DESTAQUES‎ > ‎

Informática


Gerenciando Blog

Arquivo Cabedelo Notícia

Equipe de João Pessoa é campeã em competição nacional de robótica
'Robô Apolo' é formada por alunos da Escola Municipal Apolônio Sales.
Equipes de outros 12 estados participaram da competição.

 
ICANN, W3C e Internet Society e outras anunciam esforço para um modelo de governança composto por vários países; Brasil pode ter um papel decisivo
Editora Globo

Está na hora de acabar com o domínio dos EUA sobre a internet - e quem está dizendo isso são os líderes das instituições responsáveis por gerir a rede em todo o mundo. Os diretores do ICANN, W3C, Internet Society, Internet Engineering Task Force e Internet Architecture Board romperam com o governo nos EUA. Motivo: o escândalo de espionagem da NSA revelado por Edward Snowden.

"A internet e a web produziram enormes benefícios em relação ao desenvolvimento social e econômino mundial. Ambas foram construídas e são administradas em função do interesse público mediante mecanismos de cooperação global de várias áreas (multistakeholder), uma característica intrínseca de seu sucesso", diz a nota divulgada pelas entidades.

Os líderes alertaram para uma possível fragmentação da internet a nível nacional e "expressaram sua profunda preocupação pelo enfraquecimento da confiança dos usuários de internet em nível global devido às recentes relevações sobre monitoramento e vigilância".

As entidades disseram defender um ambiente em que todos os participantes, inclusive todos os governos, atuem de maneira igualitária. O grupo pede a aceleração na globalização das instituições, em que todos os setores - empresas, academia, governos -, tenham peso igual. As entidades rejeitam a supervisão unilateral do ICANN pelo Departamento de Comércio dos EUA - o plano é que a supervisão agora seja pluralista.
Anid destaca papel social dos Centros de Inclusão Digital nos espaços públicos

https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/u/0/?ui=2&ik=57aaee85d3&view=att&th=13c720fd06bdd500&attid=0.1&disp=inline&safe=1&zw&saduie=AG9B_P-OA6zbNIhHKEpYW9D-8Ucu&sadet=1359196842922&sads=pRSQHNvcoFd_lcZsalcGFDh1ucA
Centros Públicos de Acesso Pago, ou mesmo Centros de Inclusão Digital. Estes são nomes pelos quais são conhecidas as famosas lan houses, que atendem cerca de 14% da população brasileira, segundo dados do Centro de Estudos sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação (Cetic). Só no Nordeste, são 25% de usuários de internet em espaços públicos, a maior parte deles, funcionando em caráter informal.

Segundo o presidente da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid), ao invés de criminalizar as lan houses, a ideia é de orientar os funcionários a garantir a integridade dos usuários, inclusive as crianças. “A lan house cumpre um papel social extremamente importante. Uma pessoa que não tem computador em casa e precisa pagar uma conta de energia e perdeu, ao invés de ela pagar R$ 5 ou R$ 8, indo até o Centro da cidade, ela pode imprimir a segunda via”, explica.

A proposta de Percival é a de adequar estes espaços para servirem como extensão do governo eletrônico. A Anid colocaria uma estrutura de computadores na lan house, a Prefeitura paga um valor mensal de aluguel e treinaria o dono e os funcionários, capacitando-os para acessar e manipular todos os sistemas da Prefeitura a que o cidadão pudesse ter acesso.

“É preciso tirar da marginalidade, trazer e reconhecer esse pequeno empreendedor como empresa de base tecnológica, que ajuda a fomentar novas empresas, que pode ser uma atividade complementar inclusive ao governo eletrônico. Cabe às prefeituras dos municípios terem uma atitude proativa em relação a esses espaços públicos de acesso à internet, porque são pequenos empreendedores que compraram quatro, cinco computadores, conseguiram conexão de internet, e lá, na garagem da sua casa, num pequeno espaço alugado no centro da cidade, ou dentro de sua comunidade, eles disponibilizam aqueles computadores com acesso à internet para aquelas pessoas que não têm computador ou não tenham a facilidade que exista ali, então esse papel é extremamente relevante. O dono vai lá e ajuda as pessoas a usarem na primeira vez. Isso é fundamental, digno de nota, de relevância, e é importante que os governos estaduais e municipais possam enxergar nestes espaços uma oportunidade de estender as políticas públicas através de governo eletrônico”, explica.

