A CARA DO GABARITO
 
Esse é o fato que vai ajudar os bons alunos a fecharem a prova. Para quem sabe pouco, de nada adianta, só atrapalha. Conheça a posição de William Douglas. 

 

7. A cara do cartão de respostas. O examinador também tende a não colocar todas as respostas numa mesma letra. Logo, se estiver em dúvida entre a letra B ou C e as duas ou três anteriores e posteriores forem todas letra B, você pode tentar na C. Se a prova como um todo tiver várias B, D, E, a probabilidade é que as outras sejam letra A e C. Aqui, quanto menor o número de uma das letras, mais chance existe da resposta estar nelas. É claro que esse recurso é o último dos últimos e também depende das outras respostas estarem corretas. Você também pode usar esse critério como auxiliar na escolha entre duas alternativas.

 

Todos os que vão prestar vestibulares concorridos e buscam o grande feito de gabaritar, a cara do gabarito funciona como a prova dos noves. Vale a pena estudar bem essa técnica.

Provas mal elaboradas ou sem coordenação entre os diversos examinadores podem mostrar concentração de alternativas corretas em uma letra. Um exemplo é a prova de 2006, da Diretoria de Portos e Costas, em que 19 das 70 questões apontaram para a letra B, ficando apenas 10 para a letra E. Uma diferença marcante de 90%.

 

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A

3

7

20

23

24

26

27

30

33

34

37

38

57

68

 

 

 

 

 

B

1

12

16

18

19

21

28

31

35

42

46

52

56

58

63

64

66

67

69

C

9

17

22

25

29

32

39

44

47

49

50

65

 

 

 

 

 

 

 

D

2

5

6

8

10

13

40

41

48

53

54

60

61

62

70

 

 

 

 

E

4

11

14

15

36

43

45

51

55

59

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No caso do ENEM, a situação é completamente diferente. A coordenação da banca é total e a distribuição do gabarito marca-se pelo equilíbrio entre as escolhas das alternativas.

Veja como o mesmo padrão repetiu-se nos últimos anos.

 

LETRA

2006

2007

2008

A

12

12

12

B

13

13

13

C

12

12

12

D

13

13

13

E

13

13

13

TOTAL

63

63

63

 

Para o novo ENEM, acreditamos que o INEP atribuirá a cada 9 questões a mesma letra, contemplando as cinco alternativas – 9 X 5 = 45, em cada uma das áreas.

Recomendamos que use o quadro a seguir para ir marcando o seu gabarito.

 

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

A

 

 

 

 

 

 

 

 

 

B

 

 

 

 

 

 

 

 

 

C

 

 

 

 

 

 

 

 

 

D

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VÍDEO DA CARA DO GABARITO

 

Acompanhe as explicações para a CARA DO GABARITO para o NOVO ENEM assistindo o vídeo:

A CARA DO GABARITO

 

O quadro que apresentei no vídeo foi este:

 

1

2

3

4

5

6

7

8

   9

 

 

A

5

6

7

8

18

20

E

28

29

37

 

40

41

B

1

9

10

17

19

23

30

34

35

38

D

 

C

6

13

14

16

24

27

33

36

39

 

 

D

2

11

15

22

25

32

43

44

 

 

 

E

3

12

21

26

31

42

45

 

 

 

 

 

Providências:

1)      Verificar se todas as da letra “A” são realmente desta letra, especialmente a questão 20 (tentar mudar duas);

2)      Ver se tem uma para mudar de gabarito nas de letra “B”, especialmente a 38;

3)      Tentar distribuir 09 questões para cada letra.

 
CUIDADO! Parece que o INEP não distribuiu bem as letras em 2009.
 
Maiores detalhes das 13 TÉCNICAS do CHUTE para o NOVO ENEM na apostila abaixo.
Ċ
PAULO CÉSAR Pereira,
26 de set de 2009 15:04
Comments