E1 - Os Lusíadas, de Luis Vaz de Camões.


Luís de Camões - O Amor É Um Fogo Que Arde

Acesse , pelo índice remissivo em rodapé, as subpáginas com os audiolivros dos 10 (dez) Cantos de "Os Lusíadas" e os respectivos resumos.


"Os Lusíadas", poema épico de Camões publicado em 1572, apresentam-se em Vídeo & Áudio Livros, permitindo a audição dos 10 (dez) Cantos pelos que enfrentam dificuldades de acuidade visual e por quem mais assim desejar, graças ao altruísmo dos voluntários do "LibriVox: audiobooks livres".

 

Relacionam-se algumas obras de Luis Vaz de Camões disponíveis, em formato pdf, no site Domínio Público Os Lusíadas    Sonetos Canções e Elegias  e  Redondilhas 

Visite o site do Instituto Camões. Na sua Biblioteca Digital poderá baixar (descarregar) os Cantos de “Os Lusíadas“.


Para se entender o contexto histórico que serviu de mote para glosa das sagas poeticamente narradas por Luis Vaz de Camões, indispensável parece-me assistir aos vídeos que a seguir se apresentam, a saber: "Reis de Portugal, o 13º, D Joao II, o Príncipe Perfeito", que amalgamou o "Tratado de Tordesilhas"; "Reis de Portugal, o 14º, D. Manuel I, O Venturoso", que deu continuidade às explorações portuguesas iniciadas por seus antecessores, permitindo a descoberta de nova rota marítima para as Índias; "Reis de Portugal, o 15º, D. João III, O Piedoso", em cujo reinado se passou a dar maior importância ao Brasil retirando-se Portugal do Norte de África e "Reis de Portugal, o 16º, D. Sebastião I, O Adormecido".

Reis de Portugal - D. Joao II - O Princípe Perfeito

O Tratado de Tordesilhas

Reis de Portugal - D. Manuel I - O Venturoso

Reis de Portugal - D. Joao III - O Piedoso

Reis de Portugal - D. Sebastiao I - O Adormecido


A atribulada vida de Luis Vaz de Camões, poeta, militar, aventureiro e autor de "Os Lusíadas", o seu poema épico insculpido no rol das obras-primas da literatura universal - inspirado na missão confiada por D. Manuel I a Vasco da Gama -,  são outros vídeos que aqui também se incorporam, acrescendo-se-lhes mais um, através do qual esta obra é dissecada por Alcir Pécora.

Os Lusiadas

Os Lusiadas - Alcir Pecora