Empreendedorismo e conhecimento

Além disso, a inclusão digital gera empregos a partir destas pequenas iniciativas. A partir das lan houses, são descobertos jovens talentos que, na garagem de casa, têm um computador e faz a home page para a padaria da esquina, por exemplo. “Então você pode ter um garoto numa comunidade que faça home page para o cara da loja de peças do bairro, que seja tão interessante esse tipo de trabalho que ele pode chamar a atenção de uma grande empresa que o convide para trabalhar com ela, para cuidar dos computadores”, destaca Percival.

Na avaliação do presidente da Anid, a mercadoria mais rara e mais cara sempre foi o conhecimento. E o conhecimento pode ser manipulado, pode ser usado só para fins comerciais. Participar de uma rede social não quer dizer que você está inserido, você pode ser uma grande massa de manobra. A solução, segundo ele, é fazer com que todos possam ter acesso à sociedade de informação, e depois transformá-la em sociedade do conhecimento. “Então, à medida que você socializa o conhecimento, você vai chegando mais perto, você melhora a condição dos políticos que são eleitos, dos gestores, as pessoas têm mais condição de fiscalizar os gastos públicos”, alega.

Ascom Anid


Saiba como evitar problemas na migração do MSN para o Skype

http://g1.globo.com/platb/files/2119/2013/01/skype2.jpg

Diversos sites internacionais estão noticiando a data de aposentadoria do MSN para o dia 15 de março. O prazo estaria de acordo com os anúncios já feitos pela Microsoft sobre o fim do serviço e a migração para o Skype ainda no primeiro semestre de 2013. Porém a data não é confirmada por Microsoft e Skype. O que de fato existe é o incentivo para que usuários do Messenger comecem a migração para o novo serviço.

Milhares de usuários já começaram a migração e muitos relataram problemas no processo. Veja respostas para as principais dúvidas e reclamações postadas pelos leitores nos comentários da coluna Tira-Dúvidas.

Muitos usuários relatam que perderam seus contatos após a migração do MSN para o Skype. O que fazer se isso acontecer?

De acordo com informações obtidas com os engenheiros do Skype, o problema é conhecido e providências estão sendo tomadas. Aqueles que identificarem o desaparecimento de contatos não precisam se preocupar, pois no processo de migração os contatos não são removidos imediatamente, mas podem aparecer entre os contatos excluídos. Para revisar a lista de contatos excluídos e restaurá-los, acesse este link, informe as credenciais da conta e clique no ícone em forma de seta, localizado na barra superior da página. Globo

Como será a nova linha do tempo do Facebook
Sim, a cara do Facebook vai mudar - de novo
Editora Globo

O Facebook passou a liberar para alguns usuários um novo design para a timeline. Por enquanto, a única região a ter o novo design é a Nova Zelândia e ainda não há informações sobre quando as mudanças chegarão aos usuários brasileiros.

A diferença principal é que a coluna da esquerda vai exibir todas as atualizações (status, mensagens no mural de amigos, etc) e a coluna da direita vai exibir só informações sobre o usuário, como a 'caixa de amigos', likes e fotos postadas recentemente. Galileu


YouTube transforma smartphones em controles remotos
É possível comandar a programação do site sem precisar de intermediários

Novo YouTube

O YouTube anunciou que ampliará a disponibilidade de um recurso que permite controle da TV pelo smartphone. Antes, só quem tem Google TV podia usar o telefone dessa forma, mas isso será mudado.

Aparelhos de Bang & Olufsen, LG, Panasonic e Sony também aceitarão a novidade e, antes que 2013 termine, Philips, Samsung, Sharp, Toshiba, Vizio, Western Digital e outros também serão incluídos.

