Em 1995, de uma história de amor, nasceu o B.Leza.

Na sala nobre do Palácio Almada Carvalhais a música de Cabo Verde dançou, em Lisboa. Reconhecendo a cidade como espaço natural de encontro das gentes que a história juntou, o B.Leza abraçou artistas de Moçambique, Angola, Brasil e tantos outros que fizeram do palco o pretexto para a vida acontecer.

O Palácio fechou portas mas a história não acabou.

O B.Leza (re)encontra agora o Tejo e o seu público para, com nova casa, receber velhos amigos e com eles cantar a poesia e a magia da cultura lusófona.

A partir do dia 2 de Março vamos poder ouvir de novo:


«Boa noite, bem vindos ao B.Leza!»