Notícias‎ > ‎

Goleiro do Real Madrid: “Pra mim, Jesus é mais importante que a Champions”

postado em 28 de mai de 2018 07:20 por Gustavo Coutinho

Keylor Navas entrou pra história ao conquistar, com a esquipe, três taças seguidas da competição


O goleiro costa-riquenho Keylor Navas, do Real Madrid, entrou para história ao conquistar a terceira taça da Champion League da Europa, considerada a competição mais difícil do mundo.

O Real venceu o Liverpool em Kiev neste sábado, pelo placar de 3 a 1. Mas a trajetória do arqueiro não foi isenta de desafios. Após a sua primeira temporada na equipe, quase foi negociado. Acabou dando a volta por cima e hoje é um jogador consagrado tanto na seleção de seu país natal quanto no futebol espanhol.

Em entrevista recente ao jornal espanhol ABC, Navas disse que a fé é a coisa mais importante de sua vida.

“Deus tem um propósito para cada pessoa. Lembro-me bem que quando falavam que eu seria vendido, eu e minha esposa oramos e dissemos a Deus que, se ele quisesse que eu ficasse [no Real], ficaria muito feliz…. Sempre pedi a Deus que me desse a oportunidade de escrever minha história neste clube. As coisas não acontecem por acaso. Aqui estou eu, escrevendo minha história e ganhando títulos”, afirmou.

Evangélico praticante, Navas lidera em Madri um grupo de estudo bíblico chamado de ‘Theos Place’, que funciona como uma igreja caseira. “Nosso objetivo é que todas as pessoas possam ter um relacionamento com Deus, se aproximem dele, leiam e entendam a Bíblia, e orem”, explica.

“Nos reunimos todas as quintas-feiras, às 20h30, quando alguém faz um breve prédica ou assistimos a uma pregação. Também temos estudos bíblicos às segundas, terças e sextas-feiras. São pequenos grupos de 8 a 10 pessoas, com um líder que estudou e conhece a Bíblia muito bem e ajuda os participantes a compreendê-la melhor”, destacou o jogador. Ele preferiu não quis revelar quais jogadores do Real Madrid participam.

O atleta, que no mês que vem estará na Rússia defendendo a Costa Rica, que está no mesmo grupo que o Brasil, surpreende ao dizer que “o futebol é uma bênção de Deus, mas ganhar a Champions não é a coisa mais importante da minha vida”.

Fonte Gospel Prime

Comments