Mondego Agrícola 2017

Organização:

Escola Profissional Agrícola Afonso Duarte (EPAAD) com a colaboração da Câmara Municipal de Montemor o Velho (CMMV), Cooperativa Agrícola do Concelho de Montemor o Velho (CACMV) e Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC).

Periodicidade: Bienal.

Realização: 7 de setembro 2017 (quinta-feira).

Objetivos:

  • Promover as potencialidades da região do Baixo Mondego;
  • Permitir um intercâmbio de conhecimentos e tecnologias entre técnicos, fornecedores e Agricultores;
  • Interlocutor de contactos e negócios de produtos ao vivo;
  • Possibilitar aos visitantes observar e experimentar as marcas líder de mercado, nomeadamente, tratores e alfaias agrícolas;
  • Promover um certame 100% profissional;
  • Dar continuidade ao ensaio de adaptação de variedades de milho no Baixo Mondego;
  • Instalar campos demonstrativos de arroz e girassol;

Atividades a desenvolver:

  • Instalação dos ensaios de variedades de milho das casas comerciais;
  • Instalação de canteiros demonstrativos das variedades de arroz com maior adaptabilidade ao Vale do Mondego e satisfaçam as exigências do mercado;
  • Instalação de um campo demonstrativo de girassol;
  • Exposição e demonstração de tratores e máquinas agrícolas;
  • Preparação do espaço para a colocação de stands onde os expositores possam apresentar os seus produtos mais inovadores;
  • Tenda para debates que abordem as principais culturas do Baixo Mondego;

Destinatários:

Agricultores, Técnicos, Professores e Alunos do ramo agrícola.

Participantes:

  • Cooperativas Agrícolas, Agrupamentos de Produtores, Associações, Confederações ou Outras entidades do setor agrícola;
  • Empresas de sementes (milho, arroz, batata, …);
  • Empresas de fertilizantes (corretivos, químicos e orgânicos);
  • Empresas de produtos fitofarmacêuticos;
  • Prestadores de serviços;
  • Representantes de tratores;
  • Representantes de equipamentos de mobilização de solo;
  • Representantes de material de aplicação de produtos fitofarmacêuticos;
  • Representantes de equipamentos de rega;
  • Representantes de equipamentos de colheita;
  • Empresas de escoamento de produtos agrícolas;
  • Fornecedores de combustíveis;
  • Representantes de outros equipamentos inerentes à produção agrícola;