Primeiros Passos

De inicio será necessário ter em mãos uma cópia do edital e do Diário Oficial da publicação dos nomes dos aprovados.

Após isso, deve-se conseguir provas de terceirização. Sendo assim, para conseguir os nomes das empresas que têm terceirizados realizando funções para o cargo e polo que se concorreu, poderão ser feitos contatos com pessoas internas, já que no Sistema Petrobras existe uma ferramenta de busca de pessoal, e se você conhecer alguém lá de dentro, ele pode levantar. Assim é possível levantar nomes de terceirizados, nome de suas empresas, o número do contrato, polo e posto de trabalho entre outra informações.
 
Outra possibilidade é abrir um pedido de informações sobre os terceirizados, na empresa para a qual você foi aprovado no concurso, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) Lei Nº 12.527 de 2011. Informações sobre terceirizados não se enquadram nas possibilidades de sigilo da LAI e, portanto, a Petrobras não poderia negar. Contudo, a princípio possivelmente irá negar lançando mão de algum tipo de desculpa. Não há problema, a LAI prevê recursos administrativos para órgãos superiores. Assim, chegará ao DEST (Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais) e esse deve lhe responder. Caso se esgotem todas possibidades de recursos administrativos, pode-se solicitar as citadas informações da LAI, junto ao Poder Judiciário, seja abrindo um processo específico ou seja através da inicial de um processo para a sua convocação para a continuidade do concurso e contratação.

De posse disso tudo, deve-se procurar os registros de contratos (data de assinatura, valores, etc.) entre a empresa do Sistema Petrobras em questão (Petrobras, Transpetro...) e essas empresas terceirizadas levantadas. Para tal, procure os "contrados de serviços" no site da empresa ou no google por "contas publicas XXX (onde o XXX pode ser Petrobras, Transpetro...)" e selecione o mês desejado. Aconselhamos fazer isso e salvar todas as planilhas do início ao fim da vigência do certame, e então procure pelos números dos contratos que foram levantados. Lembre-se de liberar o pop-up do seu navegador para poder visualizar as planilhas mensais. Para salvar, imprima em pdf a planilha do mês selecionado.

De posse desses documentos relevantes, procure um BOM advogado, que poderá abrir processo pela vara Civil (TJ), pela Trabalhista (TRT) e até mesmo na Justiça Federal, dependento do instrumento jurídico escolhido.
Comments