Fragmentos de placa de ouro para adorno


A Anta Grande do Zambujeiro na memória do arqueólogo Henrique Leonor Pina        

 Os dois pequenos fragmentos de ouro laminado por martelagem, com decoração geométrica espinhada, recolhidos na Anta Grande do Zambujeiro, em Évora, no decurso de escavações empreendidas por Henrique Leonor Pina, remontam ao período Calcolítico, e fazem parte do conjunto dos mais antigos documentos do trabalho desse metal no território nacional. O seu tipo de ornamentação é similar ao existente nas placas de xisto, báculos e peças de cerâmica coevas.

ME 4386/1-2

cronologia: Calcolítico

matéria: ouro

proveniência: Anta Grande do Zambujeiro, 1987

Foto: © IPM/DDF. Fotógrafo José Pessoa