Leia a Bíblia‎ > ‎Gênesis‎ > ‎

Gênesis capítulos 11-15

GEN 11:1 Era, então, toda a terra de uma língua e umas mesmas palavras.
GEN 11:2 E aconteceu que, quando se partiram do oriente, acharam um vale na terra de Sinear; e ali passaram a habitar.
GEN 11:3 E disseram uns aos outros: Vinde, façamos tijolos e o cozamos com fogo. E foi-lhes os tijolos em lugar de pedra, e o betume em lugar de argamassa.
GEN 11:4 E disseram: Vamos, edifiquemo-nos uma cidade e uma torre, cuja ponta chegue ao céu; e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
GEN 11:5 E desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre que edificavam os filhos dos homens.
GEN 11:6 E disse o SENHOR: Eis que o povo é um, e todos estes têm uma língua; e começaram a agir, e nada lhes restringirá agora do que pensaram fazer.
GEN 11:7 Agora, pois, desçamos, e confundamos ali suas línguas, para que ninguém entenda a fala de seu companheiro.
GEN 11:8 Assim os espalhou o SENHOR desde ali sobre a face de toda a terra, e deixaram de edificar a cidade.
GEN 11:9 Por isto foi chamado o nome dela Babel, porque ali confundiu o SENHOR a língua de toda a terra, e desde ali os espalhou sobre a face de toda a terra.
GEN 11:10 Estas são as gerações de Sem: Sem, de idade de cem anos, gerou a Arfaxade, dois anos depois do dilúvio.
GEN 11:11 E viveu Sem, depois que gerou a Arfaxade quinhentos anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:12 E Arfaxade viveu trinta e cinco anos, e gerou a Salá.
GEN 11:13 E viveu Arfaxade, depois que gerou a Salá, quatrocentos e três anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:14 E viveu Salá trinta anos, e gerou a Héber.
GEN 11:15 E viveu Salá, depois que gerou a Héber, quatrocentos e três anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:16 E viveu Héber trinta e quatro anos, e gerou a Pelegue.
GEN 11:17 E viveu Héber, depois que gerou a Pelegue, quatrocentos e trinta anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:18 E viveu Pelegue, trinta anos, e gerou a Reú.
GEN 11:19 E viveu Pelegue, depois que gerou a Reú, duzentos e nove anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:20 E Reú viveu trinta e dois anos, e gerou a Serugue.
GEN 11:21 E viveu Reú, depois que gerou a Serugue, duzentos e sete anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:22 E viveu Serugue trinta anos, e gerou a Naor.
GEN 11:23 E viveu Serugue, depois que gerou a Naor, duzentos anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:24 E viveu Naor vinte e nove anos, e gerou a Terá.
GEN 11:25 E viveu Naor, depois que gerou a Terá, cento e dezenove anos, e gerou filhos e filhas.
GEN 11:26 E viveu Terá setenta anos, e gerou a Abrão, e a Naor, e a Harã.
GEN 11:27 Estas são as gerações de Terá: Terá gerou a Abrão, e a Naor, e a Harã; e Harã gerou a Ló.
GEN 11:28 E morreu Harã antes que seu pai Terá na terra de seu nascimento, em Ur dos caldeus.
GEN 11:29 E tomaram Abrão e Naor para si mulheres: o nome da mulher de Abrão foi Sarai, e o nome da mulher de Naor, Milca, filha de Harã, pai de Milca e de Iscá.
GEN 11:30 Mas Sarai era estéril, e não tinha filho.
GEN 11:31 E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de Abrão seu filho: e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã: e vieram até Harã, e assentaram ali.
GEN 11:32 E foram os dias de Terá duzentos e cinco anos; e morreu Terá em Harã.
GEN 12:1 Porém o SENHOR disse a Abrão: Vai-te de tua terra e de tua parentela, e da casa de teu pai, à terra que te mostrarei;
GEN 12:2 E farei de ti uma grande nação, e te abençoarei, e engrandecerei teu nome, e serás bênção:
GEN 12:3 E abençoarei aos que te abençoarem, e aos que te amaldiçoarem amaldiçoarei: e serão benditas em ti todas as famílias da terra.
