Menu

Artigos‎ > ‎

Comida Caseira

Comida caseira para todo tipo de peixe (carnívoros, omnívoros e “herbívoros”).

Ingredientes:

250gr Mexilhão (o mexilhão é o alimento base, de grande valor nutricional, com sais minerais e inclusive contem vitamina C, claro que a congelação vai quebrar a coisa, mas ainda fica muita coisa boa…).
Onde comprar: loja de congelados ou na secção de congelados dos hipermercados.

100gr de camarão com casca (a casca é a melhor parte…miolo de camarão só serve para encher…).
Onde comprar: loja de congelados ou na secção de congelados dos hipermercados.

50gr de Espinafre (congelado).
Onde comprar: Na secção de congelados dos hipermercados.

100gr de sardinha ou 100gr de lombo de Salmão (congelados)
Onde comprar: loja de congelados ou na secção de congelados dos hipermercados.

100gr de Pescada , ou outro peixe de carne branca magra (congelada).
Onde comprar: loja de congelados ou na secção de congelados dos hipermercados.

1colher de sopa de Agar-agar.
Onde comprar: casas de produtos naturais ou secção de dieta nos hipermercados

1 ovo ( a clara de ovo juntamente com a alga Agar-agar, vão dar consistência à papa…a gema é facultativa, mas vai ajudar a "fortificar" os peixes…)
Onde comprar: … não digo…

2 comprimidos de spirulina (o excesso de spirulina pode provocar o “green spot” em algumas espécies, não é uma doença mas sim excesso de pigmentação).
Onde comprar: casas de produtos naturais ou secção de dieta nos hipermercados

1 folha de alga Nori (+- 3gr).
Onde comprar: casas de produtos naturais ou secção de dieta nos hipermercados

1 comprimidos de Centrum (suplemento multi-vitamínico e de sais minerais).
Onde comprar: venda livre nas farmácias…)

Equipamento necessário: um almofariz ou moinho de café; uma picadora “1,2,3”, uma tigela suficientemente grande para caber 700gr de “picado”, um rolo da massa e sacos para sandes.

Preparação:

Partir o ovo e colocar a clara e a gema na tigela, cobrir com uma colher de sopa de Agar-agar.

Triturar muito bem até ficarem com a aparência de farinha o mexilhão (sem casca) o camarão (com casca, mas sem as cabeças) e os lombos de pescada. Para ficarem com aparência de farinha têm de ser triturados ainda congelados, se descongelarem não vai dar certo… para facilitar a trituração deve-se cortar tudo em pequenos pedaços para não encravar a picadora.

Triturar a sardinha ou os lombos de salmão, até ficarem com a consistência de “patê”. A sardinha e ou salmão também têm de estar bem congelados para esse efeito. No caso da sardinha cortar a cabeça e o “rabo” fora, e passar uma faca na pele, se a sardinha estiver congelada a pele sai inteira juntamente com as escamas. Cortar tudo em pequenos pedaços para não encravar a picadora.

Os comprimidos de Centrum, de Spirulina e a folha de alga Nori, devem ser moídas até ficarem em pó, usando o almofariz ou o moinho de café.

Juntar todos estes ingredientes devidamente preparados, como descrito acima, dentro da tigela e com luvas de borracha calçadas mexer bem esta massa como se estivessem a mexer massa de pão, depois de bem misturada com as mãos, ela vai ficar com aparência de massa de pão.

Separar por doses de 100 a 200gr em sacos de plástico para sandes e com a ajuda de um rolo da massa espalhar uniformemente a pasta no saco de plástico de modo a ficar com 3 a 5mm de espessura. Meter os sacos com a pasta num tabuleiro dentro do congelador.

Como servir:

Com a comida ainda congelada cortar pequenos pedaços mais ou menos do tamanho do olho dos peixes que os vão comer. Não há necessidade de esperar a descongelação devem servir de imediato.


Esta papa pode ser dada a todos os peixes inclusive a Tropheus e outros peixes “herbívoros”, mas não serve como complemento vegetal, para isso uso outra receita, que trarei ao vosso conhecimento logo que tenha disponibilidade…

Sei que não vai ser fácil de preparar esta papa seguindo só as instruções acima, logo que possível farei um vídeo com a preparação da mesma e vão ver que não é nada complicado de se fazer nas nossas cozinhas…e como podem ver não contem ingrediente nenhum estranho que não seja usado na nossa alimentação…esta é uma boa desculpa para dar às vossas “caras metades”, quando elas(eles), virem o aspecto da coisa…



José Bentes