Interview Matt Wise (cinematographer)

Matt Wise Biography (Cinematographer: Camera Operator)

 

height=133

 

5th November, Santa Mónica (Califórnia, U.S.A.)

 

Conclued his studies in Chapman University, with a BFA in Cinematography. He was actor and production assistant and now he is cinematographer (camera operator) for TV series, video clips, short and long films.

 

More information about Matt Wise work:

http://www.mattwisedp.com/ (official internet site)

http://www.imdb.com/name/nm2052428/ (IMDB)

 

INTERVIEW

 

1-    Can you give us an idea of how many cinema universities and studios do you have in Los Angeles (California)?

 

I can’t. All I can say is that there are a lot! There are a few larger film schools such as University of Southern California (USC), American Film Institute (AFI) and Chapman University, which is where I went, but there are many more small schools in and around LA. There are also hundreds of movie companies but only a dozen or so major studios such as WB, Disney, FOX or Paramount.

 

2-    Do you think that, if you study cinema, it’s easier to enter the cinema market, or do you feel that a self marketing strategy is needed?

 

Film school does help but it is no way needed or does it guarantee good jobs. People in the business don’t care if you went to film school or not. They only care about the work you have done and how good it is. Many successful people in the industry never went to school and have done very well. My suggestion is that if you can go to film school you should because you will gain knowledge that is hard to get working in film. However, if you can’t afford film school, you can also intern somewhere or under someone and still do well.

 

3-    Who finances cinema in L.A? There are some finances programs from the Government, or only private entities support movie production?

 

The government has very little to do with the film industry except maybe a few small commercials. It never pays for films. In Hollywood, there are mainly two types of films, studio films and independents. Studio films are movies like “Ironman” and “Transformers.” These are paid for by huge studios and usually make the most profit. Independent films are usually paid for by private investors or smaller production companies. There are advantages to working on both. Studio films usually have bigger budgets so the artists can get more tools to use, have access to better locations, ect. The disadvantage, and what makes many directors prefer independent films, is that there is a lot more pressure in studio films. Movie executives are always on set and making sure that the director and crew are doing a good job and sometimes make decisions for the filmmakers. On an independent film, the pressure is much less so the filmmakers can be more creative and adventuress.

 

4-    Which cameras have you worked with (do you remember the models?) Please tell us a little bit about it. Do you usually film in video or celluloid film cameras? Which do you prefer to work with?

 

I have worked with many types of cameras but the ones I use the most now are the RED One 4k Camera, Canon 5D, Arri D-21 and Sony F35. All these cameras are digital. The RED One is a very common camera to use because it’s reasonably cheap and creates nice images. The Canon 5D is amazing for the size and price. More and more people are using that camera. The Arri D-21 and Sony F35 are used less because they are very expensive to rent, but the create amazing images. I love using film but its being used less and less because it much more expensive to use. Film will always be better but I’d rather spend the money I save from using digital cameras, and put the money into something else. Digital cameras are now also getting to a point where they are looking very close to film.

 

5-    Can you tell us about the world of the accessories to camera shooting, like steady cam or dolly? What kind of other machinery do you work with and in what kind of scenes?

 

It’s important to remember that tools are just tools, and it’s always best to find the simplest and cheapest solution to getting the shots you want. Many people don’t find the best solution and waste lots of money. I have used many types of what we call “camera supports.” Stedicam, dollies, and technocranes are just a few examples, and each have their advantages. Stedicams are best for very long and smooth shots such as walking or chasing people. Dollies are good for shorter, super-smooth shots that need to be smoother than stedicam shots. Dollies are also cheaper than stedicams. Technocranes or jibs are great for “crane” shots where the camera is lifted high off the ground. Technocranes are more expensive than jibs but they can smoothly extend out during a shot and have a remote head which allows better control of the camera. There are also amazing camera supports such as Pursuit Systems which are essentially camera mounts attached to cars. The link below is to their website. These are used a lot for car commercials and movie with car chase scenes such as “Fast and the Furious.”