GEN 12:4 E foi-se Abrão, como o SENHOR lhe disse; e foi com ele Ló: e era Abrão de idade de setenta e cinco anos quando saiu de Harã.
GEN 12:5 E tomou Abrão a Sarai sua mulher, e a Ló filho de seu irmão, e todos os seus pertences que haviam ganhado, e as almas que haviam adquirido em Harã, e saíram para ir à terra de Canaã; e à terra de Canaã chegaram.
GEN 12:6 E passou Abrão por aquela terra até o lugar de Siquém, até o carvalho de Moré: e os cananeus estavam então na terra.
GEN 12:7 E apareceu o SENHOR a Abrão, e lhe disse: À tua descendência darei esta terra. E edificou ali um altar ao SENHOR, que lhe havia aparecido.
GEN 12:8 E passou-se dali a um monte ao oriente de Betel, e estendeu sua tenda, tendo a Betel ao ocidente e Ai ao oriente: e edificou ali altar ao SENHOR e invocou o nome do SENHOR.
GEN 12:9 E moveu Abrão dali, caminhando e indo até o Sul.
GEN 12:10 E houve fome na terra, e desceu Abrão ao Egito para peregrinar ali; porque era grande a fome na terra.
GEN 12:11 E aconteceu que quando estava para entrar no Egito, disse a Sarai sua mulher: Eis que, agora conheço que és mulher bela à vista;
GEN 12:12 E será que quando te houverem visto os egípcios, dirão: Sua mulher é: e matarão a mim, e a ti te preservarão a vida.
GEN 12:13 Agora, pois, dize que és minha irmã, para que eu vá bem por tua causa, e viva minha alma por causa de ti.
GEN 12:14 E aconteceu que, quando entrou Abrão no Egito, os egípcios viram a mulher que era bela em grande maneira.
GEN 12:15 Viram-na também os príncipes de Faraó, e a elogiaram; e foi levada a mulher a casa de Faraó:
GEN 12:16 E fez bem a Abrão por causa dela; e teve ovelhas, e vacas, e asnos, e servos, e criadas, e asnas e camelos.
GEN 12:17 Mas o SENHOR feriu a Faraó e à sua casa com grandes pragas, por causa de Sarai mulher de Abrão.
GEN 12:18 Então Faraó chamou a Abrão e lhe disse: Que é isto que fizeste comigo? Por que não me declaraste que era tua mulher?
GEN 12:19 Por que disseste: “É minha irmã”, pondo-me em risco de tomá-la para mim por mulher? Agora, pois, eis aqui tua mulher, toma-a e vai-te.
GEN 12:20 Então Faraó deu ordem a seus homens acerca de Abrão; e lhe acompanharam, e à sua mulher com tudo o que tinha.
GEN 13:1 Subiu, pois, Abrão do Egito até o Sul de Canaã, ele e sua mulher, com tudo o que tinha, e com ele Ló.
GEN 13:2 E Abrão era riquíssimo em gado, em prata e ouro.
GEN 13:3 E voltou por suas jornadas da parte do Sul até Betel, até o lugar onde havia estado antes sua tenda entre Betel e Ai;
GEN 13:4 Ao lugar do altar que havia feito ali antes: e invocou ali Abrão o nome do SENHOR.
GEN 13:5 E também Ló, que andava com Abrão, tinha ovelhas, e vacas, e tendas.
GEN 13:6 E a terra não os podia sustentar para que habitassem juntos; porque a riqueza deles era muita, e não podiam morar num mesmo lugar.
GEN 13:7 E houve briga entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló: e os cananeus e os ferezeus habitavam então na terra.
GEN 13:8 Então Abrão disse a Ló: Não haja agora briga entre mim e ti, entre meus pastores e os teus, porque somos irmãos.
GEN 13:9 Não está toda a terra diante de ti? Eu te rogo que te separes de mim. Se fores à esquerda, eu irei à direita: e se tu à direita, eu irei à esquerda.
