Senhores da Situação

Uriel

Download dos livros gratuitos

Grupo Consciência Cristo - Revolução da Consciência

A Obra Magna

A Profecia

A Revolução da Consciência

O Auto-Conhecimento

A 1ª Tarefa Cristã: A Morte Psicológica

A Auto-Observação

Súplicas à Nossa Senhora, Mãe Divina

A Doutrina do Coração

As Dificuldades

O Cotidiano

O Anti-Cristo

A Dualidade

Os Sonhos Mudam

Experiências no Plano Astral

O Despertar

O Hermetismo

A 2ª Tarefa Cristã: O Sexo Sagrado

A Íntima Realização do Ser

A Sublimação Sexual para os Solteiros

A Transmutação Sexual para os casados, O Arcano AZF

A 3ª Tarefa Cristã: A Entrega do Ensinamento Sagrado

As Enfermidades

As Drogas

Senhores da Situação

A Transformação Interior

O Medo

Eliminando o Ego

A Intuição e o Raciocínio

Os Inimigos são Internos

A Comodidade Tentadora

Aos Revolucionários de Si Mesmos

 Convite aos irmãos

Obras Recomendadas

 

SENHORES DA SITUAÇÃO


Devemos nos apegar à Nossa Mãe Divina e assim que percebermos os impulsos e reações do ego, seguimos praticando a Primeira Tarefa Cristã. Por exemplo: calando e evitando uma discussão, eliminando imediatamente o impulso ou pensamento de agressão, de injúria, de ódio, antes mesmo de cometermos algum delito.

Uma resposta atravessada já se torna motivo para ampliar a ira daquele que nos agride! O ego é reacionário, quer discutir, brigar, não quer dar a outra face como o Cristo Jesus ensinou.

Precisamos transformar radicalmente a maneira equivocada com a qual estamos conduzindo nossas existências, nos tornando senhores de nós mesmos! Adquirir o centro de apoio permanente significa ter pleno controle de nós mesmos, para que não nos tornemos escravos das circunstâncias. A todos os estímulos que nos chegam externamente sejam eles favoráveis ou não, devemos estar atentos aos sentidos internos, de forma a observar e eliminar cada diminuto detalhe do ego.

Digamos que numa bela manhã, acordamos muito bem dispostos para trabalhar interiormente, mas basta alguém nos dirigir uma palavra de desaprovação, ou de incompreensão para já nos esquecermos de nós mesmos, nos entristecemos, nos tornando escravos das circunstâncias. Ou pelo outro extremo, ao recebermos elogios, nos envaidecemos, deixando o ego do orgulho robustecer.

A Catedral da Alma estará de portas abertas a todos os corações arrependidos.