A Carta Pecuária é um pacote de publicações que gera uma ferramenta para análise abrangente e completa do mercado pecuário brasileiro. O foco é ajudar munir o leitor com informações que o ajudem em comercialização de gado e nas decisões de investimentos na produção. Nossas análises abrangem o curto, médio e longo prazo, além de uma ferramenta exclusiva para compra e venda de gado no mercado físico. A Carta Pecuária é composta por:




Carta Pecuária


É a origem e "mãe" das publicações. Este texto publicado semanalmente por treze anos seguidos (e contando) tem feito sua contribuição na democratização de informações sobre o mercado pecuário brasileiro ao munir a comunidade agropecuária com ferramentas para melhorar a comercialização de gado de corte. O texto é reconhecido como um dos melhores e mais fáceis de leitura na pecuária brasileira.

Juntamos nas mesma linhas o acompanhamento do mercado da bovinocultura de corte no Brasil. Mas o mercado é formado por vários atores. Temos o clima, que influencia. Temos a margem de lucro daquele ano. Temos as escalas de abate. Como estão as expectativas de confinamento e boi à pasto para frente? Qual são os preços do mercado futuro diante do cenário no momento?

O texto é recheado de gráficos em sua maioria de nossa autoria baseando-se no nosso conhecimento prévio de mercado financeiro e estudos posteriores. Em mercado, tem hora que um gráfico vale mais que mil palavras. Na pecuária não deixa de ser diferente.

Enfim, tudo isso e muito mais para ajudar nos a responder a pergunta clássica da Carta Pecuária: "A arroba está cara ou barata?"






Perspectivas


É publicado duas vezes ano ano. É assim, pois as coisas da pecuária mudam lentamente. Tal qual o ciclo pecuário ou a propensão de consumo da população, tendências de alta ou baixa na renda da dona de casa são acontecimentos que demoram meses, senão anos para serem detectados.

O intuito é utilizar esses movimentos lentos para nos posicionar no negócio pecuário. Quando digo posicionamento, estou em mente os investimentos que devem ser feitos nas fazendas. Vale a pena aumentar pastos? É hora de reformar, de adubar? Diante dos custos operacionais dos principais insumos, como sal minera, milho e farelo de soja, vale a pena intensificar a nutrição do gado?

São questões que tomam tempo. Devem ser refletidas. Devem ser ponderadas.

Obviamente, são questões que são importantes e relevantes para os frigoríficos, para os governos e outros atores no mercado pecuário também.

Além do posicionamento de investimentos, sob o ponto de vista do pecuarista temos o posicionamento de estoque de gado dentro das fazendas. Vale a pena aumentar o estoque agora? Ou é melhor ir se desfazendo aos poucos para comprar em preços mais atrativos daqui uns meses? O acompanhamento do ciclo pecuário e da dinâmica do abate de fêmeas e machos fazem o papel crucial nesse aspecto junto com a análise dos preços da arroba do boi quando levados em conta a inflação.

Então, caro leitor, veja como são as coisas. Para cada tempo, seu momento. Para coisas que tomam tempo para serem decididas, nada melhor que um texto suave, profundo e de várias páginas que podem ser lida durante algumas semanas. Lidas e relidas. Com calma. Com o intuito de buscar o norte da pecuária, e aproveitar as oportunidades que se apresentam ao longo do caminho com foco na comercialização de gado e investimentos dentro e fora das fazendas.

Sei o que é isso no dia a dia, pois também sou pecuarista e lido com essas mesmas questões e reflexões. Convido-o a refletir junto comigo e juntos aprendermos como melhorar e ter melhor renda com a atividade pecuária para todos os atores envolvidos.





Estatística de Mercado Pecuário


Nesses vinte anos que acompanhamos mercado, sabemos que a pecuária nacional produz muitos números. Muitos dados. Todos os dias. Quais desses números realmente nos dizem algo de valor? Quantos desses dados produzem, de fato,  informação? A proposta foi criar uma estatística de mercado pecuário com foco na comercialização de animais. Usando números que gosto e sempre nos foram úteis. Com foco na informação útil que nós utilizamos em nossas análises de mercado pecuário. Aqui você não terá a base de dados simples, essa base de dados você encontrará em outros locais. Aqui você terá uma base de dados vestida e formatada para ajudar-nos a negociar gado. Atualizado diariamente.






Ranking Cepea


Pegamos todos os diferentes preços e os classificamos para conseguir enxergar melhor o contexto da disparidade de valores que compõe os mesmos produtos em estados diferentes. Você reparou na própria arroba do boi gordo como oscila de um estado para outro? A mesma coisa ocorre nas outras categorias. Esse tipo de informação só traz à tona o que já ocorre no mundo real da pecuária—sujeito comprando boi em Rondônia para abater no Paraná, comprando bezerro no Rio Grande do Sul para ser confinado em São Paulo, gado de reposição da Bahia sendo trazido para o Mato Grosso e assim adiante. A integração rodoviária do país aos poucos está integrando as diferentes praças e, quem sabe, um dia reduzindo as disparidades nas cotações. 
Atualizado diariamente.