 

http://www.pursuitsystems.com/index.html

 

http://www.panavision.com/product_detail.php?imgid=154&id=108&cat=101

 

 6-    Do you enjoy working directly with movie Directors? Are they flexible or sovereigns? Do you also do the Story Boards and give creative options for the movies?

 

Just like anywhere else in the world, there are people you like and people you don’t. Some directors are fantastic to work with and some are very much a pain. The one thing all the directors I have worked with that are good is that they are smart and know exactly what they need. Even some crazy directors that are nightmare to work with, are still very good directors. However, every good director needs a good crew, so it’s better that they are good to work with or the crew may never work with them.

 

I don’t do the story boards but I am defiantly involved with them. They are very important because they help map out the movie and what it’s going to look like. It’s kind of like going on a trip and not knowing where you are going, which is a bad idea. I say that the creative time in movies is before they are shot. By the time the first shots are taken, the movie is already done on paper.

 

7-    Do you know Portuguese cinema? What do you think about it?

 

Unfortunately I don’t know a lot about Portuguese cinema. The one bad thing about Hollywood is that you don’t get a lot of cinematic imports from other countries since most of it is just exports. Since coming back this year, I have been reintroduced to Portuguese cinema so I’m excited about checking it out more when I get back to the states.

 

 

    Projected Art (Arte Projectada) thank you for the interview conceded and which you the best luck.

 

Tradução da entrevista para Português:

 

 

Biografia de Matt Wise (Cinema: Operador de Camara)

 

height=133

 

5 de Novembro, Santa Mónica (Califórnia, U.S.A.)

 
Concluiu os seus estudos na Universidade de Chapman, com um BFA em Cinematografia. Foi actor e assistente de produção e agora é operador de camara para séries televisivas, video clips, pequenas e longas metragens.

 

Mais informação sobre o trabalho de Matt Wise:

http://www.mattwisedp.com/ (official internet site)

 

Entrevista:

 

1-    Podes dar-nos uma ideia de quantas Universidades e estudios existem em Los Angeles (California)?

 

Não posso. Posso apenas dizer que há muitos! Há poucas grandes escolas de cinema como a Universidade do Sul da Califórnia (USC), o Instituto Americano de Cinema (AFI) e a Universidade de Chapman, onde eu andei, mas há muitas mais pequenas escolas de cinema em e nos subúrbios de L.A. Há também centenas de produtoras cinematográficas mas apenas uma dúzia de estúdios como a WB, Disney, Fox ou Paramount.

 

2-    Achas que se estudares cinema é mais fácil entrar no mercado cinematográfico ou sentes que é necessária uma estratégia de marketing pessoal?

 

Escola de cinema ajuda mas não é necessária ou a garantia de bons empregos. Pessoas no negócio não querem saber se andaste na escola de cinema ou não. Elas apenas se preocupam com o trabalho que fizeste e o quão bom é. Muitas pessoas bem sucedidas na indústria nunca frequentaram a escola e deram-se muito bem. A minha sugestão é que se puderes ir para uma escola de cinema, deves ir porque ganharás conhecimento que será dificil ganhar se estiveres a trabalhar em cinema. Contudo, se não puderes pagar uma escola de cinema, podes também estagiar em algum lugar ou sob alçada de alguém e mesmo assim ser bem sucedido.

 

3-    Quem financia o cinema em L.A? Existem programas financeiro por parte do governo, ou apenas entidades privadas apoiam a produção cinematográfica?

 

 

O governo tem muito pouco a ver com a indústria cinematográfica com excepção talvez de alguns pequenos anúncios. Nunca financia filmes. Em Hollywood, existem apenas dois tipos de filmes, filmes de estúdio e independentes. Filmes de estúdio são filmes como "Ironman" (home de aço) ou "Transformers". Estes são pagos por estúdios enormes e normalmente fazem o maior lucro. Os filmes independentes são normalmente pagos por investidores privados ou pequenas produtoras. Existem vantagens em trabalhar para os dois. Os filmes de estúdio normalmente têm maiores "budgets" (orçamentos) então os artistas podem arranjar mais ferramentas para usar, ter acesso a melhores locais, etc. A desvantagem, e o que faz os directores (realizadores) preferir filmes independentes, é que existe maior pressão nos estúdios de cinema. Os executivos de cinema estão sempre presentes, certificando-se que o director (realizador) e a equipa se encontra a fazer um bom trabalho e por vezes tomam decisões para os realizadores. Num filme independente a pressão é menor então os realizadores podem ser mais criativos e aventureiros.
 