GEN 13:10 E levantou Ló seus olhos, e viu toda a planície do Jordão, que toda ela era bem regada, antes que destruísse o SENHOR a Sodoma e a Gomorra, como o jardim do SENHOR, como a terra do Egito entrando em Zoar.
GEN 13:11 Então Ló escolheu para si toda a planície do Jordão: e partiu-se Ló ao Oriente, e separaram-se um do outro.
GEN 13:12 Abrão assentou na terra de Canaã, e Ló assentou nas cidades da planície, e foi pondo suas tendas até Sodoma.
GEN 13:13 Mas os homens de Sodoma eram maus e pecadores para com o SENHOR em grande maneira.
GEN 13:14 E o SENHOR disse a Abrão, depois que Ló se separou dele: Levanta agora teus olhos, e olha desde o lugar onde estás até o norte, e ao sul, e ao oriente e ao ocidente;
GEN 13:15 Porque toda a terra que vês, a darei a ti e à tua descendência para sempre.
GEN 13:16 E farei tua descendência como o pó da terra: que se alguém puder contar o pó da terra, também tua descendência será contada.
GEN 13:17 Levanta-te, vai pela terra ao longo dela e à sua largura; porque a ti a tenho de dar.
GEN 13:18 Abrão, pois, removendo sua tenda, veio e morou nos carvalhos de Manre, que é em Hebrom, e edificou ali altar ao SENHOR.
GEN 14:1 E aconteceu nos dias de Anrafel, rei de Sinear, Arioque, rei de Elasar, Quedorlaomer, rei de Elão, e Tidal, rei de nações,
GEN 14:2 Que estes fizeram guerra contra Bera, rei de Sodoma, e contra Birsa, rei de Gomorra, e contra Sinabe, rei de Admá, e contra Semeber, rei de Zeboim, e contra o rei de Belá, a qual é Zoar.
GEN 14:3 Todos estes se juntaram no vale de Sidim, que é o mar salgado.
GEN 14:4 Doze anos haviam servido a Quedorlaomer, e ao décimo terceiro ano se rebelaram.
GEN 14:5 E no ano décimo quarto veio Quedorlaomer, e os reis que estavam de sua parte, e derrotaram aos refains em Asterote-Carnaim, aos zuzins em Hã, e aos emins em Savé-Quiriataim.
GEN 14:6 E aos horeus no monte de Seir, até a El-Parã, que está junto ao deserto.
GEN 14:7 E voltaram e vieram a En-Mispate, que é Cades, e devastaram todas as terras dos amalequitas, e também aos amorreus, que habitavam em Hazazom-Tamar.
GEN 14:8 E saiu o rei de Sodoma, e o rei de Gomorra, e o rei de Admá, e o rei de Zeboim, e o rei de Belá, que é Zoar, e ordenaram contra eles batalha no vale de Sidim;
GEN 14:9 A saber, contra Quedorlaomer, rei de Elão, e Tidal, rei de nações, e Anrafel, rei de Sinear, e Arioque, rei de Elasar; quatro reis contra cinco.
GEN 14:10 E o vale de Sidim estava cheio de poços de betume: e fugiram o rei de Sodoma e o de Gomorra, e caíram ali; e os demais fugiram ao monte.
GEN 14:11 E tomaram toda a riqueza de Sodoma e de Gomorra, e todos os seus mantimentos, e se foram.
GEN 14:12 Tomaram também Ló, filho do irmão de Abrão, que morava em Sodoma, e sua riqueza, e se foram.
GEN 14:13 E veio um dos que escaparam, e denunciou-o a Abrão o hebreu, que habitava no vale de Manre, amorreu, irmão de Escol e irmão de Aner, os quais tinham feito pacto com Abrão.
GEN 14:14 E ouviu Abrão que seu irmão estava prisioneiro, e armou seus criados, os criados de sua casa, trezentos e dezoito, e seguiu-os até Dã.
GEN 14:15 E derramou-se sobre eles de noite ele e seus servos, e feriu-os, e foi os seguindo até Hobá, que está à esquerda de Damasco.
