Notícias‎ > ‎

Igreja Ligada a Cunha é assaltada!

postado em 21 de dez de 2015 02:42 por Gustavo Coutinho
Roubo aconteceu  por volta das 21h30 durante o culto na Assembleia de Deus no Botafogo, em Campinas Roubo aconteceu por volta das 21h30 durante o culto na Assembleia de Deus no Botafogo, em Campinas
 Igreja Assembleia de Deus, ministério Madureira, que foi supostamente usada pelo presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB) para receber dinheiro de propina no esquema de corrupção da Petrobras, foi alvo de bandidos na noite de quarta-feira (16).
O assalto ocorreu durante o culto. Quatro homens, um deles armado de revólver, se passaram por fiéis e roubaram o dinheiro do dízimo. Um dos ladrões estava de terno. Poucos membros perceberam a ação dos criminosos. Três dos ladrões foram presos na fuga. O dinheiro, cujo montante não foi divulgado, não foi recuperado.
O assalto ocorreu por volta das 21h30, quando já estava na metade do culto. Cerca de 500 pessoas estavam na igreja. Os bandidos se infiltraram no templo como fiéis e no decorrer do culto foram para os fundos do prédio, onde fica o setor administrativo.
A tesouraria fica no andar superior.
Um pastor que tem a função de supervisor administrativo, de 60 anos, estava na tesouraria quando recebeu uma ligação da presidência da igreja, que queria falar com um dos pastores da igreja, um aposentado de 75 anos. O supervisor foi até o templo e avisou o idoso para atender a ligação. “Fiquei no culto e ele seguiu até a tesouraria, mas foi rendido quando subia as escadas. Outros criminosos já estavam quebrando a janela da sala com uma marreta”, contou o supervisor. O idoso foi agredido, mas passa bem.
Alguns fiéis que estavam na igreja ouviram o barulho e foram ver o que ocorria, momento que um dos criminosos correu para o estacionamento e foi detido pelos fiéis. O bandido que estava engravatado conseguiu escapar. Outro bandido saiu por um portão lateral, mas foi perseguido por um policial que participava do culto e que percebeu a movimentação. Ele já estava na rua quando se virou e atirou contra o policial, que revidou.
Ninguém se feriu. Os tiros acertaram um carro HB20, de uma publicitária de 33 anos, que estava em uma escola técnica nas proximidades. O veículo estava estacionado na Rua Barão de Parnaíba. O ladrão conseguiu correr e subiu em uma moto CG 150, onde havia um comparsa já aguardando.
A dupla foi presa por outros policiais militares que faziam patrulhamento pelas ruas da Vila Industrial. Eles viram a motocicleta em alta velocidade, com o garupa sem capacete, e iniciaram uma perseguição. Os dois acabaram se rendendo e foram levados para o 1º Distrito Policial (DP) onde já estava o comparsa que foi detido pelos fiéis.
O trio foi identificado como o montador Edcarlos Alves Vieira, de 38 anos, o garçom Francisco Martins de Oliveira, de 42 anos, e o eletricista Wellington Cezarino Mauro, de 19 anos. Eles foram reconhecidos pelas vítimas, presos em flagrantes e encaminhados para a cadeia anexa ao 2º DP.
A arma e a marreta foram apreendidas. A igreja fica a cerca de 50 metros do complexo da 1º Delegacia Seccional. “A igreja é aberta a todos e não fazemos restrições a ninguém. Não tem como saber se uma pessoa é visita ou ladrão”, disse o pastor supervisor.
 fonte Correio.RAC
Comments