Home

O passado...

As tecnologias utilizadas no passado limitavam-se ao quadro e giz.
Neste paradigma o professor era o centro da informação e a aprendizagem se dava por repetição, cópia e memorização.
O estudante, chamado de "aluno" que significa ser sem luz, era iluminado pelo conhecimento do professor em um ambiente de obediência, disciplina e ordem. A sala de aula refletia este modelo.

Sala de aula


O presente....

Hoje, vivemos a transição de um modelo tradicional para um modelo construtivista onde o professor e o estudante aprendem e ensinam. O professor não é o centro da informação, a qual pode ser acessada em diversas fontes por diferentes mídias.
A aprendizagem se dá na pesquisa, na produção com autoria e ter acesso as tecnologias digitais amplia o poder de construção do conhecimento.
A sala de aula está em transformação...


O futuro...

Os cenários em construção para o futuro apontam uma sala de aula invertida, fortalecendo a pesquisa, a autonomia intelectual e a busca pela informação.
As tecnologias digitais devem facilitar a aprendizagem, a construção e a socialização  da produção do estudante.
A sala de aula deixa de ser um espaço entre as paredes e passa a ser  um espaço entre as redes de comunicação e interação.
Construímos o futuro com as experiências inovadoras do presente.