Basta ter um smartphone Android com a versão mais recente do app do YouTube instalado e, uma vez ligado ao Wi-Fi, ele reconhecerá a TV que estiver conectada à mesma rede. Feito isso, é possível comandar o YouTube na TV pelo telefone, como se ele fosse um controle remoto. Olhar Digital

China lança serviço de localização rival ao GPS, o Beidou
Serviço de localização foi criado para que país não dependesse dos EUA.
Toda a região Ásia-Pacífico está com o sinal do Beidou.


Símbolo do serviço Beidou, o GPS chinês (Foto: Divulgação)



O governo da China lançou na região Ásia-Pacífico os serviços públicos e comerciais de seu próprio sistema de navegação por satélite, projetado como um concorrente do americano GPS (Sistema de Posicionamento Global).

O sistema Beidou ("Ursa Maior" em chinês), que utiliza atualmente uma rede de 16 satélites de navegação e quatro experimentais, começou na quinta-feira (27) a proporcionar serviços a civis em toda a região e, de acordo com a imprensa estatal, deve oferecer cobertura global até 2020.

Em uma entrevista ao jornal "China Daily", Ran Chengqi, porta-voz do Escritório Chinês de Navegação por Satélite, o desempenho do sistema é comparável ao do GPS.

"Os sinais do Beidou já podem ser recebidos na Austrália", disse.

Esta é a mais recente conquista da China no setor de tecnologia espacial. O país pretende construir uma estação espacial até o fim da década e, eventualmente, enviar uma missão tripulada à Lua.

Para ampliar a rede de satélites chineses serão lançados mais 40 aparelhos ao espaço até 2024, segundo o porta-voz, o que permitiria possuir uma cobertura mundial a partir de 2020.

A China considera o programa bilionário um símbolo de sua crescente estatura global, do conhecimento científico e do êxito do Partido Comunista.

O início do serviço comercial do sistema aconteceu um ano depois do Beidou começar a enviar sinais de navegação limitados ao território chinês. O país começou a construir a rede no ano 2000 para não depender do GPS.

Segundo o jornal chinês "Global Times", "possuir um sistema de navegação por satélite tem enorme significado estratégico". "A China tem um mercado enorme, onde o Beidou pode beneficiar tanto civis quanto militares", enquanto desenvolve um "sistema de navegação mundial que pode competir com o GPS", completa o jornal, ligado ao Partido Comunista.

No entanto, "podem surgir problemas no uso porque o Beidou é um sistema novo. Os consumidores têm que ser tolerantes", acrescenta o diário.

Morris Jones, analista do setor que mora em Sydney, considera pouco provável que o Beidou compita realmente com o GPS fora da China. "O GPS está disponível gratuitamente, é de fácil acesso e muito conhecido, além de testado no mundo inteiro", declarou à AFP.

Para Jones, a principal razão da China para desenvolver o Beidou é proteger a segurança nacional, pois os Estados Unidos, que controlam o GPS, teriam a possibilidade de cortar o serviço. "A possibilidade de recusa no acesso ao GPS leva outras nações a desenvolver o próprio sistema, livre do controle dos Estados Unidos", explica.

"Em tempos de guerra, ninguém quer ter negado o acesso a um sistema deste tipo", conclui Jones. G1

Banda larga passa de 85 milhões de acessos em um mês
Conexões móveis puxaram a alta do setor, com 74% de crescimento anual
Banda larga
Em outubro, os serviços de banda larga atingiram 85,5 milhões de acessos no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Telecomunicações. A Telebrasil diz que foram feitos 29,6 milhões de ativações nos últimos 12 meses, o que representa um salto de 53% em relação ao outubro de 2011.

A internet móvel foi a que mais cresceu, com uma taxa anual de 74%, chegando a 65,5 milhões de acessos em outubro; praticamente uma por segundo no mês. A maioria das conexões (52,5 milhões) foi feita por dispositivos com tecnologia 3G, incluindo smartphones e outros 13 milhões de terminais de dados - modens e chips M2M também contam.

