As Infradimensões

Toda a humanidade já são habitantes das infradimensões, rumo a morte segunda.         (Ilustrações: Gustave Doré)

    As Infradimensões é o tártaro, ou tritocosmos, dimensões inferiores, ou os chamados infernos atômicos, aonde serão desintegradas todas as formas mentais, agregados psíquicos, também conhecido por morte segunda, à todos os violentos contra a divindade, todos os hipócritas, maledicentes, avarentos, iracundos, luxuriosos,  gulosos, vaidosos, orgulhosos, e etc, que são pessoas que descartaram completamente o trabalho de superação interior, preferindo engordar esses defeitos psicológicos ou agregados psíquicos, que terão como conseqüência inevitável, a involução submersa na epiderme da Terra, se desintegrando de círculo em círculo, com imensos sofrimentos, até ser totalmente desintegrado o ego animal no último desses círculos infernais, que foi narrado e explicado na Obra Prima de Dante Aliguieri, a Divina Comédia, onde foi dado a cada um desses círculos a terminologia de CÍRCULOS DANTESCOS, por terem sido meticulosamente investigados em corpo astral pelo Mestre Dante Aliguieri, e comprovados pelo autor deste site,  dentre outros Mestres que também ampliaram este entendimento, narrando suas investigações conscientes ao tártaro, na necessidade única de entregar a verdade em compreensões exatas à todos,   investigando suas próprias  profundidades, 

para captar, compreender e eliminar as mais diversas formas animalescas, de agregados psíquicos que todos carregam dentro que compõem o ego, como fez o avatar da era de Aquário Samael Aun Weor. E cada qual que queira sinceramente trilhar o caminho dos espinhos, para que assim tenha por mérito, uma existência real, conquistando por direito sua própria liberdade, terá que baixar a esses infernos atômicos para investigar suas mais ínfimas debilidades, dentre inúmeros agregados. terá que se tornar um revolucionário de Si mesmo. Somente assim poderá atingir a perfeição na Maestria.  Na Bíblia encontramos algumas referências sobre o tártaro, ou infradimensões, no Salmo 23 por exemplo há a frase "Ainda que eu ande no vale das sombras e da morte não temerei mal algum" eis que caminhar no vale das sombras e da morte,  são essas investigações internas a si mesmo que será feita quando se tiver encarnado o íntimo, que todos aqueles que ousarem caminhar na trilha da liberdade terão que passar, com mesma força e coragem que diz os salmos 23 e 91.

 

    No Tártaro encontramos diversos tipos de religiosos, hanasmussens (demônios)  traidores da humanidade, fornicários de inúmeras seitas e igrejas que são abundantes na Terra, por traição aos Mestres, Avatares, ao Cristo, por traição ao semelhante; notamos com assombro que o caminho que baixa aos círculos, são cheios de pessoas se lamentando, outras, ferozes, num ódio terrível, outros equivocados sinceros, que desprezaram os Três Fatores, achando que sempre estão no caminho certo, não admitindo jamais que estão perdidas e fracassadas por traição as divindades, por tamanho adormecimento, inúmeras vezes os investigadores Mestres são atacados por criaturas que mantém os perdidos a seus caprichos, são demônios personificados que a cada traição ao semelhante vão adquirindo graus cada vez mais baixos de maldade,  os perdidos sempre se condicionam a conceitos do menor esforço, hipnotizados por esses esquerdos, mesmo tendo sofrimentos intensos, terríveis pesos na consciência, não se arrependem jamais, de seus condicionamentos, de suas tristes condições internas, vemos que muitos que ali estão, ainda que pareça

algo insólito, são pessoas que ainda não desencarnaram; e freqüentam os meios Cristãos, os estudos gnósticos, todas as escolas pseudo-esotéricas do mundo, que tentam estúpidamente emendar o ensinamento Cristão ao programa do anticristo, os vemos justificando conceitos, forjando novos conceitualismos de todos os tipos,  querendo relacionar os fenômenos do ensinamento,  a seus cacarejados conceitos do absurdo, de suas mal aproveitadas existências, querendo que o ensinamento se enquadre em seus torpes conceitos de vida, nas inúmeras evasivas calcadas no menor esforço, no comodismo de achar que poderá fazer a revolução da consciência buscando luxos, justificando prazeres, adultérios e fornicações, nas  inércias em preguiçosas poltronas do consumismo adultero, construíndo suas moradas no averno; traindo estupidamente os princípios Cristãos e ao próprio Real Ser. Assombradamente presenciamos tantos outros pseudo-ocultistas, adorando ao ego, personificando os três traidores chamando-os de Pai; não obstante, aqui no mundo físico os vemos aqui e acolá, muito preocupados com as aparências, em se parecerem, justos, caçando e perseguindo aos Cristãos verdadeiros, na falsa postura de obedientes e cumpridores do ensinamento, dotados de eus de falsidade terríveis, no conceitualismo, ceticismo, que adoram criar

