Oficina de formação "Colaborar com a biblioteca escolar na orientação dos alunos na elaboração de trabalhos de pesquisa"




EFEITOS A PRODUZIR: MUDANÇA DE PRÁTICAS, PROCEDIMENTOS OU MATERIAIS DIDÁTICOS

Com esta oficina de formação pretende-se que os professores reflitam sobre as suas práticas relacionadas com a realização de trabalhos de pesquisa pelos alunos de modo a identificar problemas, necessidades e oportunidades de melhoria. Deste modo os formandos começam por relatar as suas práticas. Com base nesta partilha será feito um diagnóstico de necessidades que será o ponto de partida para a apresentação de propostas de solução assentes em materiais apresentados pelo formador e que são construídos a partir da abordagem Guided Inquiry (Kuhlthau, Maniotes, Caspari, 2007, 2012) e do método Information Seek Process (ISP) (Kuhlthau, 2004).

Nesta formação os professores irão delinear procedimentos de ação e produzir materiais definidos pelo conjunto de participantes como a resposta mais adequada ao aperfeiçoamento das suas intervenções educativas. Os materiais a produzir incluem a planificação de aulas (um PELIM) onde serão integradas as tecnologias digitais e a literacia da informação e dos média, e um recurso digital para apoiar o trabalho dos alunos. O processo de reflexão na ação e de reflexão sobre a ação que é parte integrante do PELIM irá assegurar a funcionalidade (utilidade) do PELIM na oficina, para a transformação das suas práticas. Ainda durante a formação os formandos deverão por em prática o plano que elaboraram, testando deste modo os processos e as técnicas aprendidas. A reflexão final irá permitir avaliar as vantagens e as limitações do novo método e identificar oportunidades de melhoria para intervenções com os alunos.

Algumas sessões do trabalho presencial são mediadas por uma plataforma de e-learning criada para o efeito a partir da combinação de várias ferramentas da Web 2.0, designadamente as ferramentas Google (Google sites, Google Drive, Google Calendar, Hangout, G+). Estas sessões serão síncronas.

O portefólio do projeto, a criar por cada equipa de formandos, irá agregar todo o material produzido referente a métodos e procedimentos (e.g. círculos de inquirição, comunidade de inquirição, “os seis C”, “parar e anotar”, estratégias para potenciar a reflexão), e instrumentos do ou ancorados no Guided Inquiry (e.g. diário de pesquisa do aluno, registo de fontes).Para além da identificação e discussão de problemas e da elaboração de um plano de trabalho colaborativo, este projeto prevê uma componente de intervenção que implica um trabalho de ação sobre o currículo. Esta intervenção passa pela alteração de metodologias e estratégias de ensino / aprendizagem com base no Guided Inquiry. Tudo isto será acompanhado de um trabalho de reflexão permanente a nível individual e em grupo, no sentido de aferição dos métodos e estratégias que dão melhores resultados e de identificação de aspetos que poderão ser melhorados com a elaboração dos respetivos planos de melhoria.