Também cresceu a cobertura da terceira geração da telefonia, que chega a 74% mais localidades do que há um ano. Agora a rede atinge 87% da população, pois está em 3.127 municípios do país.

Outros 20 milhões de acessos provieram da banda larga fixa, que recebeu apenas 1,7 milhão de novas conexões nos últimos 12 meses. OLHAR DIGITAL
Mapas colaborativos indicam situação do tráfego nas cidades
Aplicativos mostram se há acidentes, alagamento ou congestionamento nas vias

Editora Globo

Utilizar informações coletivas e voluntárias para resolver problemas, criar conteúdo e soluções ou desenvolver novas tecnologias para gerar fluxo de informação. Essa é a essência do crowdsourcing. Apoiada nsse conceito, a geógrafa Eliane Hirata da Escola Politécnica da USP desenvolveu um esquema de mapas dinâmicos e colaborativos que indicam alagamentos na cidade de São Paulo.

Waze
A página “Pontos de Alagamento” pode ser acessada por computadores e dispositivos móveis e as informações são obtidas por pessoas que contribuem voluntariamente. Pela internet, é possível entrar e marcar manualmenteo ponto de alagamento no mapa, precisando saber apenas o nome da rua. Quando a informação é enviada por celulares e dispositivos móveis, o ponto é inserido automaticamente por meio do sistema de localização do celular, baseado em GPS.

Os usuários podem enviar fotos e vídeos dos pontos inundados e recebem notificações de alagamentos a um raio que pode ser configurado de 5 a 100 quilômetros de distância. Ao acessar a página, um mapa da cidade de São Paulo com marcações dos pontos de alagamento é exibido. Também é possível consultar uma lista com os relatos de inundações, incluindo indicação de endereço, data e horário. Informações fornecidas por órgãos oficiais, como o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, e sites de notícias, também abastecem a rede. A descrição dos eventos é padronizada de acordo com os padrões do CGE, que indica se a rua está intransitável, transitável ou se a água já escoou, entre outras categorias.

O site utiliza a plataforma livre e de código aberto Ushahidi, criado por desenvolvedores africanos. Hospedada no serviço Crowdmap, os mapas não dependem de servidores, basta customizar o site. Essa plataforma já era muito utilizada no exterior em casos de desastres naturais e crises políticas.

O site já está funcionando e um questionário está à disposição, para que o sistema possa ser aperfeiçoado. Saiba mais

Nokia lança Lumia 510 com tela de 4 polegadas por US$ 199
As cinco cores do novo Lumia 510 (Foto: Reprodução)
A Nokia lançou na última terça-feira (23) o Lumia 510, seu novo Windows Phone de baixo custo. Com preço sugerido de US$ 199 (R$ 403 na cotação de 24/10), o aparelho vem equipado com um display de 4 polegadas e resolução WXGA (800 x 480 pixels), a mesma da tela do Galaxy S2. O modelo sai de fábrica com o sistema Windows Phone 7.5 e deve chegar às lojas em novembro, inclusive no Brasil. 
Interação digital entre amigos supera a presencial, segundo estudo
Pessoas Online

Estudo revela que dois terços das interações entre amigos já não acontece no tradicional “cara a cara” e sim por algum meio eletrônico. A pesquisa feita pelo Docmail entrevistou mais de 2 mil adultos que declararam que ainda há amigos com quem eles apenas conversam pelo Facebook.

Até mesmo o uso de ligações telefônicas está caindo em desuso. 40% dos entrevistados afirmaram que, além de não terem visto um amigo pessoalmente, também não conversaram com eles via celular no último mês. Em média, os entrevistados mandam 140 mensagens de texto, interagem 72 vezes no Facebook e enviam cerca de 40 emails mensais.

45% dos entrevistados afirmaram que, graças à tecnologia, permanecem em contato fixo com amigos com quem mais conversam digitalmente e que as conversam costumam ser contínuas.

