Fumada lenta

As competições de fumada lenta com o cachimbo

 

A principal dificultade para quem se inicia na arte de fumar cachimbo é de manter o cachimbo aceso e, por contraste, é tido come mestre, quem, depois da acender o cachimbo continua fumando sem mais acender até consumir todo o tabaco, deixando só cinzas. Entre os mestres, é mais mestre dos outros, quem mais demora em consumir todo o tabaco no fornilho.

As competições de fumada lenta começaram na década de ’60 na Europa; nesta época era permitido usar o cachimbo preferido e os artesãos e fabricantes, portanto, começaram a desenvolver cachimbos especiais para ter o melhor desempenho. O melhor resultado foi obtido pela fabrica de cachimbos M.P.B. (Manifattura pipe Brebbia), hoje conhecida como “Brebbia” que precisando  fazer promoção, começou a organizar competições  de fumada lenta, juntando um time bem treinado e um cachimbo especial, fácil de se manter aceso, que evitava o contato entre o tabaco e o liquido de condensação que se forma no curso da fumada e que esfriava a fumaça. Eu tenho a sorte de ser dono duma destas Ferrari dos cachimbos, que se parece com um bilhar, mas tem a cabeça removível parafusada na base.

 

Com esta “maquina” o time da Brebbia ganhou entre 1968 e 1969 tudo que se podia ganhar. No campeonato europeu de 1969, a senhora Franca Ferretti com 2h 41’ 46”, estabeleceu um recorde para mulheres que ainda persiste.

Em 1970 os vários clubes nacionais, percebendo a exigência de unificar as regras das competições, fundaram o Comité International de Pipe Clubs, CIPC, que desde então, organiza o Campeonato do Mundo, a Copa do mundo e o Campeonato Europeu com o mesmo regulamento Internacional.

O texto integral em inglês ou francês pode ser lido na integra no site do CIPC

O regulamento de 1970 excluía a possibilidade de usar o cachimbo de preferência, determinando o uso do mesmo tipo de cachimbo para todos os participantes, do mesmo tipo e da mesma quantidade de tabaco.

Todos os anos têm algum tipo de campeonato internacional: Campeonato do Mundo, Copa do Mundo ou Campeonato Europeu.

O Campeonato do Mundo que no inicio era disputado cada dois anos (1971 e 1973), depois cada três anos (1976, 1979, 1982), atualmente é disputado cada quatro anos. Participam os sócios de clubes associados ao CIPC e times nacionais: pode ser comparado ao Campeonato do Mundo de futebol. Nesta competição de fumada lenta tem uma classificação individual masculina e feminina e uma classificação por seleções nacionais. Um time nacional é formado por cinco fumadores e o tempo total do time é determinado pelos tres melhores tempos.

A Copa do Mundo se disputa no meio período entre um Campeonato Mundial e outro, é por times de clube como no futebol a Copa Libertadores ou a Liga dos Campeões da UEFA; a classificação é por times e individual.

O campeonato europeu, limitado as nações do Velho Continente, é realizado entre o Campeonato mundial e a Copa do Mundo; regras e classificações como no Campeonato do mundo.

Além disso são realizadas as competições nacionais (Campeonato Francês, italiano, espanhol etc.), todas realizadas com as  regras do CIPC e com a presença de juízes internacionais.

O recorde mundial masculino de fumada lenta pertence atualmente ao italiano Gianfranco Ruscalla, um professor de filosofia agora com 47 anos, que no curso do campeonato italiano em 4 de Maio de 2003, fumou por 3 horas 18 minutos e 15 segundos 3 g de Holger Danske Black Bourbon num cachimbo bilhar da Savinelli.

Uma senhora da Bélgica, Madame de Wollf, é a recordista entre as mulheres com uma fumada de 2 h 35’05”.

Nas competições por times, a Suíça é recordista mundial com 8h 20’ 47”.

Tudo que se encontra em frente de cada participante de uma competição de fumada lenta:  um cachimbo, um pacote de  3 g de tabaco,um socador de madeira cilíndrico de 1,5x 10 cm; uma caixa de fósforos com dois palitos, uma folha de papel tamanho A4; um  cartão de registro de tempo.

 

 

O regulamento internacional (em inglês e francês) e uma lista completa dos ganhadores das competições internacionais pode ser encontrada no site do CIPC; a tradução em português do regulamento está na seção "Artigos" do belo site da Confraria dos Amigos do Cachimbo.