Estatística e Probabilidades


 

 

A Estatística é uma área do conhecimento que utiliza teorias probabilísticas para explicação de eventos, estudos e experiências. Tem por objectivo obter, organizar e analisar dados, determinar as correlações que apresentem, tirando delas suas consequências para descrição e explicação do que passou e previsão e organização do futuro.

A Estatística é também uma ciência e prática de desenvolvimento de conhecimento humano através do uso de dados vulgares. Baseia-se na teoria estatística, um ramo da matemática aplicada. Na teoria da estatística, a aleatoriedade e incerteza são modeladas pela teoria da probabilidade. Algumas práticas estatísticas incluem, por exemplo, o planeamento, a sumarização e a interpretação de observações. Porque o objectivo da estatística é a produção da "melhor" informação possível a partir dos dados disponíveis, alguns autores sugerem que a estatística é um ramo da teoria da decisão.

A Estatística é uma ferramenta matemática que nos informa sobre o quanto de erro as nossas observações apresentam sobre a realidade pesquisada. A estatística baseia-se na medição do erro que existe entre a estimativa de quanto uma amostra representa adequadamente a população da qual foi extraída. Assim o conhecimento de teoria de conjuntos, análise combinatória e cálculo são indispensáveis para compreender como o erro se comporta e a amplitude do mesmo. É o erro (erro amostral) que define a qualidade da observação e do delineamento experimental. A faceta dessa ferramenta mais palpável é a Estatística Descritiva. A descrição dos dados recolhidos é normalmente apresentada em gráficos ou relatórios e serve tanto a prospecção de uma ou mais variáveis para posterior aplicação ou não de testes estatísticos bem como a apresentação de resultados de delineamentos experimentais.

                                                                                                                      Retirado da Wikipedia

 

Início

Censos 2001