Campanha Papel por Alimentos

A Campanha "Papel por Alimentos" é uma acção promovida pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares, com contornos ambientais e de solidariedade: todo o papel recolhido é convertido em produtos alimentares a distribuir pelos mais carenciados.

No âmbito da presente campanha, pode ser entregue todo o tipo de papel: Jornais/revistas, Fotocópias, Papel de rascunho, Impressos e folhetos publicitários, Envelopes, Papel de fax, Papéis timbrados e Arquivos mortos.

O seu papel é essencial na luta contra a fome! Mais informações em: Papel Por Alimentos

FAQs

O que é a Campanha “Papel por Alimentos”?

A Campanha “Papel por Alimentos” é uma campanha promovida pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares com contornos ambientais e de solidariedade: por cada tonelada de papel recolhido ​são​ doado​s​ pela empresa Quima produtos alimentares básicos​ ​ao Banco Alimentar Contra a Fome de Braga.

A Campanha “Papel por Alimentos” integra-se num quadro mais vasto de sensibilização para a importância do papel de cada pessoa na sociedade e para a possibilidade de recuperar e reutilizar coisas que parecem não ter valor​. Assim, todo o papel e cartão entregue no Banco Alimentar de Braga é reciclado pela empresa QUIMA que por sua vez entrega ao referido Banco alimentos para ajudar nesta luta contra a fome.

Quem pode associar-se a esta campanha?

Todas as doações são bem-vindas. Para além do público em geral, podem associar-se escolas, universidades, instituições, empresas, administração pública e administração local.​

Que tipo de papel é aceite?

No âmbito da presente campanha, pode ser entregue todo o tipo de papel: jornais/revistas, fotocopias, livros, rascunhos, impressos (publicidade), envelopes, papel de fax, papeis timbrados, arquivo morto​ e cartão. Relativamente ao cartão, o mesmo deve vir separado do restante material.

​E se tenho grandes quantidades de papel para doar?

Para doações grandes (superiores a 10 toneladas) a Quima pode efetuar o levantamento diretamente, entregando o contra-valor do papel recolhido em alimentos, se for essa a vontade expressa do doador.

Cada saco pesa, entre 400 e 600 kilos. Para a QUIMA efetuar a recolha diretamente será necessário armazenar cerca de 20 sacos.

São emitidos comprovativos da entrega para empresas?

​ O​ Banco Alimentar ​de Braga ​pode emitir uma declaração atestando o peso de papel entregue; a Quima certifica as Guia de acompanhamento de Resíduos (GAR) que acompanhem as entregas de empresas​.

Como podem as escolas participar?

As escolas podem participar envolvendo os alunos e a comunidade escolar na Campanha “Papel por Alimentos” promovendo a recolha de papel numa lógica de participação cívica e ambiental. E ainda sensibilizando para a importância do papel que cada pessoa tem na sociedade e para a possibilidade de recuperar e reutilizar coisas que parecem não ter valor.

Como posso obter a imagem da campanha para reprodução?

As artes finais das peças de comunicação ​podem ser ​descarregados na página “Anexos” na secção “Campanha Papel Por Alimentos”.

Como posso ser voluntário?

A Campanha pretende incentivar o voluntariado: todo o papel recolhido terá que ser depositado pelos doadores nas instalações do Banco Alimentar Contra Fome mais próximo ou das instituições aderentes. Cada um de nós pode ser voluntário juntando o seu papel em casa ou no local de trabalho e oferecendo o transporte do mesm​o.​

Quem são os parceiros da campanha?

São parceiros:

  • A Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares, que promove a campanha;
  • Os 21 Bancos Alimentares e as instituições que aceitam ser pontos de recolha de papel;
  • A QUIMA que é parceira logística e de reciclagem;
  • A Copidata que produziu os mat​e​ria​i​s de divulgação (folhetos e toalhetes de refeição​)​.

O que é preciso para a minha empresa participar nesta campanha?

  • Aceitar ser um ponto de recolha de papel. Criar na Empresa um local próprio para entrega do papel, adaptado às condições existentes e ao horário de funcionamento.
  • Ajudar a divulgar esta campanha às pessoas e entidades da zona e tornando-as também parceiras da mesma.
  • Usar uma caixa de cartão (ou sacos) para transportar o papel recolhido.

A participação ativa das instituições é essencial nesta Campanha! Contamos consigo e com a sua instituição. Para alimentar quem mais precisa!