Novo site do Movimento Feminino Popular - Brasil



Últimas notícias

  • Todo apoio à luta dos caminhoneiros! Todo apoio à luta dos caminhoneiros! O MFP – Movimento Feminino Popular saúda calorosamente os trabalhadores caminhoneiros que tem se levantado em greve, bloqueando rodovias em todo o país desde o dia 21/05, mostrando que a luta combativa é o caminho para a conquista de direitos. Na prática estão aplicando uma greve geral, o caminho o qual os trabalhadores de todo o país devem trilhar. Repudiamos veementemente o decreto do governo de “garantia da lei e da ordem” a partir da sexta-feira, dia 25, até o dia 4 de junho, que coloca as Forças Armadas para reprimir, prender os grevistas e esmagar a justa greve dos trabalhadores em transporte de carga. Exatamente há um ano o governo de Michel ...
    Postado em 26 de mai de 2018 09:17 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Reproduzimos carta convite. Pau D’arco: A Trajetória da Luta Camponesa, Reproduzimos a Carta Convite enviada pelo Comitê de Apoio do Jornal A Nova Democracia de Belém e Região Metropolitana para o evento "Pau D’arco: A Trajetória da Luta Camponesa"CARTA CONVITE Belém, 04 de maio de 2017. No mês em que se completa um ano do Massacre de Pau D’arco na fazenda Santa Lúcia no sudeste do Estado, o Comitê de Apoio do Jornal a Nova Democracia de Belém e Região Metropolitana convida professores, estudantes, centros acadêmicos, funcionários, camponeses, indígenas, quilombolas, progressistas, movimentos populares, mulheres, trabalhadoras e trabalhadores para o evento Pau D’arco: A Trajetória da Luta Camponesa, com o intuito de debater sobre a situação da luta camponesa no Estado do Pará e no país. Agradecemos ...
    Postado em 4 de mai de 2018 09:06 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Carta do 2º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do Pará Publicamos a seguir a Carta do 2º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do Pará, realizado nos dias 7 e 8 de abril, no município de Marabá.2º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do ParáTerra para quem nela vive e trabalha! Marabá, 07 e 08 de abril de 2018Unir camponeses, indígenas, quilombola se atingidos por mineração e barragens!Conquistar a terra e territórios, fim do latifúndio!Convocado pelo Encontro Camponês do Sul da Pará realizado nos dias 28 e 29 de outubro de 2017 em Pau D`Arco, o 2.º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do Pará reafirma, uma vez mais, “os sentimentos de solidariedade aos familiares dos companheiros e companheiras covardemente assassinados na fazenda ...
    Postado em 18 de abr de 2018 06:09 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Unidade Vermelha - Liga da Juventude Revolucionária lança seu site no Dia Nacional do Estudante Combatente No último dia 28 de março, dia da juventude combatente, a Unidade Vermelha,  Liga da Juventude Revolucionária (UV-LJR) lançou seu site na internet. Convidamos todos a visitarem este novo instrumento de propaganda revolucionária.http://www.unidadevermelha.comViva a Juventude Combatente!
    Postado em 4 de abr de 2018 09:17 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • 2º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do Pará Divulgamos o cartaz e a carta convite a nós enviadas pela Liga dos Camponeses Pobres do Pará e Tocantins do importante 2º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do Pará a ser realizado em Marabá nos dias 7 e 8 de abril de 2018: Marabá, 10 de março de 2018 Aos Sindicatos e Associações de trabalhadores, Aos apoiadores da luta camponesa, Aos verdadeiros democratas, Convite Nos próximos dias 7 e 8 de abril realizaremos o 2º Encontro Camponês do Sul e Sudeste do Pará, no Centro de Cabanagem, na cidade de Marabá. Nesse momento de profunda crise política, econômica e moral que vive nosso país em que se ameaça a volta do regime militar, que já se iniciou com a ...
    Postado em 4 de abr de 2018 08:23 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Alemanha: primeiras fotos do 8 de março Informações de: http://defensapcp.blogspot.com.br/2018/03/deutschland-erste-bilder-zum-8-marz.html Na RFA, os Comitês Vermelhos de Mulheres e outras companheiras tem realizado ações contundentes em Hamburgo, Berlim e Bremen. Na cidade de Weimer tem participado cerca de 40 camaradas em ato informativo sobre o feminismo proletário. Também em Bremen e Berlim se mobilizou previamente com diversos atos. Seguem algumas imagens enquanto aguardamos informes mais informações.Pintura Mural em Berlim:Ato informativo em Bremen:Abaixo o patriarcado e o imperialismo!
    Postado em 15 de mar de 2018 05:32 por Movimento Feminino Popular Brasil
Exibindo postagens 1 - 6 de 17. Exibir mais »

