A Transformação Interior

Uriel

Download dos livros gratuitos

Grupo Consciência Cristo - Revolução da Consciência

A Obra Magna

A Profecia

A Revolução da Consciência

O Auto-Conhecimento

A 1ª Tarefa Cristã: A Morte Psicológica

A Auto-Observação

Súplicas à Nossa Senhora, Mãe Divina

A Doutrina do Coração

As Dificuldades

O Cotidiano

O Anti-Cristo

A Dualidade

Os Sonhos Mudam

Experiências no Plano Astral

O Despertar

O Hermetismo

A 2ª Tarefa Cristã: O Sexo Sagrado

A Íntima Realização do Ser

A Sublimação Sexual para os Solteiros

A Transmutação Sexual para os casados, O Arcano AZF

A 3ª Tarefa Cristã: A Entrega do Ensinamento Sagrado

As Enfermidades

As Drogas

Senhores da Situação

A Transformação Interior

O Medo

Eliminando o Ego

A Intuição e o Raciocínio

Os Inimigos são Internos

A Comodidade Tentadora

Aos Revolucionários de Si Mesmos

 Convite aos irmãos

Obras Recomendadas

A TRANSFORMAÇÃO INTERIOR


Através dos meios de informações as degenerações de todos os tipos entram nos lares envolvendo a humanidade no adormecimento espiritual, chegando cada vez mais cedo às crianças, com exemplos abismais de comportamento. Desta forma, estas crescem acreditando equivocadamente que aquilo que assistem é o correto.

 

Os veículos de “informações” transmitem o oposto do trabalho interior: a sensualidade, o erotismo, a malícia, o infra-sexo, ou seja, o homossexualismo, ou lesbianismo... etc. Sempre tudo carregado de materialismos, egoísmos, cobiças, paixões, violências... A maldade se encontra banalizada nestes finais de tempos em que vivemos.

Lamentavelmente nunca ensinam a castidade, o trabalho psicológico, a eliminação do ego, os Ensinamentos Cristãos, pois, isto tudo o que aqui vivemos e professamos vai em desencontro com o sistema falido e degenerado que ai se encontra instalado e avança rapidamente para a auto-destruição.

Por experiência própria, através da auto-observação e ao iniciar os primeiros padecimentos voluntários, as primeiras súplicas à Mãe Divina, passei a compreender onde estava apoiada minha psicologia, passando a substituir estes maus costumes calcados em terríveis defeitos, não só pelas atividades práticas da dissolução do ego, como também na entrega do Ensinamento Sagrado.

De forma gradual e de acordo com a nossa vontade de auto-superação, vamos compreendendo os defeitos psicológicos que nos escravizam nos maus costumes, manias, aprisionando a Essência, sufocando-a. É preciso eliminar o ego para libertar as porções de Essência e se fazer Consciência.

Desta forma procedemos, até chegarmos ao ponto de não sentirmos mais falta daquilo que nos prendia o interesse, pois era alimento para o ego.

O Despertar da Consciência é descobrirmos que o verdadeiro sentido da vida está em servir os semelhantes.

Certa vez, me recordo de estar com o corpo físico cansado e até sentindo algumas dores. Quando com alguns amigos nos propusemos a sair às ruas para divulgar a Obra. Os defeitos da preguiça, da auto-consideração, do egoísmo queriam ficar em casa dormir e descansar. Mas o Ser impulsionava a sair e me lançar à batalha! Em obediência ao Pai, eis que ao falar com as pessoas sobre os livros, já estava me sentindo leve, motivado e descansado. Retornei ao final desta atividade me sentindo muito bem e revigorado. Desta forma o cansaço físico foi trocado pela Força ao trabalho interno.

Devemos nos lançar para que possamos ser ajudados. É evidente que quanto mais nos doamos aos semelhantes mas forças recebemos. A Luz se alimenta de Luz!