Brasil Pecuário


É um estudo que há vários anos queria colocar de pé, caro leitor. Criei uma arroba "Brasil", por assim dizer, um preço que engloba as praças pecuárias do país. Cada estado pecuário possui participação na construção do preço no limite, dos seus abates. Acho justo. Assim temos uma variação de preços bem mais suave e mais clara. O melhor são os diferenciais de base. Passam a fazer sentido. É natural a arroba paulista valer "mais", da mesma forma que uma arroba do Mato Grosso deveria espelhar um diferencial quase neutro pela concentração enorme de abates naquele estado. Os diferenciais refletem isso. Por virem de várias fontes a quantidade de informantes é significativamente maior.
 Atualizado diariamente.





Preços da Pecuária


É uma ficha rápida pelos dados do Cepea dando uma olhada no cenário dos principais preços do nosso mercado em três "tempos" diferentes, a saber, respectivamente, cinco anos, doze meses e um mês. Olhar assim gráficos fazendo uma espécie de zoom nos preços—do longo prazo para o curto—é uma comodidade muito grande para análise de mercado e é uma técnica que aprendi lá atrás e a qual aplico até hoje quando olho para um gráfico.
 Atualizado diariamente.



 


Ficha Longo Prazo - Resumo


Na esteira da lógica documento "Preços da Pecuária" acima havia um ponto em aberto. Cinco anos para análise fundamentalista é pouco. Uma análise bem feita tem que abranger mais que isso, tem que ir na origem dos movimentos, no início das altas e no comecinho das baixas de longo prazo. Você só consegue analisar 2016 se enxergar 2006… ou até mesmo 1994, por assim dizer. O que fizemos foi criar uma ficha com os principais preços da pecuária e que a base de dados seja longa, muito longa. Daí a ficha de longo prazo possuir uma história de 60 anos de preços e contando. A cada mês ela será atualizada e disponibilizada para os leitores.




Sistema de Negociação de Boi Gordo (SBG)


É com grande satisfação que anunciamos o Sistema de Negociação de Boi Gordo. É a nossa ferramenta exclusiva para compra e venda de gado no mercado físico. Um pouco da história. O SBG existe desde 2008, pois queríamos o melhor sistema para se negociar gado. Não só isso. Queríamos ter a confiança em um sistema que fosse crítico e sem base de erros. Fomos aperfeiçoando e refinando o que entendemos ser o temperamento dos preços da pecuária e embalando isso em um rigor estatístico. É um sistema para nos identificar os bons momentos para venda de boi gordo e, também, para a compra de reposição. Não queremos perder tempo tendo que levantar páginas e páginas, horas e horas de informação para chegar no mesmo resultado. O mercado está bom para comprar ou vender? Você aqui tem essa resposta de forma clara e precisa.
 Atualizado diariamente.




Fichas Regionais


Esse é bacana, separei todas as praças pecuárias e criei uma ficha para cada uma com dados do boi gordo, vaca gorda, bezerro, garrote, boi magro, escala de abate e um pouco mais. São nove gráficos para cada praça e essas informações são atualizadas diariamente. Essa era uma coisa que sentia falta, a gente praticamente usa somente o indicador Esalq/BVMF nas análises dos preços e direções do mercado, mas tem horas que tudo o que a gente quer ver é como está a nossa "casa". Bom, agora você conseguirá ver a sua casa, ou pelo menos bem próximo dela, pois serão disponibilizados dados de preços das regiões que fazem 95% do abate nacional. Atualizado diariamente.







Ficha Longo Prazo - Completa


Esse é um tijolo. Esse é o documento expandido da "Ficha de Longo Prazo - Resumo". São quase trinta páginas de gráficos de boi, vaca, animais de reposição, frango, touros, milho… Junto com a "Estatística de Mercado Pecuário" essa ficha completa de longo prazo une preços com análises técnicas. Nada muito pesado, é claro, mas é denso o suficiente para passar a mensagem. A busca que tenho aqui comigo é complementar e fechar todo um portfólio de informações sobre a pecuária que sirva de base para a sua tomada de decisão, seja no curto prazo para aquela venda de gado ou seja para definir qual negócio colocar dentro da fazenda.


A análise de longo prazo é importante não para as decisões do dia a dia, mas sim para a abordagem da fazenda, o encaminhamento da propriedade e o direcionamento do negócio para os próximos dez anos tendo em vista as mudanças dos preços no tempo e as mudanças dos padrões de relacionamento entre os elos da cadeia. Falei bonito, mas a coisa é simples. Não quero ser pego desprevenido e nem ser pego no contrapé. Para tentar uma abordagem correta um acompanhamento do longo prazo é crucial. É pouco comum no Brasil planejamentos com mais de dois, três anos—nossa cultura inflacionária cobrou seu preço. Mas ao estudar os deslocamentos das relações no tempo (por exemplo, a queda na taxa de reposição do bezerro vs boi) você tende a refletir e se forçar a enxergar a razão dessas coisas terem acontecido, se são sustentáveis, se vão durar ou voltarão à média. Com isso vai elaborando e lapidando o seu conhecimento sobre o mercado e alimentando a sua intuição.


A maioria dessas informações são disponíveis na internet. Mas, pense: qual o trabalho que você terá para procurar todas essas informações, organizá-las de forma que façam sentido e fazer a atualização diária de tudo isso? Muito trabalho. É por isso que oferecemos o serviço como complemento para quem assina as nossas publicações. Lembre-se, a filosofia é melhorar a comercialização de gado, tanto no dia a dia dos negócios como no posicionamento para ganhar com as mudanças de oferta vs procura geradas pelo ciclo pecuário.


Quer saber mais sobre nós? CLIQUE AQUI.

Quer assinar a Família Carta Pecuária? CLIQUE AQUI.