artigos recentes

  • Tributo à Companheira Elzita A seguir publicamos o tributo à nossa companheira Elzita, que faleceu no dia 21 de Outubro de 2011. Elzita é uma heroína do nosso povo, uma das fundadoras do MFP - Movimento Feminino Popular e da LCP - Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia. Tributo à Companheira ElzitaCompanheira Elzita, companheira de luta, uma grande mulher do povo Elzita Rodrigues Silva nasceu em 14 de Agosto de 1949, em Santa Rosa de Lima, então povoado distrito de Montes Claros. Filha mais velha de uma família camponesa de doze pessoas. No dia 21 de outubro de 2011 ela faleceu no Hospital Dilson Godinho (antigo Hospital São Lucas), em Montes Claros, após complicações de uma cirurgia de ...
    Postado em 1 de mai de 2018 17:33 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Companheira Sandra Lima: presente na luta! A seguir publicamos artigo do jornal A Nova Democracia em homenagem a nossa querida dirigente Sandra Lima.Companheira Sandra Lima: presente na luta!A Nova Democracia - Ano XV, nº 175, 2ª quinzena de Agosto de 2016JOÃO ANTÔNIO | MÁRIO LÚCIO DE PAULA As mulheres sustentam sobre seus ombros a metade do céu e devem conquistá-lo.Mao Tsetung “O nosso país e nosso mundo são um fogo de monturo. As revoltas contra a opressão, exploração, preconceitos, são um braseiro, estão se gestando. As rebeliões que estamos vendo até agora são labaredas, explosões que ocorrem aqui e acolá. Esse mundo se levantará parte por parte para derrotar esse sistema de ódio, de opressão e de miséria, para dar lugar a um ...
    Postado em 4 de abr de 2018 18:23 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Despertar a fúria revolucionária da mulher! Com entusiasmo e júbilo revolucionários neste 06 de março de 2018 lançamos site do MFP – Movimento Feminino Popular. Nele publicaremos um conjunto de artigos, textos clássicos do marxismo sobre a questão da opressão feminina, biografias, notícias, imagens e vídeos frutos de quase 20 anos de investigação e pesquisa científica junto a luta do proletariado do nosso país. Esta data é marcada pelos 63 anos do nascimento de nossa querida companheira Sandra Lima, que faleceu no dia 27 de julho de 2016. A companheira Sandra é uma heroína do proletariado revolucionário, infatigável lutadora que dedicou sua vida à luta pela revolução em nosso país como parte da revolução proletária mundial. Era uma comunista convicta, defensora do marxismo-leninismo-maoísmo, principalmente maoísmo ...
    Postado em 17 de mar de 2018 07:35 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Periódico El Pueblo de Chile: O feminismo proletário e o caminho para a libertação da mulher EL FEMINISMO PROLETARIO Y EL CAMINO PARA LA LIBERACIÓN DE LA MUJER Por Periódico El Pueblo Por Comité Movimiento Femenino Popular (MFP) Publicado en la edición impresa n° 67 de Periódico El Pueblo, marzo de 2018. La mujer popular es parte importante del ascenso de la lucha de las masas. Hoy en el seno de las organizaciones de mujeres se inicia una lucha entre el feminismo proletario y el feminismo burgués. Madres, esposas, trabajadoras, luchadoras, buscan camino, por lo tanto es un asunto de primer orden que sea la ideología de la clase obrera la que guíe sus pasos. La idea de mujer, reflejo de la política y la economía En toda sociedad, las ideas que predominan son reflejo de ...
    Postado em 10 de mar de 2018 08:12 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • Agrava-se a crise do imperialismo, cresce a luta revolucionária dos povos! Agrava-se a crise do imperialismo, cresce a luta revolucionária dos povos! O mundo está sacudido por grandes tormentas provocadas, por um lado, pela crise geral resultante da decomposição e afundamento do imperialismo que se expressa principalmente no incremento das guerras de rapina pela repartilha do mundo, agudizando a contradição principal entre nações oprimidas e imperialismo; por outro lado, pela reação das massas populares contra a exploração e opressão e resistências às guerras de rapinas e de agressões contra seus países e principalmente pelas guerras populares dirigidas por partidos comunistas maoístas no Peru, Índia, Filipinas e Turquia, ademais das greves e revoltas populares nos próprios países imperialistas e principalmente das greves e revoltas camponesas e de povos originários nos países ...
    Postado em 7 de mar de 2018 20:51 por Movimento Feminino Popular Brasil
  • A crise no país aumenta a violência sobre as mulheres Só a revolução porá fim a esta violência A crise no país aumenta a violência sobre as mulheres Só a revolução porá fim a esta violência   Os índices de violência contra as mulheres no Brasil vêm aumentando ano após ano e ultrapassaram os 5 milhões de mulheres agredidas fisicamente no ano de 2017 (segundo estatísticas oficiais), mas há investigações que estimam que em um ano o número de mulheres agredidas fisicamente possa chegar à cifra de 19 milhões. No ano de 2015 aconteceram 1 estupro a cada 11 minutos e estes foram somente os dados registrados. Estima-se que estes sejam apenas 10% do total dos casos que realmente acontecem. Ou seja, o Brasil pode ter a taxa de quase meio milhão de estupros de mulheres a cada ...
    Postado em 9 de mar de 2018 12:20 por Movimento Feminino Popular Brasil
Exibindo postagens 1 - 6 de 7. Exibir mais »