RADIOCIÊNCIA - MATERIAL DIDÁTICO

©1976 Angelo Antonio Leithold

INSTITUTO DE AERONÁUTICA E ESPAÇO - IAE - FACULDADES INTEGRADAS ESPÍRITA - FIES

 ©2008 Plano Trabalho Progr Cientifico Convenio CRS UNIBEM  ©2006 CTA PLANO DE TRABALHO

 ©1985 Angelo Antonio Leithold © 1987-2010  Ângelo Antônio Leithold -  ©1995-2016  Professor  Ângelo Antônio Leithold py5aal



INSTITUTO DE FÍSICA ASTRONOMIA E CIÊNCIAS ESPACIAIS - IFAE



ASTROFÍSICA BIBLIOGRAFIA   FÍSICA BIBLIOGRAFIA  FÍSICA MODERNA BIBLIOGRAFIA


ÍNDICE

  • Teoria de antenas básico antenas. No projeto e montagem de antenas devemos levar em conta a sintonia, o tipo do elemento ativo, se dipolo aberto, dipolo dobrado, diâmetro do dipolo, sintonia em relação à terra, altura do solo, elementos parasitas (refletores e/ou diretores), acopladores, baluns, elementos interferentes, etc.... Se direcional , devemos levar em conta os fatores como distância entre elementos e suas dimensões, sintonia destes, blindagem eletromagnética, além de ter que conhecer como funciona a propagação de rf, dentre outros determinantes de sua construção. Jamais esquecer das perdas inseridas ao sistema pela linha de transmissão e cabos coaxiais, por descasamento ou variação dos campos circundantes, bem como da relação frente/costas (exemplo antenas Yagi-Uda) entre outros interferentes e concomitantes, quer objetos ou sistemas metálicos próximos à antena (calhas, mastros, varais, etc).

  • A Anomalia Magnética do Atlântico Sul, AMAS ou SAA (do inglês, South Atlantic Anomaly) é uma região onde a parte mais interna do cinturão de Van Allen, tem a máxima aproximação com a superfície da Terra. O resultado é que para uma dada altitude, a intensidade de radiação é mais alta nesta região do que em qualquer outra, observar que na figura 1 existem diferentes tonalidades de azul, estas indicam uma menor ''blindagem'' propiciada pelo campo magnético da Terra [1]. Observações das variações do ruído de fundo em diversas freqüências realizadas no município de Paula Freitas, Paraná, no Campus de Pesquisas Geofísicas Major Edsel de Freitas Coutinho, sugerem que o nível de ruído tem uma variação significativa na região da anomalia, presume-se que isto ocorre devido campo magnético menor que o esperado para a região. Trabalhos de pesquisas estão monitorando este nível de ruído e comparando-o com dados provenientes dos satélites GOES que medem as partículas cósmicas que chegam do Sol.

  • Na parte superior da Atmosfera, ou no seu topo, existe uma região ionizada partir de 50~60 Km de altitude, até uma distância indeterminada, arbitrada em torno de 550~600 Km (Dependendo do autor). Nesta existe grande quantidade de íons gerados pelas influências da radiação de partículas cósmicas e solares. As partículas carregadas eletricamente são chamadas íons, que são átomos ou moléculas de elementos gasosos que ganharam ou perderam elétrons, apresentando portanto, carga elétrica negativa (chamados ânions) ou carga elétrica positiva (chamados cátions). Levando-se em conta a distribuição e densidade iônica, esta região da atmosfera é dividida por camadas (Ou regiões) segundo propriedades físico-químicas e é sujeita a variações geográficas, temporais e à dinâmica terrestre e celeste

  • Balun, entre antenas e transceptor, num sistema de transmissão, o rendimento é muito importante, também o casamento de impedâncias antena transceptor. O presente artigo, escrito em 1975, procura simplificar o porquê da instalação de baluns entre antena e transmissor.

  • Para construir a antena de quadro de dois elementos, não é necessário Baluns, etc, basta adequar a antena regulando a distância entre os elementos. Claro, que para operar numa gama maior dentro da faixa escolhida, é necessário o uso de algum tipo de acoplamento. O uso do Gamma é melhor aceitável nas antenas 'de quadro simples' e nas antenas de 'quadro de dois elementos ou mais'. Para fazer a antena de dois elementos (Quadra-cúbica) basta olhar os ábacos deste documento.

  • São percebidas alterações drásticas na temperatura média do planeta com aumento de 0,8º C em comparação com níveis anteriores à Revolução Industrial. É possível considerar que a mudança climática já tenha alcançado pessoas e ecossistemas com amplos efeitos. Uma crescente preocupação ocorre entre cientistas espaciais, ambientalistas, governos e a população mais informada. Devido aquecimento global, a humanidade enfrentará alterações ambientais extremas. Numa dada região da Terra em especial, a intensidade de radiação e chegada de partículas mais pesadas, é mais alta do que em qualquer outra parte do Planeta. O campo magnético, não retém as radiações nos mais diversos comprimentos de ondas provindas do espaço, porque a parte mais interna do cinturão de Van Allen , tem a máxima aproximação com o solo. A este efeito, se dá o nome de “Anomalia Magnética do Atlântico Sul”, (AMAS ou SAA, do inglês, South Atlantic Anomaly) .

