NOTÍCIAS

ENCERRAMENTO FOI DE AGRADECIMENTOS

A coordenadora da #38ªSemanaCientifica, professora Patricia Prolla, deu destaque especial aos agradecimentos na cerimônia de encerramento. Ela lembrou a importância dos envolvidos no planejamento e execução do evento. “Cada um de vocês foi fundamental para boa organização e sucesso das atividades da programação”, observou. Enquanto exibia as imagens dos colaboradores, ia citando as áreas e alguns dos nomes que contribuíram para a #38ªSemanaCientifica. Nessa edição, foram mais de 1,7 inscritos, 1,1 mil trabalhos apresentados e 830 e-pôsteres.”Já quero deixar o convite para o ano que vem”, finalizou.

TECNOLOGIA DISRUPTIVA NA OBSTETRÍCIA

"Quero mostrar, simplesmente, como uma ideia que surge de casualidade se converte em um estudo, investigação e impacta na saúde de mães e bebês", explicou o professor Hugo Krupitski, do Cemic de Buenos Aires. O caso em questão diz respeito à sugestão feita pelo mecânico Jorge Odon, que, inspirado no método para tirar uma rolha presa em uma garrafa usando uma sacola plástica, pensou em um novo mecanismo para assistir a partos difíceis. O professor Javier Schvartzman acrescentou que no inicio até parecia brincadeira, mas o conceito os impactou. As conversas foram evoluindo e deram origem a um equipamento inovador, de baixo custo e que traz muitos benefícios. O aparelho introduz na mãe um saco, que é colocado em volta da cabeça do bebê. Quando inflado, ele forma uma espécie de pinça de ar de 360°, que ajuda a tracionar bebês com dificuldade de nascimento.

26/10/2018

POR QUE FAZER PESQUISA?

"O que nos move é a vontade de melhorar a saúde das pessoas", afirma o agraciado com Troféu Destaque de Pesquisa em Saúde, Cesar Victora. Para ele, a persistência é uma característica essencial a quem trabalha com pesquisa. Dentre os desafios ao crescimento do setor está a estruturação de mecanismos, para que jovens pesquisadores tenham condições de ficar no Brasil. Victora cita ainda a importância de trazer resultados práticos para a vida das comunidades, denunciar as desigualdades e avançar na superação delas. Ele defende que é preciso disseminar o conhecimento cientifico, para que pessoas e gestores consigam entender sua relevância.

26/10/2018


CENTROS DE PESQUISA RECEBEM NOVOS NOMES

A diretora-presidente do HCPA, professora Nadine Clausell, abriu a solenidade de homenagens aos professores Jorge Pinto Ribeiro e Jorge Luiz Gross. O chefe do Serviço de Cardiologia, Flávio Fuchs, lembrou a trajetória de Jorge Pinto Ribeiro na pesquisa e assistência. O chefe do Serviço de Endocrinologia, Luís Henrique Santos Canani, destacou o legado de Jorge Gross para a gestão da saúde e sua contribuição para o ensino e a pesquisa. Os dois professores já falecidos darão nome ao Centro de Pesquisa Clínica Professor Jorge Pinto Ribeiro e Centro de Pesquisa Experimental Professor Jorge Luiz Gross. No final, foram descerradas as placas que serão afixadas nos centros. Na mesma cerimônia, também foi entregue o Troféu Destaque de Pesquisa em Saúde ao professor Cesar Victora.

26/10/18

BANCA DE JORNALISTAS ESCOLHE MELHOR TRABALHO

Os jornalistas Tulio Milman, Sergio Stock e Andressa Xavier assistiram à apresentação dos quatro trabalhos selecionados para concorrer ao melhor tema livre do evento. O estudo vencedor foi ANÁLISE DA CITOTOXICIDADE DE NANOEMULSÕES CATIÔNICAS CONTENDO RNA DE INTERFERÊNCIA PARA O SILENCIAMENTO DA CD73 VIA ADMINISTRAÇÃO INTRANASAL EM UM MODELO PRÉ-CLÍNICO DE GLIOBLASTOMA, apresentado por Gabriela Lenz. “Todos foram muito bem fundamentados, mas tivemos que escolher um. Decidimos pelo projeto que se destacou na forma de apresentação”, justificou Stock, em nome dos jornalistas. Este já é o quinto ano consecutivo que a atividade integra a programação da Semana Científica. Um dos objetivos é levar o conhecimento da pesquisa para a sociedade.

26/10/18