Blog‎ > ‎

Inversores de Frequência

postado em 25 de out de 2010 08:27 por Saulo Garcia Campos   [ 8 de dez de 2010 06:06 atualizado‎(s)‎ ]

O que é um inversor e para que serve?

Dispositivo eletrônico que transforma energia elétrica CA fixa (tensão e frequência) em energia elétrica CA variável, controlando a potência consumida pela carga.

No caso específico, o inversor de frequencia é utilizado para controlar a rotação de um motor assíncrono ( de indução ). Isto é alcançado através do controle microprocessado de um circuito típico para alimentação do motor composto de transistores de potência que chaveamrapidamente uma tensão CC, modificando o valor “rms” e o período. Ao controlar a rotação o motor , flexibilizamos a produção da máquina que é acionada pelo motor de indução.

Vantagens de se usar inversores

  • Substituição de variadores mecânicos;
  • Substituição de variadores eletro-magnéticos;
  • Automatização e flexibilização dos processos fabris;
  • Comunicação avançada e aquisição de dados;
  • Eliminação de elementos de partida pesada e complicada;
  • Instalação mais simples;
  • Aumento da vida útil do maquinário;
  • Evita choques mecânicos (trancos) na partida;
  • Redução do nivel de ruido;
  • Excelente regulação de pressão e vazão;
  • Economia de energia (demanda e consumo).
Lembramos que 51% da energia elétrica gasta na indústria é usada para alimentar os motores. Podemos então ver a importância de se dimensionar corretamente nossos motores e de reduzir ao máximo a potência consumida otimizando os meios de controle e de processo.

Como especificar um inversor?

  1. Potência e tensão do motor;
  2. Tipo de máquina (ventilador, bomba, esteira, elevador, etc.);
  3. Ciclo de trabalho da máquina (tempo para partir, rodar e parar);
  4. Quantidade de operações por hora (ou minutos, ou dias);
  5. Tempo de aceleração e desaceleração;
  6. Inércia da máquina;
  7. Velocidade mínima e máxima;
  8. Comando de 2 fios ou 3 fios;
  9. Referencia de velocidade (rede, sinal analógico, velocidade pre-selecionada, “step-logic”, velocidade fixa abaixo de 60 Hz, potenciômetro);
  10. Acionará acima de 60 Hz?
  11. Tipo de parada (inércia, rampa, frenagem CC);
  12. Resistor de frenagem? Dimensionar ohms e watts;
  13. Temperatura ambiente;
  14. Usará contator na entrada ou na saída? Cuidado com comando;
  15. Comunicação serial (devicenet, controlnet, ethernet, DF1, RS485, etc);
  16. Ruído eletromagnético (o inversor tem marca CE, tem filtros externos);
  17. Harmônicos (analisar o impacto do inversor na instalação elétrica)
  18. Instalação elétrica - Aterramento e blindagem de cabos;
  19. Montagem em painel existente, novo, dentro de gaveta de CCM?
  20. Proteção elétrica (fusível, disjuntor, nível de curto-circuito).

Manuais para download

Ċ
Saulo Garcia Campos,
25 de out de 2010 09:03
Ċ
Saulo Garcia Campos,
25 de out de 2010 09:03
Ċ
Saulo Garcia Campos,
25 de out de 2010 09:03
Ċ
Saulo Garcia Campos,
25 de out de 2010 09:03
Ċ
Saulo Garcia Campos,
25 de out de 2010 09:03
Comments