  • IONOSFERA, Excessão à regra ocorre, onde são menores a quantidade de água, vapor desta e a espessura da troposfera, como nos desertos e cordilheiras de grande altitude. Na baixa atmosfera, o ar se desloca tanto no sentido horizontal gerando os ventos, quanto no vertical, alterando a pressão. Pois, por diferenças de temperatura, a massa aérea aquecida sobe, e ao esfriar-se, desce e novamente, gerando assim um sistema oscilatório de variação de pressão atmosférica. Uma das maiores determinantes na distribuição do calor e umidade na atmosfera é a circulação do ar, pois esta ativa a evaporação média, dispersa as massas de ar quente ou frio conforme a região e o momento. Por conseqüência caracteriza os tipos climáticos, e gera turbulências que interferem nas camadas iônicas

  • A definição de antena pode variar conforme o fim a que se destina. Numa forma mais geral, é um dispositivo desenhado de maneira a transmitir ou receber energia. Quando no modo recepção, converte ondas eletromagnéticas em correntes elétricas, na transmissão, ocorre o contrário, transforma corrente elétrica em onda eletromagnética.Também se a pode definir como uma estrutura metálica com determinada área e comprimento que pode ressonar na freqüência requerida quando ressonante, ou pode ser "condicionada" a responder em freqüências diversas, quando não ressonante. É o elo mais importante da cadeia de transmissão-recepção por radiofreqüência.

  • ASSEDIO MORAL LINKS E BIBLIOGRAFIA

  • Amplificador de áudio de alta potência 500 w rms.

  • O maior agente de ionização da ionosfera, é o Sol, cuja radiação nas bandas de raio X, e ultravioleta, insere grande quantidade de elétrons livres em seu meio. Os meteoritos e raios cósmicos também são responsáveis pela presença secundária de íons na região. Na ionosfera a densidade de elétrons livres é variável de acordo com a hora do dia, estação do ano, e ás variações da composição química da alta atmosfera. A cada 11 anos, obedecendo ao ciclo das manchas solares, a densidade de elétrons e a composição da ionosfera sofrem mudanças radicais, podendo inclusive bloquear totalmente as comunicações em HF.

  • O índice da atividade geomagnética da Terra pode ser importante indicador da detecção e previsão do ciclo solar. O índice combina a atividade geomagnética IHV com as proeminências, chamas solares e a ejeção de massa coronal. Estes fenômenos estão associados à outra componente, a taxa de ionização da atmosfera da Terra, causada pela variação de velocidade do vento solar. Detecções recentes mostram que as variações da mínima atividade solar são indicadores bastante confiáveis da magnitude do próximo pico. Por exemplo, o recente máximo do segundo componente, indica que a atividade solar do ciclo 24 será muito acima da média, provavelmente semelhante aos ciclos 21 e 22 com grande número de manchas. A Terra nos próximos anos, portanto, sofrerá importantes impactos e é extremamente interessante acompanhar as mudanças de nível iônico da atmosfera.

  • VARIAÇÃO DE GANHO VERSUS IMPEDÂNCIA EM RELAÇÃO À VARIAÇÃO DE DISTÂNCIA ENTRE ELEMENTOS EM ANTENAS YAGI DOIS ELEMENTOS by LEITHOLD, ANGELO ANTONIO, 1983 PY5AAL

  • O ciclo solar, também conhecido como ciclo solar de Schwabe mostra a atividade do Sol em intervalos de aproximadamente 11 anos. A observação do Sol em todos os comprimentos de onda pode ser considerada de fundamental importância para a compreensão do cosmos, ou seja, é o primeiro passo em direção ao espaço. Seu estudo possibilita a busca o conhecimento das teorias necessárias para entender os fenômenos e suas causas, inclusive além do Sistema Solar. O Sol pode ser visto como um grande "reator nuclear", neste, cerca de 600 milhões de toneladas de Hidrogênio são transformadas em 596 milhões de toneladas de Hélio. Os 4 milhões de toneladas restantes são "energia", e, a maior parte luminosa.

  • O sistema elétrico norte-americano, apesar de ser um dos mais avançados do planeta e da alta tecnologia empregada em sistemas de controle e distribuição, é extremamente vulnerável à falhas que poderão ser geradas a partir de explosões solares que podem ocorrer sem aviso prévio enquanto não forem desenvolvidas ferramentas de previsão. Os prejuízos em caso de apagão, podem facilmente, em questão de horas, ultrapassar a casa de um bilhão de dólares. Segundo um estudo de 132 páginas financiado pela NASA, e executado pela Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, cujo título é "Eventos do Clima Espacial Severo, Entendendo os Impactos Sociais e Econômicos", com alta tecnologia, no caso da ocorrência de uma "super chama solar" seguida por uma tormenta geomagnética extrema, praticamente nada é imune ao clima espacial.

