Espingardas

        As espingardas são armas de um ou dois canos, em que os calibres mais utilizados vão desde o calibre 12 até ao calibre 20, sendo que o calibre 12 é o mais preferido dos caçadores. São armas mais vocacionadas para a caça menor, também podem ser utilizadas na caça maior quando se pretende atirar a curtas distâncias (até aproximadamente 40 metros), ou quando o Monteiro não gosta de atirar com carabina. Nestas armas utilizam-se dois tipos diferentes de carregamento, carregamento semiautomático ou 
    carregamento manual.
        Neste tipo de armas, as mais utilizadas na caça são: espingardas semiautomáticas, espingardas sobrepostas e espingardas justapostas.


        Por forma a atirar da melhor maneira, deve-se passar por 3 fazes: o encare, o swing e o desconto.
        O encare

    1º colocar a mão direita no punho e o dedo indicador deve ser colocado no gatilho, mas apenas a sua ponta e não o dedo todo, deforma a que o tiro seja o mais rápido possível. É esta mão que leva a coronha à cara.

    2º a mão esquerda deve se colocada no fuste, mas não por baixo como muita gente faz, deve ser colocada na lateral com o dedo indicador paralelo ao cano da espingarda.

    3º deve-se colocar a crista da coronha na cara de forma a que fique perfeitamente adaptada ao osso da cara. É a coronha que vai ao encontro da cara e não o contrário.

    4º num bom encare os olhos devem estar paralelos ao solo.

        O swing

    1º deve-se ter os músculos tensos para que na altura da saída da peça de caça a resposta seja rápida.  

    2º seguir a peça de caça com a mira da espingarda e ao mesmo tempo levar a coronha à cara.

        O desconto

        O desconto depende do tipo de caça, por exemplo na caça ao coelho deve-se apontar a mira um pouco à frente e por cima da peça, enquanto que na caça à perdiz o desconto tem de ser maior que o que se dá na caça ao coelho, porque a velocidade de uma perdiz é maior que a do coelho. 
    Comments