nomenclaturas a fenômenos, vemos outros descreverem absurdamente a ação do Pai e Mãe  Interior, dizendo que assim ou assado não se eliminará o ego, ou que assim se mecaniza o trabalho e etc, evasivas de quem não pratica, nem nunca morrerá em si mesmo, são reacionários, em verdade vemos que o ego não os deixa praticar, continuam escravos do programa do anticristo, criticando estupidamente os que lutam tenazmente, chamando-os de loucos, vagabundos e etc, pois só conceituam objeções e evasivas covardes, nunca se lançam de joelhos ao chão suplicando ao Pai e Mãe, ajuda na dissolução de um só agregado, nem se ateriam ao novo, ao momento, nem muito menos romperiam suas rotinas do pseudo "bem estar" no consumismo devastador do programa do anticristo; em pouco tempo se descobre a verdade; que são fornicários; mesmo que façam grandes esforços por convencer aos incautos sobre sua retidão e benevolência, os vimos forjando falsos apontamentos personificados em conceitos vazios, defendendo fraudes de todos os tipos, atitudes totalmente contrárias ao ensinamento universal do Cristo, no resultado fatal dessa emenda fraudulenta, na manipulação  e adulteração da Bíblia e do ensinamento, sempre calcadas na arrecadação de dinheiro dos incautos, robustecendo apoios a eus de traição e maledicência, atribuindo inúmeros adjetivos ao próximo, por vezes com a língua secreta do pensamento, por vezes na degeneração do verbo e da escrita; fazendo poses de sábios. 

    Entretanto se torna óbvio que de forma nenhuma poderiam atos como estes, estarem ocultos das hierarquias; que sem dificuldade nenhuma, em apenas uma prévia observação já se torna evidente que é nas infradimensões aonde esses infelizes estão construindo suas moradas. Vemos outros traidores do Cristo Vivo enredados em luxúria e materialismo, fazendo seus discursos abjetos, para os perdidos, edificados em seus templos esquerdos, suas igrejas e seitas que apoiam estes atos contra o Cristo Cósmico; além do autor desta obra ter testificado pessoalmente esses tristes fatos, que também foram relatados para o bem de todos, por outros Mestres, tornando claro que todos os apoios infradimensionais dos inertes, dos traidores e sombrios, realmente não poderiam estar ocultos aos Mestres.       

    Certamente o fato  dos Mestres saberem de todos os apoios psicológicos, de aonde se fixam psicologicamente esses irmãos, não teria outro objetivo, se não, o de fazer consciência, compreendendo e eliminando os defeitos vistos em si mesmo, mas ainda tentar ajudar a esses irmãos perdidos, à reconhecer a sua triste condição interna, na esperançosa tentativa de fazer brotar alguns arrependimentos profundos, mas lamentavelmente, raramente esses que assim se 

encontram,  permitiriam ser ajudados, pois sempre irão protestar dizendo que caminham na retidão, passando a lançar suas acusações infundadas exacerbando hipocritamente, que os Mestres que estão propondo ajudá-los, é que são os fraudulentos contra a divindade. Se torna realmente inútil qualquer  tentativa de ajuda-los, o afastamento será inevitável, tanto dos Mestres quanto do Real Ser.  Se não há arrependimento, jamais poderá haver salvação aos que se petrificam perdidos.   Os perdidos fogem de si mesmos, brigam com consigo mesmos,  espancam a si mesmos, fogem por vezes aterrorizados com suas próprias formas personificadas, são pouco a pouco fulminados pelas víboras que representam si mesmos;  vêem a morte segunda como se fosse a salvação, mas na verdade nem suspeitam que será a aniquilação total do que representam,  do que pensam, do que acham, a morte segunda é a incineração final, aonde o ego é fulminado inevitavelmente e a essência é libertada.

     A Humanidade toda segue para a involução submersa, devido a se fazer como escravos dos programas do anticristo, pois as pessoas são programadas pelo anticristo à traírem a si mesmas e a suas próprias origens internas, Mônadas ou Real Ser, ou a Deus e etc. Onde adormecem em trilhos de hábitos mecânicos, deste programa do anticristo que destrói totalmente qualquer lembrança sobre os objetivos reais de sua própria existência, a superação interior, que obviamente são muito claros para os despertos e são totalmente ocultos aos adormecidos.  

    Os despertos por sua vez obviamente para se tornarem despertos tiveram que levantar a espada contra si mesmos,  abrindo mão de si mesmos, negando sua vontade, para apenas fazer a vontade do Pai que esta em secreto, suplicando forças para eliminar cada um dos milhões de agregados psíquicos que compõem o ego animal, em inúmeros padecimentos voluntários, além de firmar batalhas contra o anticristo e o seu programa escravizador abismal, vencendo em batalhas terríveis nos mundos internos, para conquistarem o grau de despertos, de Mestres. 

