucionária individual e intensiva, jamais poderia ser automática, mecânica ou etc.

6 - É dada a cada planeta 7 raças que compõem sua humanidade para ascender a um Sol, caso fracasse o Planeta será convertido em um cadáver, em uma Lua. A lua é um Planeta Fracassado, que suas 7 raças perderam lamentavelmente a chance de se auto realizar.

7 - Torna-se obvio para aquele que desenvolver a consciência que Jamais a ascensão planetária, ou individual pelo caminho direto, ou qualquer que seja a evolução relacionada ao Corpo Planetário, ou a uma Humanidade, poderia estar divorciado do Trabalho voluntário de superação interior individual de suas moléculas, ou células, humanidades que devem individualmente em sua grande maioria viverem continuamente o trabalho equilibrado com os Três Fatores de Revolução da Consciência.

Desde o Maior até o minúsculo é regido por uma única Lei.
Por: VM Raphael
Copyright ©2005
Consciência Ígnea.org