GEN 14:16 E recuperou todos os bens, e também a Ló seu irmão e sua riqueza, e também as mulheres e gente.
GEN 14:17 E saiu o rei de Sodoma a recebê-lo, quando voltava da derrota de Quedorlaomer e dos reis que com ele estavam, ao vale de Savé, que é o vale do Rei.
GEN 14:18 Então Melquisedeque, rei de Salém, tirou pão e vinho; o qual era sacerdote do Deus altíssimo;
GEN 14:19 E abençoou-lhe, e disse: Bendito seja Abrão do Deus altíssimo, possuidor dos céus e da terra;
GEN 14:20 E bendito seja o Deus altíssimo, que entregou teus inimigos em tua mão.
GEN 14:21 Então o rei de Sodoma disse a Abrão: Dá-me as pessoas, e toma para ti a riqueza.
GEN 14:22 E respondeu Abrão ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao SENHOR Deus altíssimo, possuidor dos céus e da terra,
GEN 14:23 Que desde um fio até a correia de um calçado, nada tomarei de tudo o que é teu, para que não digas: Eu enriqueci a Abrão:
GEN 14:24 Tirando somente o que os rapazes comeram, e a porção dos homens que foram comigo, Aner, Escol, e Manre; eles tomem a sua parte.
GEN 15:1 Depois destas coisas a palavra do SENHOR veio a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão; eu sou o teu escudo; a tua recompensa será muito grande.
GEN 15:2 Abrão respondeu: Senhor DEUS, que me darás, sendo que não tenho filho, e o herdeiro da minha casa é Eliézer de Damasco?
GEN 15:3 Disse mais Abrão: Eis que não me deste descendência, e eis que meu herdeiro é um nascido em minha casa.
GEN 15:4 E logo a palavra do SENHOR veio a ele dizendo: Não esse não herdará de ti, mas sim o que sairá de tuas entranhas será o que de ti herdará.
GEN 15:5 E tirou-lhe fora, e disse: Olha agora aos céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E lhe disse: Assim será tua descendência.
GEN 15:6 E creu ao SENHOR, e contou-lhe por justiça.
GEN 15:7 E disse-lhe: Eu sou o SENHOR, que te tirei de Ur dos caldeus, para dar-te a herdar esta terra.
GEN 15:8 E ele respondeu: Senhor DEUS, com que saberei que a vou herdar?
GEN 15:9 E lhe disse: Separa-me uma bezerra de três anos, e uma cabra de três anos, e um carneiro de três anos, uma rolinha também, e um pombinho.
GEN 15:10 E tomou ele todas estas coisas, e partiu-as pela metade, e pôs cada metade uma em frente de outra; mas não partiu as aves.
GEN 15:11 E desciam aves sobre os corpos mortos, e enxotava-as Abrão.
GEN 15:12 Mas ao pôr do sol veio o sono a Abrão, e eis que o pavor de uma grande escuridão caiu sobre ele.
GEN 15:13 Então disse a Abrão: Tem certeza que a tua descendência será peregrina em terra que não é sua, e serão escravizados e afligidos por quatrocentos anos.
GEN 15:14 Mas também a nação a quem servirão, eu julgarei; e depois disto sairão com grande riqueza.
GEN 15:15 Tu, porém, virás aos teus pais em paz, e serás sepultado em boa velhice.
GEN 15:16 E na quarta geração voltarão para cá; porque ainda não está completa a maldade dos amorreus até aqui.
GEN 15:17 E sucedeu que, depois de posto o sol, e já estando escuro, apareceu um fogo fumegando, e uma tocha de fogo que passou por entre os animais divididos.
GEN 15:18 Naquele dia fez o SENHOR um pacto com Abrão dizendo: À tua descendência darei esta terra desde o rio do Egito até o rio grande, o rio Eufrates;
GEN 15:19 Os queneus, e os quenezeus, e os cadmoneus,
GEN 15:20 E os heteus, e os perizeus, e os refains,
GEN 15:21 E os amorreus, e os cananeus, e os girgaseus, e os jebuseus.
Comments