APRESENTAÇÃO


ESCOLAS MAIS HUMANIZADAS

    O projeto ESCOLAS MAIS HUMANIZADAS,  objetiva introduzir no âmbito escolar a Justiça Restaurativa(JR), um novo paradigma no enfoque da violência. Esta alternativa na resolução de conflitos tem demonstrado bons resultados em países como Nova Zelândia e EUA, e no  Brasil as cidades de Porto Alegre/RS e São Caetano do Sul/SP são pioneiras nesta  proposta.     A JR atua no âmbito do judiciário e também educacional, onde recebe o nome de práticas restaurativas.
    As práticas restaurativas propõem que educadores sejam preparados para facilitar situações de  conflitos de maneira respeitosa e restauradora, por intermédio de efetivação destas práticas implementando assim  a cultura de paz no ambiente escolar.

PRINCÍPIOS BÁSICOS DOS CÍRCULOS RESTAURATIVOS
  • Admissão do mal causado
  • Responsabilização
  • Reparação do dano 
  • Sigilo
  • Respeito à fala do outro

    Numa primeira etapa o projeto prevê a capacitação de três educadores por colégio (um diretor, um pedagogo, um professor e/ou funcionário) dos colégios pertencentes ao Núcleo Regional de Educação do município de Cascavel.


Acesse para obter maiores informações sobre temas afins:
  • Justiça para o Século XXI - (ACESSE O VÍDEO
  • Comunicação não violenta – Marshall RosembergWorkshop S. Franscisco. Abril 2000. - (ACESSE O VÍDEO)
  • justiça Restaurativa – S. Caetano do Sul - editado (ACESSE O VÍDEO)
  • VÍDEO: Justiça Restaurativa - Tribunal de Justiça de São Paulo: Programa exibido na TV Justiça em 24 de fevereiro de 2014 sobre o trabalho da Justiça Restaurativa. (ACESSE O VÍDEO)
  • Sugestão de Leitura: VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS. Uma realidade a ser transformada.Coordenadora Celma Borges Gomes. Curitiba, 2013. Ed. Juruá.

justica