Bruna Sofia Vitorino


Olá!  Eu sou a Bruna e gostaria de ganhar novos amigos

 

Olá!

Eu sou a Bruna Sofia da Conceição Vitorino.

Moro no Casal de São Brás - Amadora

Faço anos a 29 de Abril, e nasci no ano de 2004.

Nasci de parto normal, às 41 semanas com 3,370 kg e 50 cm, aparentemente sem problema nenhum.

Aos 6/7 meses é que começaram a perceber que eu tinha algum problema. Ao principio pensavam que toda a minha inactividades era preguiça, eu não brincava, nada me chamava a atenção, bebia o meu leitinho e dormia, era uma bebé muito calma.

O único problema que que viram era que eu não conseguia comer nada sólido, engasgava-me com tudo.

Comecei a segurar a cabeça aos 15 meses e a sentar aos 2 anos.

Desde os nove meses que ando a ser seguida no Hospital Dona Estefânia nas consultas de desenvovimento e genética. Depois de muitos exames a única coisa que detectaram foi uma miopia extrema e estrabismo (Não via quase nada). Também fiz fisioterapia em Alcoitão, mas 2 dias por semana não era nada.

Hoje ainda não ando, não falo e tenho muitas limitações, não consigo fazer nada sozinha. Até Novembro de 2007 não tinha diagnóstico, a única coisa que me diziam era que tinha um atraso muito grande no desenvolvimento e que dificilmente tinha recuperação. No dia 30 de Novembro de 2007 parti para Cuba, cheia de esperanças e aí foi diagnosticado um problema genético, sindrome de HEADD.

Só em julho de 2007 é que comecei a ter Epilépsia e desde aí tenho tido muitas crises que acabam quase sempre em internamento hospitalar.

Estive 2 meses e meio a fazer tratamento em Cuba, na clinica Ciren e melhorei bastante. Ganhei massa muscular, comecei a controlar melhor os meus movimentos, já tenho motricidade fina, aprendi a sentar-me melhor, a bricar, comecei a emitir alguns sons, a mastigar melhor os alimentos, comecei a olhar para o mundo que me rodeia.

Eu sei que preciso de trabalhar muito para um dia conseguir fazer o que os outros meninos da minha idade fazem e principalmente brincar com a minha mana que tem 8 anos e que gosatva muito de me ver melhor.

Na clinica disseram-me que eu posso recuperar bastante mas para isso tenho que voltar o mais rápido possivel para continuar a minha longa caminhada para tentar um dia ser independente. Mas infelizmente os meus pais não conseguem suportar tanta despesa. Para estes 2 meses e meio pediram um empréstimo ao banco e agora não conseguem arranjar o dinheiro suficiente para eu poder voltar a Cuba. Para fazer mais 2 ciclos de muitos que eu ainda preciso de fazer, preciso de 16 mil euros, sem contar com as viagens. Mas eu sei que eles não vão desistir e que vão tentar tudo para que um dia me possam ver a andar sózinha, a correr e a acompanhar a minha maninha que eu adoro muito.

Por isso peço-vos ajuda do fundo do coração.

Agradeço muito a quem me quiser ajudar.

 

Um grande Beijo

Bruna Vitorino 

 

Clique na imagem para ver no tamanho original

 

DONATIVOS

 

CONTACTOS

 

SINDROME DE HEADD