  • ÂNGELO ANTÔNIO LEITHOLD ESTUDO DE ANTENAS GRÁFICO DE VARIAÇÃO DE IMPEDÂNCIAS ANTENAS – VERTICAL HORIZONTAL CURITIBA 1988 VARIAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE IRRADIAÇÃO EM DIPOLOS DE MEIA-ONDA, EM FUNÇÃO DA ALTURA DO SOLO, EM POLARIZAÇÕES HORIZONTAL E VERTICAL (PY5AAL - ANGELOLEITHOLD)

  • 61 p. Computadores_Ensino_fisica_LEITHOLD, A. A.

  • Utilizando um computador como osciloscópio

  • Nas manchas solares existe um campo magnético com intensidade ''média'' de 0,3 T. Observando-as é percebido uma forma de ''tubo'' no seu fluxo magnético que se forma sob fotoesfera. A pressão e densidade varia à medida em que locomovem. No momento em que as linhas de fluxo variam e a mancha se desloca em direção à fotosfera aparece uma região com um brilho cerca de 10% Mais intensa. As colunas de convecção provindas do interior do Sol sofrem movimentos de rotação, semelhantes à bolhas que se deslocam para cima num caldeirão fervente, assim, aquele formato de um tubo magnético se torce devida à rotação diferencial. Assim, à partir de um certo limite, caso a tensão interna aumenta, há movimentos de torções das linhas de campo, e há uma certa inibição em sua propagação, reduzindo a temperatura por transferência de energia desde o interior do Sol à superfície. Devida à torção das linhas de campo, podem aparecer na superfície duas manchas cuja polaridade magnética é oposta entre si. Ao observar as ondas de baixa frequência que se propagam pela fotosfera uma estrutura intrincada no interior das manchas, isto ocorre porque abaixo de si é formado um vórtice giratório que concentra as linhas de campo, semelhantes à ciclones. Ao se apresentar de forma bipolar, as manchas solares têm componentes cujas polaridades magnéticas são opostas, o Efeito Zeeman consiste no desdobramento das raias espectrais, este é devido o campo magnético. Assim, é possível determinár a intensidade e polaridade das manchas e que seu número varia a cada 11 anos, e sua polaridade predominante a cada ciclo se inverte a cada 22 anos, formando um segundo ciclo.

  • O plasma pode ser definido como um gás constituído por partículas carregadas livres (Íons) com uma dinâmica própria que apresenta efeitos no todo, estes são dominados por interações eletromagnéticas, cujo alcance é bastante longo no meio. Tasmbém pode ser definido como um estado de agregação da matéria, cujas características são diferentes do estado gasoso, pois neste não existem efeitos coletivos. O plasma contém uma quantidade iônica equilibrada, ou seja, igual número de cargas positivas e negativas, assim, a carga total do sistema pode ser considerada nula, o que configura uma neutralidade global. Dependendo de certas condições em sua formação e composição, o plasma pode ser instável, chamado também de 'não neutro'. Um exemplo seria o fluxo de elétrons dentro de um acelerador de partículas, que requer um confimnamento externo para vencer as forças eletrostáticas de repulsão.Assim, podem existir diferentes cargas no interior de um plasma, elétrons, íons positivos (Cátions) e íons negativos (Ânions).

  • A operação Starfish-Prime foi um teste nuclear de alta altitude executado pelos Estados Unidos no dia 9 de julho de 1962, realizado pela Agência de Apoio Defesa Atômica (DASA) e a Comissão de Energia Atômica (AEC). O artefato nuclear foi lançado por um foguete de Thor que levou uma ogiva de combate termonuclear W49 (fabricada no laboratório científico de Los Alamos) , o artefato foi detonado a 400 quilômetros de altitude sobre as Ilhas Johnston no Oceano Pacífico. A explosão da Bomba nuclear sobre o Planeta Terra fazia parte de uma operação chamada Operação Dominic.

  • A utilização de computadores antigos e ultrapassados (Sucateados) como instrumentos de medição para o ensino da Física é abordada no pre

  • A Atmosfera é uma fina camada que envolve o globo terrestre composta de gases, retida pela gravidade. Segundo O. Ayoade podemos definir que a atmosfera pode ser descrita como uma fina camada de gases sem cheiro, sem cor e sem gosto, presa à Terra pela força da gravidade (in: Introdução à climatologia dos Trópicos), Meteorologia. Visto do espaço, o planeta Terra aparece como uma esfera de coloração azul brilhante. Esse efeito cromático é produzido pela dispersão da luz solar sobre a atmosfera, esta existe em outros planetas do sistema solar que também possuem atmosfera.



MATERIAL DIDÁTICO

Ċ
Angelo Leithold,
30 de jun de 2012 19:43
Ċ
Angelo Leithold,
30 de jun de 2012 19:48
Ċ
Angelo Leithold,
30 de jun de 2012 19:59
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:45
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:45
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:49
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:50
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:49
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:49
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:49
Ċ
Uni Bem,
3 de mar de 2010 03:36
Ċ
Uni Bem,
27 de fev de 2010 04:48
Ċ
Angelo Leithold,
30 de jun de 2012 19:40
Comments