Plantas‎ > ‎Angiospermas‎ > ‎Loranthaceae‎ > ‎

Struthanthus polyrhizus


Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Santalales
Família: Loranthaceae
Espécie: 
Struthanthus polyrhizus
 (Mart.) Mart.

Sinônimos:
Struthanthus
 polyrhizus
 var.
 oblongifolius
 Eichler

Struthanthus polyrhizus
 (Mart.) Mart.
 
var.
 polyrhizus

Nome(s) Popular(es): Erva-de-passarinho, erva-de-passarinho-miúda, erva-de-passarinho-de-folha-pequena 

Descrição:

Hemiparasitas decumbentes, bastante ramificadas, pouco folhosas. Raízes epicorticais na base da planta e ao longo de seus entrenós. Caules acinzentados, densamente lenticelados, quando jovens angulosos, adulto cilíndricos; entrenós 5-7(-9) x 0,2 cm compr. Folhas semi-coriáceas, pecioladas, opostas a sub-opostas, verde escuro, glabras; pecíolo 0,5-1-2 x 0,1 cm; lâmina obovada 2,5-4 x 1,5-3 cm, base estreita a aguda, ápice emarginado, acuminado, venação adaxial eucamptódroma, nervura central proeminente na face abaxial. Inflorescências em corimbos sésseis de tríades, 1 por axila, 4-5 cm compr., com 3-4 pares de 37 tríades, pedúnculo 0,5 cm compr., ramos da inflorescência angulosos. Flores sésseis, unissexuadas, bracteadas, botões cilíndrico; calículo íntegro na forma de bainha, verde; corola com 6 pétalas, 0,3-0,5 x 0,1 cm, valvares, creme-avermelhado; masculinas estames 6 epipétalos, dimórficos, 3 maiores, 3 menores, alternos, maiores 0,5 x 0,1 cm, menores 0,3 x 0,1 cm, anteras cordadas apiculadas, dorsifixas, inclusas; femininas ovário côncavo, obovado, unilocular, estilete cilíndrico 0,3-0,4 cm compr., apresentando estaminóides de tecas compressas, filiformes Fruto baga elíptica, 0,8 x 0,4 cm, avermelhado, glabro (Vasconcelos, 2011).

Usos:

Nenhum encontrado.

"Malefícios":

Frequentemente encontrada em árvores urbanas e pomares comerciais, esta planta é capaz de causar grandes danos às árvores que parasita em infestações muito grandes.

Referências:

Caires, C.S.Dettke, G.A. 2012. Loranthaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB008722).

Rizzini, C.T. 1968. Lorantáceas in: Reitz, P.R. Flora Ilustrada Catarinense. Herbário Barbosa Rodrigues, Itajaí, SC. 44p.

ROTTA, E.OLIVEIRA, Y. M. M. deARAÚJO, A. J. deINOUE, M. T. Reconhecimento prático de cinco espécies de erva-de-passarinho na arborização de Curitiba, PR. Colombo: Embrapa Florestas, 2005. 36 p. (Embrapa Florestas. Documentos, 112). Disponível em: <http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/303058/1/doc112.pdf>

Vasconcelos, G.C. de L. 2011. As Famílias Loranthaceae Juss. e Viscaceae Batsch no Estado da Paraíba. Monografia de Conclusão de Curso, Universidade Estadual da Paraíba. Campina Grande, PB. 




















Comments