Apesar dos números, segundo o DailyMail, quando trata-se de expressar algum sentimento ou agradecer algo, as pessoas ainda dizem que preferem fazer isso pessoalmente. Olhar Digital
Lagoa Seca, Esperança e Remígio entram na rota do Projeto Nacional de Fibra Ótica

https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/u/0/?ui=2&ik=57aaee85d3&view=att&th=13c6842d0b013d05&attid=0.3&disp=inline&safe=1&zw&saduie=AG9B_P-OA6zbNIhHKEpYW9D-8Ucu&sadet=1358966297771&sads=UK3BAOdPWKFI3MHrV9CA9RWvFZU
Após o anúncio nesta semana da implantação de fibra ótica nas cidades do Vale do Piancó, a Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid) contempla outras três cidades da Paraíba no “Projeto Nacional de Fibra Ótica em Domicílio”. Desta vez, os municípios de Lagoa Seca, Esperança e Remígio serão beneficiados e passarão a contar com a mais moderna tecnologia em fibra ótica, com potencial de transmissão de dados, vídeo e voz.

A empresa DataConnection parceira da Anid neste projeto, será a responsável pela implantação da fibra na região, que atenderá a princípio 1.500 usuários. “Nossos clientes poderão desfrutar do que há de mais moderno no acesso à banda larga em domicílio: a fibra ótica, que é conhecida por sua capacidade de transportar grande quantidade de informações a uma velocidade inigualável e sem a interferência de eletricidade”, pontuou Klemenson Leal, do provedor de internet DataConnection.

As vantagens da conexão por fibra ótica são muitas. A segurança é uma delas, com maior estabilidade de sinal que outros tipos de conexões, além da velocidade de transmissão de dados. Assim, downloads e uploads podem ser feitos em uma velocidade surpreendente.

Ainda sobre a qualidade e vantagens da fibra ótica, Klemenson destaca que os usuários da região poderão ter a opção de escolher planos de cinco até 100 Megabytes de acesso. “Para se ter uma ideia, aderindo a um plano de 30 Megabytes, você pode baixar um HD completo de 30 GB em cerca de 40 minutos, projetos de arquitetura, design ou engenharia de 5 Gb em cerca de sete minutos (o que duraria cerca de 10 horas em uma conexão de 2 Mb). Você compartilha documentos com HD virtual a um clique, anexa grandes arquivos no e-mail com rapidez, faz cursos online e vídeo conferências sem atraso algum.”, finaliza.

https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/u/0/?ui=2&ik=57aaee85d3&view=att&th=13c6842d0b013d05&attid=0.2&disp=inline&safe=1&zw&saduie=AG9B_P-OA6zbNIhHKEpYW9D-8Ucu&sadet=1358966324820&sads=F5I1X9MCInsLPD_20wrCQsb-pgQ
O “Projeto Nacional de Fibra Ótica em Domicílio” foi lançado ano passado, numa iniciativa da Anid, em parceria com a empresa chinesa Comba Telecom, uma das maiores fabricantes de equipamentos de redes óticas do mundo. “Até então, estávamos capacitando os provedores locais e fazendo os projetos, agora que chegou o recurso, a obra vai ser implantada”, ressaltou Percival Henriques, presidente da Anid.

"Segundo estudos do Banco Mundial, quando você chega com conectividade em uma cidade, você impacta em 10% no seu desenvolvimento local, porque muitos serviços passam a ser atendidos ali, além dos muitos empregos que são gerados com a própria implantação”, acrescentou Percival.

Ascom Anid
Sony pode lançar serviço de TV por internet
Companhia estaria negociando com operadoras a cabo para concretizar o operação

Sony

A Sony surpreendeu o mercado ao decretar, esta semana, a morte do PlayStation 2. Agora, a empresa ressurge na mídia com a possibilidade de aposta em um serviço de TV via internet.

