Pirâmides do Egito

Os Mistérios das Pirâmides do Egito

Muitos são os mistérios sobre a construção das pirâmides do Egito, feitas em pedra, cuja arquitetura têm uma base quadrada e quatro lados triangulares voltados para um vértice.
Segundo estudiosos, essas pirâmides foram construídas há cerca de 2500 anos a.C e serviam para guardar os corpos dos Faraós mumificados e também eram usados como templos religiosos. Um hábito que pode ser explicado pela religião politeísta do Egito Antigo. Os Faraós acreditavam em vários deuses e também na vida após a morte, dessa maneira uma pirâmide era construída para que os corpos mumificados dos Faraós lá fossem conservados juntamente com seus pertences para serem levados para sua vida após a morte, para eternidade.
Os Faraós governaram o Egito durante 30 séculos, eram o poder econômico, político e social do Egito. Quanto maior fosse uma pirâmide, maior o poder e importância de um Faraó.



Até os dias atuais foram encontradas cerca de 80 pirâmides no Egito, a maioria são ruínas, apenas a pirâmide de Gizé: Quéops, Quéfrens e Miquerinos sobreviveram ao tempo, sendo a única das Sete Maravilhas do Mundo Antigo que ainda existe.
Através das inscrições hieroglíficas encontradas dentro das pirâmides, os estudiosos tentam decifrar os mistérios das pirâmides do Egito.



Muitos mistérios despertam o interesse de estudiosos e curiosos, e muitas também são, as controvérsias a respeito de teorias de como as pirâmides, construções tão complexas e grandiosas, foram erguidas por uma sociedade que não conhecia sequer a roda ou instrumentos de ferro. Qual seria a finalidade correta dessas construções? Qual segredo os Faraós guardavam dentro das pirâmides do Egito? Seriam os deuses astronautas?

Quem construiu as pirâmides do Egito?

Segundo os arqueólogos Mark Lehner e Zahi Hawass, as pirâmides não foram construídas por ETs, nem muito menos por milhares de escravos como acreditava o historiador grego do século 4 a.C. As pesquisas de Mark e Zahi, dizem que a maior pirâmide construída no Egito, Kufhu, utilizou cerca de 25 mil trabalhadores. Sendo que, 20 mil eram temporários e os outros, fixos e assalariados. De acordo com suas habilidades esses trabalhadores eram agrupados e executavam suas tarefas em turmas de 200 pessoas que se revezavam em turnos, pois a construção não parava, funcionava 24 horas por dia e levou 20 anos para ficar pronta. Segundo Mark e Zahi, os trabalhadores recebiam como pagamento diário, 10 pães e um copo de cerveja e mesmo assim esses trabalhadores se sentiam gratificados por está construíndo a história do Egito. Normalmente esses trabalhadores permaneciam no trabalho por uma temporada de 4 anos e quando voltavam para a casa na zona rural, sentiam-se orgulhosos com o que tinham aprendido.


Francês diz ter esclarecido a construção de pirâmides

Em 2007 o arquiteto Francês Jean Pierre Houdin apresentou uma teoria de como as pirâmides foram erguidas. Segundo a teoria de Houdin, a pirâmide de Gizé foi construída de dentro para fora a partir de uma rampa interna que formava um túnel em espiral. Houdin utilizou uma apresentação em 3D para provar sua teoria. Observe as imagens abaixo.




Através de um software, o arquiteto Jean Pierre Houdin mostra como os blocos de cálcario e granito foram sobrepostos. Explicando a razão porque a 'Câmara do Rei' tinha cinco tetos em vez de um.



Segundo Pierre Houdin, uma das evidências que confirmariam a ideia da rampa, foi um teste de microgravidade feito por franceses em 1986, que demonstra uma estrutura menos densa em forma de espiral dentro da pirâmide.



São muitos estudos e suposições, mas nenhuma certeza a respeito de porque e por quem foram construídas as pirâmides do Egito. Quem sabe um dia a ciência surpreenda criando a tão sonhada 'máquina do tempo'. Só assim seria possível descobrir realmente quais os propósitos e circunstâncias da construção das pirâmides.

Comments