Clara Ricciolini

Homenagem à atriz e bailarina brasileira


CLARA RICCIOLINI

* Salvador (BA), 1822; + Salvador (BA), 19.09.1869






Domicílios de Clara Ricciolini e teatros onde trabalhou
(Rio de Janeiro, 1842-1865)




A presença de Clara Ricciolini nos anúncios teatrais da imprensa do Rio de Janeiro (1838-1865)*:


* Fonte: Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional



1838


Depois de quase cinco anos em Buenos Aires e sete em Porto Alegre, Clara Ricciolini retorna ao Rio de Janeiro com seus pais, os cantores líricos e atores Gaetano e Isabel Ricciolini, em 23 de maio de 1837. Em 10 de outubro de 1838, aos dezesseis anos, Clara estreia como bailarina no Teatro de São Pedro de Alcântara, em montagem da companhia dramática de João Caetano dos Santos.



  




1839



1840








1841




1842











1843

















1844






(nota: Clara Ricciolini casa-se com o mineiro Carlos José Reis da Costa, administrador do Teatro de São Pedro de Alcântara, no Rio de Janeiro em 27 de abril de 1844)


(nota: O cantor lírico e bailarino Gaetano Ricciolini, pai de Clara, morre no Rio de Janeiro em 9 de outubro de 1845)


1846







(nota: A atriz Isabel Ricciolini, mãe de Clara, morre no Rio de Janeiro em 12 de dezembro de 1846)


1847












1848




(nota: Nasce Judith, primeira filha de Clara, no Rio de Janeiro em 12 de abril de 1848; seu padrinho de batismo é João Caetano)







1849





(nota: Nasce Estela, segunda filha de Clara, no Rio de Janeiro em 30 de maio de 1849; sua madrinha de batismo é Estela Sezefreda, mulher de João Caetano)







1850









1851












(nota: O Teatro São Pedro de Alcântara é destruído por incêndio em 9 de agosto de 1851)




1852







1853


(nota: Nasce Carlos, primeiro filho de Clara, no Rio de Janeiro em 6 de janeiro de 1853)

















1854






(nota: João Caetano faz apresentações no Rio Grande do Sul entre agosto e novembro de 1854)






1855














1856


(nota: O Teatro São Pedro de Alcântara é novamente destruído por incêndio em 26 de janeiro de 1856)

















1857

























1858

























(nota: Morre Carlos José Reis da Costa, primeiro marido de Clara Ricciolini, no Rio de Janeiro em 30 de setembro de 1858; Clara se casará novamente em 1861 ou 1862 com o maestro português Antônio de Assis Osternold)











1859



























1860


























(nota: João Caetano viaja à Europa entre setembro de 1860 e fevereiro de 1861, e faz apresentações em Lisboa, Portugal)


1861

























1862

























1863













(nota: João Caetano morre no Rio de Janeiro em 24 de agosto de 1863)








1864














1865




(nota: Clara Ricciolini e Antônio de Assis Osternold deixam o Rio de Janeiro em 22 de março de 1865 e se estabelecem na Bahia; Clara morre em Salvador em 19 de setembro de 1869)

Comments