4- Com que câmaras trabalhaste (lembraste dos modelos?) Conta-nos um pouco sobre isso. Filmas normalmente em vídeo ou celulóide? Com as quais preferes trabalhar?
 
Trabalhei com muitos tipos de camâras mas as que uso mais são a câmara RED One 4k, Canon 5D, Arri D-21 e a Sony F35. Todas estas câmaras são digitais. A Red One é uma câmara muito comum porque é razoavelmente barata e cria boas imagens. A Canon 5D é espectacular pelo tamanho e pelo preço. Mais e mais pessoas estão a usar esta câmara. A Arri D-21 e a Sony F35 são menos usadas porque são muito caras para alugar, mas criam imagens espectaculares. Eu adoro usar pelicula mas está cada vez a ser menos utilizada por ser muito mais cara. Pelicula será sempre melhor mas eu prefiro gastar o dinheiro que ganho do uso das câmaras digitais para outra coisa. As câmaras digitais estão agora também a chegar a um ponto onde estão muito perto de se parecerem com película.
 
5-    Podes falar-nos do mundo dos acessórios para filmagem, como o steady cam ou a dolly? Com que tipo de outra maquinaria trabalhas e em que tipo de cenas?
 
É importante lembrar que ferramentas são só ferramentas, e que é sempre melhor encontrar a solução mais simples e barata para conseguires os planos que quiseres. Muitas pessoas não encontram a melhor solução e gastam imenso dinheiro. Eu usei muitos tipos de suportes de câmara, como eu chamo. Steadicam (estabilizador), dollies (elevadores movíveis), e technocranes (gruas), são apenas alguns exemplos, e cada um tem as suas vantagens. As steadicams são melhores para planos longos e regulares assim como para filmar a andar ou perseguir pessoas. Dollies são bons para planos rápidos, planos super suaves que precisem de ser mais suaves que os planos de steadicam. Dollies são também mais baratas que steadicams. Technocranes ou jibs são óptimos para "erguer" planos onde a camara está levantada do chão. Technocranes são mais caros que jibs mas podem levantar suavemente durante o plano e ter um controlo remoto que permite um melhor controlo da camara. Há também suportes de camara expectaculares como as Pursuit Systems que essencialmente a montagem de camaras em carros. O link em baixo é para o seu website. São muito utilizadas para publicidade de carros e filmes com perseguições de carros como "Fast and the Furious".
 
 
 
 

 

 6-    Gostas de trabalhar directamente com realizadores de cinema? São flexiveis ou soberanos? também fazes os story boards e dás opções criativas para os filmes?

 

Como toda a parte no mundo, há pessoas de que gostas e pessoas de que não gostas. Alguns realizadores são fantásticos de trabalhar e outros são muito díficeis. A única coisa boa é que todos os realizadores com quem trabalhei são espertos e sabem exactamente o que querem. Mesmo alguns realizadores malucos com os quais é um pesadelo trabalhar-se, são na mesma bons realizadores. Contudo, todos os bons realizadores precisam de uma boa equipa, então é melhor eles serem bons de trabalhar ou a equipa pode nunca mais trabalhar com eles.

Eu não faço os story boards mas estou definitivamente envolvido com eles. Eles são muito importantes porque ajudam a mapear o filme e como vai este vai parecer. É como ir numa viagem e não saber para onde vais, que é uma má ideia. Eu digo que o tempo criativo dos filmes é antes destes serem filmados. Na altura dos primeiros planos serem filmados, o filme já está feito no papel.

 


 

Comments