A revista online Variety relata que a companhia japonesa vem conversando com operadoras para viabilizar a programação com múltiplos canais, de diferentes conteúdos, dedicada principalmente ao mercado norte-americano.

O serviço competiria com as operadoras a cabo, mas com o diferencial de que a transmissão seria realizada digitalmente e, portanto, não sofreria com a restrição geográfica da área de cobertura. Com isso, alcançaria mais facilmente consumidores em qualquer localidade num país.

Os detalhes da operação são incertos, embora ela esteja em estágio avançado, segundo a Variety. A expectativa é que a transmissão do conteúdo possa acontecer pelo PlayStation 3 ou pelas TVs da linha Bravia.

Procurada, a Sony disse não comenta rumores de mercado. Olhar Digital

Trancar usuário para fora do Facebook é ‘fácil’, avisa site
Publicação consegue transformar conta de usuário em 'memorial'.
Memoriais foram criados para preservar memória de usuários que morreram.


Impedir que um amigo acesse sua conta do Facebook se mostrou um processo “surpreendentemente fácil”, segundo o site BuzzFeed. A equipe da publicação conseguiu simular a morte de um usuário e criar um “memorial” em sua homenagem, deixando-o sem ter acesso a sua conta.

Na rede social, é possível criar memoriais para usuários que morrem. Geralmente, amigos ou familiares da pessoa que morreu preenchem um formulário (acesse aqui), solicitando que sua página seja transformada em memorial. É preciso informar o nome e e-mail da pessoa que terá sua página transformada em memorial, além de informar o grau de parentesco de quem está pedindo a mudança no status da página.

Como “prova” de que houve a morte, o Facebook aceita links de páginas com obituários e a equipe do BuzzFeed conseguiu bloquear a conta ao usar o obituário de um homônimo do usuário em questão.

A publicação informa que tentou simular a morte do repórter John Herrman e, para isso, usou o obituário de um homem de nome parecido, porém escrito de maneira diferente. O obituário também dizia que o homem que morreu tinha 74 anos e não era da mesma cidade de origem de Herrman, o repórter do site.

Com a conta transformada em memorial, Herrman teve que preencher um formulário especial para recuperar seu acesso. Ele teve que esperar cerca de uma hora para que a conta fosse ativada novamente, informa a publicação.

Procurado pelo BuzzFeed, o Faceboook disse que “tenta tomar todas as precauções necessárias ao processar os pedidos [de memorial] e fornece processos para recorrer em casos de erro”.

O G1 procurou o Facebook Brasil, que disse que o post faz uma “interpretação equivocada” da situação. G1

China estabelece regras mais rigorosas para controle da internet

Usuários devem usar nomes verdadeiros ao se inscrever em provedores.
Lei permite que governo apague mensagens publicadas on-line.


A China anunciou um controle mais rígido para internet no país nesta sexta-feira (28), legalizando a exclusão de mensagens e páginas consideradas portadoras de informações "ilegais" e exigindo que prestadores de serviços entreguem tais informações às autoridades para punição.

As regras sinalizam que a nova liderança comandada pelo presidente do Partido Comunista, Xi Jinping, vai continuar a amordaçar o diálogo on-line em um país onde a internet oferece uma rara oportunidade de debate.

As novas regras, anunciadas pela agência de notícias oficial Xinhua, também exigem que os usuários de internet se registrem com seus nomes verdadeiros ao inscrever-se em provedores de rede, embora isso já aconteça, na prática.

Autoridades chinesas e empresas de internet como a Sina há muito tempo acompanham e censuram o que as pessoas dizem on-line, mas só agora o governo introduziu na lei medidas como a exclusão de mensagens. O governo afirmou que um acompanhamento mais rigoroso na internet é necessário para impedir que as pessoas façam acusações maliciosas e anônimas na rede, ou divulguem pornografia e boatos infundados, destacando que muitos outros países já adotam tais regras. G1

Rede social de amantes já tem um milhão de brasileiros

Uma rede social canadense, voltada para pessoas casadas que querem algum encontro extraconjugal e com o nome de Ashley Madison, acaba de alcançar a marca de um milhão de brasileiros cadastrados. De acordo com a agência francesa France Presse, o Brasil é um dos países que mais acessa o site.