  

 Sabemos convictamente que as pessoas de uma humanidade comandada pelo programa do anticristo, caminham para a sua auto destruição; jamais buscam desafios, jamais buscam revoluções internas, jamais se esforçariam por se fazerem conscientes, jamais reconheceriam que estão perdidos, pois sempre buscam um novo conceito brilhante para camuflar a sua própria ignorância, seja na inversão da distorção, das palavras dos Mestres, seja nas evasivas e justificativas, calcadas no menor esforço da covardia;  lamentavelmente buscam programas automáticos que possam dar a elas uma ilusória felicidade calcada na inércia, no comodismo, na traição, a seu próprio objetivo de vida.  

 

       Ao falarmos em anticristo não nos referimos a um sujeito ou a um indivíduo, mas à todos os indivíduos; se não seguem o caminho que foi ensinado e vivido pelo CRISTO, certamente seguirá pelo caminho do anticristo para a morte segunda; não existem meios termos, ninguém poderia ficar em cima do muro.

 Não nos surpreende ao depararmos nessas regiões abismais, pessoas que carregam imensos fardos, que são os seus sonhos de consumo e de riquezas, valores inúteis que sempre deram imenso apego, e lá protegem esses grandes  fardos ilusórios, agindo violentamente contra qualquer um que se aproximar, carregam em suas costas crentes que ainda estão encarnados, sempre resmungando que precisam trabalhar, pois não são vagabundos, precisam proteger suas riquezas e etc; agiram violentamente contra nós, quando tentamos mostrar a eles sua triste condição, reagem da mesma forma de quando estavam encarnados; comprovamos plenamente que o programa do anticristo, ainda os mantém condicionados mesmo após a morte do corpo físico, a estarem adormecidos, seguindo o mesmo programa do anticristo até a inevitável morte segunda.

   Resultando em conseqüência fatal para essas pessoas, a involução, baixando de círculo em círculo, acentuando-se no círculo dantesco que suas afinidades demoníacas mais se apóiam, dentre os nove círculos existentes até que engordem suas maldades imensamente, se tornando víboras terrivelmente malígnas, e assim são lançados definitivamente para serem devorados fulminantemente no nono círculo infernal, por ter vivido uma existência de traição a sua própria essência, ao Pai e ao semelhante, jamais poderia existir uma amanhã para todas as suas maldades e criaturas infernais, com seu ego animal personificado, sempre adormecidas, jamais reconheceriam que são más, nunca se esforçaram ou se esforçariam por eliminar um só defeito psicológico, pelo contrário robusteceram e personificaram todos esses agregados psíquicos, em lamentos, em ingratidões, em protestos contra Deus, se lançam contra os Mestres, pois todo aquele que escala o caminho de ascensão, os adeptos esquerdos da perdição, escravos do anticristo o vê como um inimigo,  como uma ameaça, projetando aos heróis solares todas as suas próprias caracteristicas, vêem os soldados do Cristo como uma ameaça, por isso  perseguem, caluniam, flagelam, os matam, crucificam e demais atrocidades contra o Cristo Cósmico.

   Benditos sejam todos os Mestres que passaram, que ensinaram, que se sacrificaram por levar a verdade nesta Terra de víboras, de monstros robotizados, intelectualizados, programados pelo anticristo, para a auto destruição, a destruir tudo que possua Essência Cristica. Pois odeiam mortalmente o CRISTO VIVO. Como dissemos anteriormente na página, ciclo de existências  após ser aniquilado o ego no nono Círculo Dantesco, depois de inúmeros e longos anos de sofrimentos indizíveis em que o ego é aniquilado, a essência sairá pura, livre, inocente, porém sem consciência, sem a Maestria, apenas com um registro do que foi os terrores do abismo, pois fracassou totalmente em buscar a sua auto realização.

    De maneira nenhuma estaria exagerando com as informações que aqui foram postadas, muito pelo contrário, ainda existem muitas fatalidades sobre os mundos infernos, que achei melhor nem ao menos comentar, colocamos aqui apenas informações precisas para que todo aquele que realmente for digno de encarnar em si mesmo o CRISTO CÓSMICO, terá que não só enfrentar a si mesmo, mas compreender fundamentalmente que a humanidade não será salva, se não eliminar o ego animal.

    Então precisará ter continuidade, precisará ter um propósito firme de conduta, com o coração nas mãos em inúmeras vezes com os joelhos no chão, suplicando por forças para eliminar o ego de segundo a segundo, para vir se desgarrando da manada involutiva. vencendo os esquerdos conciliábulos sinistros que sempre perseguem aos Cristãos Autênticos. Pois esta manada de humanóides se fizeram escravos do programa do anticristo,  terão que involuir nas entranhas da epiderme da terra após desencarnar, para que a própria natureza se encarregue de eliminar o ego; não existe amanhã para o ego. Todo aquele que quiser, poderá comprovar por si mesmo, todas essas informações e muito mais, quando se decidirem de uma vez por todas se lançarem verdadeiramente na revolução da consciência, eliminando cada um dos agregados psíquicos que compõem o ego, terão de investigar suas raízes, nessas regiões infernais, pois é nessas regiões do averno,  aonde o ego tem seus   conciliábulos.  

 

 por:  V.M. Raphael