História da IPB no Espírito Santo

Em 19 de Setembro de 1903 foi realizado o culto oficial da entrada da Igreja Presbiteriana no ES, em São José do Calçado, na casa do farmacêutico Benjamim Moraes e Adélia Morais, pais do Rev. Benjamim Morais Filho, que foi pastor por mais de 50 anos da IPB de Copacabana - RJ e Presidente do Supremo Concílio, no ano do cinquentenário da Igreja no ES - 1953. Rev. Aníbal Nora, um dos maiores evangelistas da nossa região, por sua simplicidade e principalmente por sua dedicação à semeadura da Palavra de Deus, alcançou muitos corações aflitos e desejosos de participarem do trabalho da Igreja Presbiteriana que estava iniciando aqui no Espírito Santo. Antes da chegada de Simonton ao Brasil - 1859, missionários americanos aqui estiveram divulgando a Bíblia, e uma Bíblia através de um colportor de Campos - RJ, foi parar na casa do comerciante Romão Batista de Morais e Celina Moraes, a 1ª leitora da Bíblia da nossa região, em cuja casa foi realizado o 3º culto evangelístico em São José do Calçado, que foi um ponto importante para o início da evangelização no ES, por sua localização - extremo Sul, próximo à então Capital Federal - RJ, onde o Presbiterianismo chegara 44 anos antes. 3 importantes regiões: RJ (Campos e Nova Friburgo); Leste de Minas (Alto Jequitibá); e São José do Calçado - formaram o tripé que solidificou o Presbiterianismo capixaba. Esse trabalho foi liderado por valorosos evangelistas, missionários e pastores como John Kyle, Mathathias Gomes, Álvaro Reis, Constâncio Omenha, Modesto Carvalhosa, Samuel Barbosa, Trazildo Filgueiras, Mário Neves, Adiron Ribeiro - os pioneiros. Outros chegaram para dar continuidade à obra que floresceu em todo o estado, com frutos que muito engrandeceram a nossa história. Hoje somos 31.000 membros. Temos 141 Igrejas organizadas, contamos com 12 Presbitérios e 3 Sínodos. É mister que mantenhamos acesa a chama do Evangelho pregado e divulgado por nossos heróis do passado, onde alguns morreram pela causa, outros foram perseguidos, templo foi incendiado. Venceram! Nossa missão é continuar levando a tocha acesa às próximas gerações, com fé, coragem e entusiasmo.

Rev. Ronaldo Gasparini

Comments