Vespa 125 Corsa 1949

Vespa 125 Corsa ("Telaio in Lega" "Armadura de Liga").

Em 1949 foi construída a Vespa 125 rodando com moldura de alumínio, o mesmo utilizado para a construção de aeronaves, também montado com rebites, liga tecnologicamente avançada solução para o período. Grande reservatório esticada ao volante, uma garantia de autonomia e de otimização de Judá, em altas velocidades. Foi a primeira vespa a ter roda de 10". A Vespa 125 Corsa participa de várias competições e sair vitorioso em muitos destes, como 1 º e 2 º lugar no Grande Prémio de Bolonha (Giuseppe Cau e Mazzoncini Dino, respectivamente).

Motor: monocilindrico de dois tempos e cilindro horizontal em ferro e cabeça de liga ligeira.

Diametro: 53 mm

Cilindrada: 125 cc

Velocidade Maxima: 130km/h

Suspensão: Com mola helicoidal na roda da frente, e mola helicoidal e amortecedor hidraulico na roda traseira.

Travões: Tambor

Pneus: 3.50 10"

Produção: 1949

Neste período (final dos anos 40), a maioria dos fabricantes de motos estão trabalhando duro em competições (que foram realizados principalmente em circuitos de rua), a fim de familiarizar o público em geral no mundo da motocicleta. ... Em outras palavras, as corridas foram utilizados para fazer propaganda. Piaggio também não fica atrás e sua experiência departamento constrói todos os modelos usados em competições até meados dos anos 50 liderada por cavaleiros Dino Mazzoncini e José Cau, em 1950, ele ganhou a corrida contra o relógio em Catania-Etna categria 125 .

Motor: monocilindrico de dois tempos e cilindro horizontal em ferro e cabeça de liga ligeira.

Diametro: 53 mm

Cilindrada: 125 cc

Velocidade Maxima: 100km/h

Suspensão: Com mola helicoidal na roda da frente, e mola helicoidal e amortecedor hidraulico na roda traseira.

Travões: Tambor

Pneus: 3.50 8"

Produção: 1949

Voltar Atras