Captura de Tela 2012-12-15 às 17.17.01

Este é um cenário do cotidiano tupiniquim. Não o de adultérios ou relações entre casais, mas sim de certo domínio de redes sociais que não foram criadas no Brasil. O Ashley Madison está presente em 24 países e existe há mais de dez anos, sendo que seu maior público está entre os americanos, que somam oito milhões de usuários. Logo após há o Canadá, com seis milhões, e o Brasil com seu primeiro milhão.

“O povo brasileiro tem uma tendência ao prazer, ao sexo e à diversão. A isso se uniu o gosto pela tecnologia, a vontade de se comunicar e a conhecer mais pessoas. Os brasileiros são os que mais utilizam o Facebook, por exemplo”, comentou Eduardo Borges, responsável da rede social no Brasil.

O objetivo do site é de fazer com que as mulheres conheçam rapazes, já que elas não pagam nada pelo acesso e contato com os parceiros. Os homens, por sua vez, pagam cerca de US$ 25 – aproximadamente R$ 50 – para falar com até 20 mulheres diferentes e convencer que o usuário é o melhor amante de todos.

Recentemente o site lançou um programa chamado “Amante Garantido”. Nele, se o usuário não embarcar em – ao menos – uma aventura amorosa fora do casamento e sentir-se insatisfeito com os serviços, a rede social devolve o dinheiro investido.

Via AFP

5 ameaças à sua privacidade na internet

É só ler o artigo 5 da Constituição Brasileira: privacidade é um direito inviolável. Isso significa que podemos determinar quem sabe o que sobre nós – e sob quais condições pode sabê-lo. Pelo menos, é assim na teoria. Um artigo da Escola de Direito da New York University, aponta que um dos maiores desafios da lei é acompanhar o desenvolvimento da tecnologia e entender como a privacidade mudou de cara na era do compartilhamento. Enquanto o debate está em aberto, a SUPER listou 5 ameaças à sua privacidade na internet para ajudar você a se proteger. Conheça
Nokia libera seu novo serviço de mapas, o 'Here', para iPhone e iPad
Aplicativo mostra localização lojas e informações sobre transporte público.
O download do 'Here' é gratuito na App Store do iTunes.

'Here' é aplicativo de mapas da Nokia (Foto: Reprodução)

Aproveitando o excesso de falhas do serviço de mapas da Apple no sistema iOS 6 e a demora para o Google lançar seu aplicativo Google Maps para o sistema do iPhone e do iPad, a Nokia lançou gratuitamente o seu "Here" nesta terça-feira (20). O aplicativo pode ser baixado na loja virtual iTunes Store. Saiba mais
Como escapar do vírus que tem atacado usuários do Skype
Versão latina do malware que se espalhou pela Europa foi detectada pelo laboratório da Kaspersky
virus

Analistas da Kaspersky Lab descobriram uma versão latina do worm Dorkbot, que infectou milhares de usuários do Skype na Europa nos últimos dias.

De acordo com Dmitry Bestuzhev, diretor do grupo de pesquisa e análise na região, o malware começou a se espalhar no último sábado, 6, através do serviço de mensagem instantânea (IM) e, logo nas primeiras duas horas, recebeu cerca de 500 mil cliques .

A variante também se espalha por meio da mensagem "¿es ésta tu foto de perfil nuevo?” (é esta sua nova foto do perfil?), que pode aparece em inglês, espanhol, português ou leto , dependendo da localidade do internauta.

Uma vez que o usuário clica no link, ele é redirecionado para fazer o download do arquivo malicioso e, caso seja infectado, a mensagem será espalhada para os contatos do Skype, MSN e para todas as redes sociais e IM que tiverem seus logins e senhas salvos na máquina infectada automaticamente. Além disso, o trojan também conta com a função para se disseminar por meio de dispositivos USB.
Comments