Marcha da Maconha Belo Horizonte 2016 | sábado 28/05 praça da Estação

Nas primeiras semanas de maio, milhares de pessoas em todo o planeta sairão às ruas para lembrar a luta política contra a proibição injusta que tornou ilegal o cultivo de plantas da espécie Cannabis em quase todos os países do mundo.

O Coletivo Marcha da Maconha está apoiando eventos em cidades por todo o Brasil. Os dias de marcha serão marcados com caminhadas em clima de descontração, música, concursos de fantasias, distribuição de material informativo e espaço para manifestações artísticas, performances e outras expressões culturais. Além disso, em diversas cidades ocorrerão também debates, palestras, seminários, exibições de documentários, apresentações musicais e outros tipos de eventos para discutir diversos aspectos relacionados ao tema, principalmente ligados às leis e políticas públicas sobre drogas.

A Marcha da Maconha não é um evento de cunho apologético, nem seus organizadores incentivam o uso de maconha ou de qualquer outra substância ilícita. Respeitamos as Leis e a Constituição do país do qual somos cidadãos e procuramos respeitar não só o direito à livre manifestação de idéias e opiniões, mas também os limites legais desse e de outros direitos civis.

Nosso objetivo é possibilitar que todos os cidadãos brasileiros possam se manifestar de forma livre e democrática a respeito das políticas e leis sobre drogas, ajudando a fazer do Brasil um verdadeiro Estado Democrático de Direito. Com essas atividades procuramos tão somente colaborar e promover que essas leis e políticas possam ser construídas e aplicadas de forma mais transparente, justa, eficaz e pragmática, respeitando a Cidadania e os Direitos Humanos.

A Marcha da Maconha está garantida por decisão do Supremo Tribunal Federal na Ação de Descumprimento de Preceito Constitucional nº 187 e pela Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 4274. A Suprema Corte decidiu, por unanimidade, nas duas ações, que a Marcha da Maconha está amparada pelo inciso XVI do artigo 5º da Constituição Federal.

Acreditamos que já é hora de discutir reformas mais concretas nas políticas e leis sobre as plantas Cannabis e seu uso, de forma a incluir os dados científicos mais atuais e contando com uma maior participação da sociedade civil.

A Marcha da Maconha em Belo Horizonte, acontecerá no sábado, dia 28 de maio de 2016, iniciando concentração na praça da Estação Ferroviária a partir das 13 horas e iniciando deslocamento a partir das 16 horas e 20 minutos.

Junte-se a nós nas redes sociais: Facebook | Google+ | Telegram

Para mais informação:
Coletivo Marcha da Maconha Belo Horizonte
Telefone VoIP (grátis no Gmail) +1-323-405-9310
BeloHorizonte@MarchaDaMaconha.org

https://plus.google.com/+MarchaDaMaconhaBH
https://facebook.com/MarchaDaMaconhaBH
https://telegram.me/MarchaMaconhaBH
https://twitter.com/MarchaMaconhaBH

#LegalizaBrasil #MaconhaSocial #MaconhaMedicinal #MaconhaIndustrial #MaconhaNoQuintal #MarchaDaMaconha #Brasil