Educação em Saúde

Bioquímica na Escola

A educação em saúde pode ser definida como um conjunto de práticas de educação direcionadas a indivíduos e comunidade, a fim de aumentar sua autonomia, possibilitando-lhes fazer escolhas e adotar hábitos de vida saudáveis no cotidiano.

Como a compreensão dos fatores que estão relacionados ao desenvolvimento de doenças oferece subsídios para a adoção de um estilo de vida saudável, a educação é sem dúvida uma prática importante para a promoção da saúde e a prevenção de doenças.

Entre as diversas metodologias que podem ser aplicadas à educação em saúde, uma apresenta grande valia quando os muros entre o ambiente acadêmico e a comunidade precisam ser ultrapassados - educação por meio da extensão acadêmica.

Extensão Acadêmica

- Compartilhando o Conhecimento -

A extensão é uma das funções da academia, constituindo juntamente com o ensino e a pesquisa, o terceiro pilar de um tripé fundamental de sustentação do ensino superior.

Relativamente à FACCAT, representa uma de suas missões; possibilitando o compartilhamento do conhecimento construído pelos alunos dentro da sala de aula, com a participação do professor como tutor, com a comunidade.

A extensão acadêmica permite a articulação do conhecimento acadêmico com as necessidades da comunidade onde a instituição está inserida, e tem como principal objetivo a transformação da realidade social.

A disciplina de Bioquímica dos cursos de Fisioterapia e Enfermagem da FACCAT tem investido em atividades de extensão, proporcionando essa vivência para seus alunos.

A construção da extensão acadêmica na disciplina de Bioquímica tem ocorrido por meio da metodologia "team-based learning".

O que é Team-Based Learning?

O Team-Based Learning (TBL) ou Aprendizagem Baseada em Equipes (ABE) é uma metodologia ativa de ensino desenvolvida na década de 90, por Larry Michaelsen, direcionada para grandes classes de estudantes de cursos de administração na Universidade de Oklahoma.

Essa estratégia instrucional visa explorar conteúdos de modo dinâmico e interativo, requerendo proatividade tanto de professores como de estudantes. O foco no desenvolvimento de capacidades cognitivas é colocado no raciocínio e na aplicação de conhecimentos.

Além do desenvolvimento das capacidades cognitivas há o desenvolvimento dos domínios psicomotor (comunicação verbal e não verbal nas equipes) e de atitudes (valores e sentimentos), pois, ao utilizarmos a aprendizagem colaborativa, entre participantes com distintos saberes e experiências, estimulamos a interação e a construção de pactos para o trabalho coletivo.

Portanto espera-se engajamento dos participantes nas atividades, responsabilidade na realização de tarefas pactuadas, interesse em buscar o conhecimento e disposição para colaborar com sua equipe. Favorecendo assim o desenvolvimento de capacidades relacionais, de análise crítica, de responsabilidade, de tomada de decisões, de trabalho em equipe e de resolução de problemas.

Trabalho em equipe - Aplicando o TBL

A extensão acadêmica foi desenvolvida aplicando o TBL.

Três temas - anemia ferropriva, diabetes mellitus e dislipidemia, cuja compreensão abrange conceitos bioquímicos do conteúdo programático da disciplina, foram definidos para o trabalho. Com base nos temas definidos, os princípios do TBL foram aplicados:

  • Formação e trabalho em equipe: formação de equipes com no máximo 6 alunos para estudo, discussão e desenvolvimento do trabalho. A utilização de equipes ou pequenos grupos no processo ensino-aprendizagem é uma estratégia para favorecer a aprendizagem ativa e ampliar a troca de saberes entre os participantes.
  • Corresponsabilização e engajamento dos participantes no processo ensino-aprendizagem: todos eram co-responsáveis pela busca materiais, fontes de informação confiáveis e discussão com os demais membros da equipe e professor sobre o tema definido.
  • Elaboração dos materiais didáticos a serem trabalhados: após estudo e discussão, as equipes tinham a responsabilidade de construir um "produto" de educação que seria disponibilizado para a comunidade.
  • Aplicação dos conhecimentos: o produto de educação foi levado pelas equipes até escolas públicas do Vale do Paranhana - apresentado, entregue e discutido com a comunidade. Também foi discutido em aula com as demais equipes e professor.
  • Devolutiva do professor: para cada etapa e construção do conhecimento acerca do tema, uma devolutiva foi realizada pelo professor, permitindo aos alunos aperfeiçoarem o entendimento do assunto.

Foi uma experiência de muito aprendizado para todos!

Confere abaixo um momento de troca entre as equipes após a atividade nas Escolas.

Nas páginas seguintes estão os relatos por equipe dos seus momentos na de aplicação de conhecimentos e vivências na comunidade.

Confere aí navegando pelas páginas de cada equipe!!

Equipe "Hemoglobina na Educação"

Equipe "Méritus"

Equipe "Punhos de Ferro"

Equipe "SITH"

Equipe "SOS Saúde"

Equipe "Unidos Contra a Dislipidemia"

A trupe da Bioquímica